Zorii Bliss

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Zorii visitando seus primos ricos na Terra

Cquote1.svg Você quis dizer: Daft Punk NO ESPAAAAAAÇO! Cquote2.svg
Google sobre Zorii Bliss
Cquote1.svg Já comi Cquote2.svg
Poe Dameron

Zorii Bliss é outra personagem feminina mega empoderada, super forte e independente, que foi enfiada com um pé de cabra e três cuspidas no Episódio IX para a história ter outro personagem misterioso e pra vender boneco. Por debaixo de seu cospobre, apenas seus olhos foram vistos, mas tudo indica que ela é uma humana de porte, e não uma ETvalda estranha.

O bonde sem personalidade da trilogia final esbarram nela no planeja de Kijimi. Além de ser a líder dos traficantes locais, ela também possui algum tipo de passado ambíguo com Poe no qual os dois foram amantes. No geral, sua história não vai pra lugar nenhum, todo mundo pensa que ela morreu por 20 minutos, também não é como se alguém se importasse e ela retorna no final pra ajudar a Resistência a meter um pau no Palpatine.

História[editar]

Muito do seu passado ainda não foi (e provavelmente nunca será) explorado no universo expandido. A maior parte do que se sabe sobre ela tem mais a ver com seu relacionamento com Poe do que sua própria história por assim se dizer. Sabe-se que os dois cresceram juntos numa organização traficante no planeta de Kijimi, até o Poe decidir abandonar geral e terminar com ela pra ir virar um piloto na Resistência. 20 anos depois, que nem a Mulher Maravilha, a nega ainda tá doída com ele por causa disso e nunca o esqueceu, uau que empoderamento feminino.

Em 35 ABY, o ano do maior desastre da franquia, ela acaba esbarrando com Poe de novo, dessa vez acompanhado por sua gangue de protagonistas genéricos, incluindo a toda poderosa Rey Palpatine, que sozinha mete uma pisa na Zorii e na sua gangue. Como nenhum personagem de SW é permitido pelo roteiro desgostar da Rey, a Zorii imediatamente vai de boa com a cara dela e decide ajudá-los a traduzir uma faca sith.

Mais tarde, ela se oferece (tanto no figurativo quanto no literal) para Poe, sugerindo que os dois fugissem do conflito com o Império juntos. Já que Poe é Cabra macho, ele recusa e manda ela catar coquinho. Zorii se impressiona com a decisão, deixa seu rancor de lado e o ajuda mesmo sabendo que não vai ganhar nada com isso. Após isso, o pessoal vai embora agradecido, entristecem quando veem Kijimi explodir, achando que ela morreu junto, apenas para SURPRESA descobrir que ela ainda está viva.

A nave de Zorii é uma das 5000 embarcações espaciais que não fazem porra nenhuma ajudam no conflito final contra Palpatine. Mais tarde, quanto tá todo mundo celebrando, ela é vista entre a multidão. Poe tenta dar uma chegadinha marota nela, que tava querendo antes, mas agora ela não quer mais e vai embora para nunca mais voltar, provavelmente.

Desenvolvimento[editar]

Cquote1.svg E se Boba Fett com tetas? Cquote2.svg
J. J. Abrams provavelmente

A ideia original do J. J. Abrams com a personagem era de provavelmente criar alguma espécie de Boba Fett feminino que prosperasse no material expandido.

  • Ela é toda misteriosa.
  • Tem o corpo todo coberto.
  • Suas armas são especiais e únicas para ela, pelo menos é isso que o material expandido diz.
  • E ela possui ligações ambíguas a personagens estabelecidos da franquia.

Infelizmente, considerando o quanto Ascensão Skywalker flopou, arruinou a boa vontade dos fãs com a franquia e com seus realizadores, arruinou a linha de brinquedos de Star Wars da Disney e aterrou para sempre o legado do nome Skywalker nos anais da história, a chance mais provável é de que a personagem nunca mais volte para nenhum produto secundário da série, quanto mais um produto principal, tipo um filme.

Considerando que Episódio IX está no fim da nova cronologia da franquia e que todas as propriedades intelectuais novas se passam pelo menos uns 10 anos antes de qualquer menção ao nome R E Y ser feita, Zorii Bliss certamente continuará sendo uma memória de uma galáxia distante, há muito, muito tempo atrás.

Ver Também[editar]