Wolfgang Van Halen

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Bass.jpg Wolfgang Van Halen se diz ser BAIXISTA!

E, ao contrário do que você pensa, serve para algo!

Sem eles, os outros integrantes ficariam perdidos.

Gangue do Lobo do Van Halen
WolfgangVanHalen.jpg
Wolfgang deixando a barbicha crescer pra pagar de mauzão, que mico bicho...
Nascimento 16 de março de 1991
Santa Mônica, Batman
Nacionalidade Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
Ocupação Baixista e herdeiro do Van Halen
Vícios Cheetos

Cquote1.svg Sai daê porra! Queremos o Michael Anthony! Cquote2.svg
Fãs do Van Halen nos shows sobre Wolfgang Van Halen.

Wolfgang Van Halen, se não deu pra notar já, é o filho do Eddie Van Halen e o mais recente baixista e motorista da Van de seu falecido papi. Chamado carinhosamente de pseudomúsico chupeta de baleia promotor do nepotismo, e pejorativamente de "Wolfie", é praticamente o Jimmy De Santa do mundo da música, pois nasceu rico, com mãe gostosa e pai cheirador.

História[editar]

Wolfgang cansadaço depois de 15 minutos de show. Puta merda, alguém jogue um Gatorade antes que ele passe mal...

Foi batizado em homenagem ao Wolfgang Amadeus Mozart (incrível como todo guitarrista de hard rock dos anos 80's tem essa pedância de se achar "erudito") e alimentado com uma dieta frequente e rigorosa de leite de porca, o que explica seu pânceps bem desenvolvido desde menino.

Wolfgang jura de pés juntos embora ele não possa vê-los para verificar que aprendeu a tocar 100% sozinho e que não sabia que tanto seu pai, quanto seu tio, eram músicos famosos, o que pra qualquer idiota é um grande migué, tão grande quanto o próprio Wolfie, pois se qualquer um tivesse o fodendo Eddie Van Halen do lado 24h por dia e podendo te ensinar de graça, vai dizer que não iria aproveitar e pedir umas aulas pro veio?! MWAHAHAHAHAHA!, conta outra.

Feita a descoberta, Wolf começou a tocar umas junto com o velho peraí, freia! e claro que ele pegou o baixo, pois era uma versão mais fácil da guitarra, segundo ele. Bom, pelo menos nisso não tava errado... Enfim, se inspirando nos baixistas do Tool e Muse (alguém aí sabe o nome deles?), o "pequeno" Wolfie foi treinando em casa nos intervalos da escola, mas ele nem precisava estudar, pois já era rico (e continua sendo).

Carreira no Van Halen e Solo[editar]

Em 2007, veio a chance de ouro: Eddie havia demitido Michael Anthony do Van Halen pela ienziésima vez e estava a querer alguém em quem pudesse mandar e desmandar tranquilamente, então eliminou o intermediário matando os traficantes enfiando o guri na banda, um dos maiores atos de nepotismo já catalogados. Como a fanbase era paga-pau do Van Halen "clássico", não do Eddie e Seus Capachos, todo mundo sacou de cara o que estava acontecendo, por consequência disso, o moleque nunca foi levado a sério, sendo constantemente vaiado e agredido com aipos, pepinos e shakes da Herbalife, já que ninguém respeita gordo o filho do patrão em emprego algum, é só ver o Junior em Eu, a Patroa e as Crianças.

Com a chegada da Dona Morte pondo um fim na carreira do Eddie, Wolfgang voltou a ficar desempregado e com a típica arrogância que todo playboy tem: o menino homem está achando que tem talento para cheirar pó num barco embarcar numa carreira solo e até formou uma nova banda chamada Mamute WVH, uma referência tanto à sua humildade, quanto ao seu shape.