Tigresa (Marvel Comics)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Road Runner.jpg Este artigo é sobre alguém que se dedica e corre pra caralho!

Tome cuidado para ele(a) não te atropelar!

Ela não é uma gata?

Cquote1.svg Plágio Cquote2.svg
Mulher-Gato sobre Tigresa
Cquote1.svg Plágio. Cquote2.svg
Gata Negra sobre Tigresa
Cquote1.svg Plágio Cquote2.svg
Cheetah sobre Tigresa
Cquote1.svg Plágio. Cquote2.svg
Felina sobre Tigresa
Cquote1.svg Plágio Cquote2.svg
Lince Negra sobre Tigresa
Cquote1.svg Plágio. Cquote2.svg
Cheetara sobre Tigresa

Tigresa é uma gata. Literalmente, pois ela é uma cat girl. Já existiam mais de oito mil personagens de história em quadrinhos no mesmo estilo, mas mesmo assim a Marvel Comics criou mais uma.

Sobre Tigresa[editar]

Assim como praticamente toda heroína mutante furry, Tigresa é uma puta gostosa. Mas por incrível que pareça, apesar de sua avantajada beleza, ela foi criada para incentivar as mulheres a lerem mais quadrinhos, já que suas histórias supostamente representavam o feminismo.

Claro que ninguém engoliu essa lorota, então Tigresa foi reformulada e tornou-se apenas mais uma hentai girl insignificante para os nerds homenagearem na punheta.

História[editar]

Sob a identidade civil de Greer Grant Nelson, Tigresa era uma universitária gostosa de Chicago que participava de inúmeras festinhas depravadas no campus. Ficou inicialmente conhecida pelo nome de guerra A Gata por sua promiscuidade e por berrar igual a este animal no cio durante as relações sexuais.

Quando uma suruba saiu fora de controle, a polícia foi chamada para intervir e assim Tigresa conheceu seu marido, um policial novato por quem abandonou os estudos para dedicar-se à vida integral de esposa bela, recatada e do lar. O problema é que o dito cujo era um machista ciumento e não permitia que sua mulher saísse de casa, mantendo-a em cárcere privado, mas como ela concordava, aparentemente estava tudo bem. Ele acaba morrendo em serviço e deixa Tigresa completamente sem rumo, até que ela reencontra sua ex-professora de física, agora uma cientista louca, e aceita virar cobaia de seus experimentos.

Exposta a uma alta gama de radiação, Tigresa adquiriu habilidades físicas e mentais sobre-humanas, passando a se achar invencível. Resolveu desafiar a Hidra para testar seus poderes e foi baleada, ficando à beira da morte. Para salvar-se, ela se prestou a fazer parte de um ritual místico que fundiu seu DNA ao de tigres circenses amestrados, transformando-a na aberração que é atualmente.