Tricotilomania

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Tricotilomania é transtorno psicológico, bem TL;DR, em que a pessoa, não muito sã, começa a arrancar os seus cabelos. E graças a isso elas podem ficar até mesmo carecas e sem cabelo, ou até mesmo ficar com o couro cabeludo à mostra, e isso com certeza não é nada agradável de se ver, principalmente por dar uma agonia danada, ou não... Algo curioso é que essa doença é bem pouco conhecida, porém seus sintomas são amplamente conhecidos, ou seja: a vida é uma mentira.. espera aí o que isso tem haver com o contexto do artigo...?

Sinto, mas...[editar]

Cquote1.svg Eu não aguento mais o meu cabelo! Cquote2.svg

Os sintomas são mais obvieis do que a sexualidade do Pablo Vittar (chega de citar esse cara). Isso porque é bem provável que uma pessoa que metade de seu cabelo esteja raspado, praticamente arrancado, e a outra parte não, significa que ela sofre de tricotilomania,a não ser que a pessoa mal tenha começado a arrancar os cabelos, pois assim não dará para ver grandes diferenças, dependendo de jeito que ela comece, é claro. Obviamente que existem outros sintomas além do de arrancar fios de cabelo, porém esse é o principal, na verdade obviamente esse é o principal...

Além da tricotilomania, a pessoa também pode comer, isso mesmo comer, os seus cabelos, e isso se chama tricotilofagia, como se isso fosse importante saber... Além disso a pessoinha que sofre desse transtorno também pode sofrer de depressão por se arrepender pela merda que fez com o seu cabelo. Então, como podem observar essa doença é ligada à várias outras, o que significa que se você começar a sofrer de tricotilomania ou de tricotilofagia você se fodeu, pois essa doença acarreta outras doenças causando um efeito dominó potencialmente destrutivo em todos os sentidos, modos e maneiras que você pode pensar, ou não pensar...

Além disso essas pessoas podem experimentar a calvície mais cedo, por motivos óbvios que não serão exemplificado aqui por motivos também obvieis... E por conta disso eles também experimentam a sensação de querer se isolar do resto da humanidade para assistir xvideos de Digimon, e por conta disso eles ficam mais depressivos ainda, ainda mais por conta de hentai furry ser horrível, e por causa de ficarem ainda mais deprimidos e ansiosos eles arrancam ainda mais cabelo...

Causas[editar]

As causas mais comuns são a depressão e a ansiedade, isso para quem achava que se apenas tratava de perder cabelo... Esse transtorno é mais um "sintoma" ou uma consequência do que um transtorno propriamente dito, pois ele não ocorre sozinho, mas sim junto com a galera. Ou seja, se você começar a arrancar seus cabelos significa que a coisa já está totalmente ferrada. Além disso arrancar os cabelos é de fato algo bem comum entre ansiosos na hora do rush, ou seja, na hora em que o tá pegando fogo bicho pega, ou então na hora em que o cu tranca a passagem de ar, etc, etc, etc.

Outras doenças podem estar relacionadas com a puxação de cabelo, tais como Transtorno obsessivo-compulsivo e Transtorno de Personalidade Borderline. Ou seja, em geral são doenças em que a pessoa é totalmente louca e insana, como a borderline, ou é totalmente insana no sentido de não saber se segurar, como é o caso do TOC. Porém existem alguns casos raros em que pessoas famosas raspam a cabeça e papocam um carro em uma crise estrelismo. São casos raros, mas a Britney Spears já deu a louca uma vez deste jeito, e pagou caro por isso...

Tratamentos[editar]

Cquote1.svg Eu vou arrancar meu cabelo, a não pera... Cquote2.svg

Existem alguns tratamentos para tricotilomania. Um deles é tentar fazer o sujeito parar com essa mania por meio de uma orientação sexual, onde o terapeuta irá mostrar onde, como e quando ela começa a arrancar os cabelos. Desse jeito fica mais fácil de fazer a pessoa parar. Outro jeito, mas não muito convencional é fazer a pessoa pegar câncer, assim ela passará por aqueles tratamentos que caem todos os pelos do corpo, e desse jeito não terá mais nada lá para que ela arranque.

Outro tratamento, nada convencional, é comprar perucas, ou até mesmo loção para crescimento de cabelo mais rapidamente. Assim a pessoa poderá arrancar os seus cabelos, e ainda por cima ter cabelo como qualquer outra pessoa, isso se ela não for o Marcelo Taz ou sofrer de câncer, como explicado acima. Também existem vários outros tratamentos a base de terapias, alguns interessantes, outros não, mas nenhum é mais eficiente do que os citados nesse artigo.

Ver também[editar]