Tiago Monteiro

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Como essa criatura chegou no terceiro lugar? Bem... nem te conto...

Tiago Vagaroso da Costa Monteiro (eu não tô zoando, é ESSE o nome dele, pelo menos é o que a Wikipedia diz né) (Porto, 24 de Julho de 1976) é um ex-piloto de Fórmula 1 de Portugal, e que só ficou famoso por conseguir a proeza do último pódio da Jordan na categoria, quando a equipe tava mais mal das pernas que a tua mãe, isso em 2005. Ainda correria pela substituta imediata da Jordan, a Midland, mas depois, como todo português, virou só mais um do mesmo que ninguém se importa e sumiu completamente do universo das corridas de lá pra cá. Na verdade, acho que ele já tava sumido ainda na Midland, já que eu nem lembro em quais posições essa desgraça corria...

Carreira[editar]

Começou de verdade a carreira em 2003, correndo pela CART americana pela Fittipaldi Dingman Racing (outra tentativa maluca do Emerson Fittipaldi de fazer uma equipe de corrida), mas deu em porra nenhuma.

Daí em 2005 foi para a Fórmula 1, onde mais uma vez não renderia nada e só iria mesmo confirmar seu sobrenome Vagaroso. Mas por um momento, um só, ele teve uma sortezinha: no GP de Indianapolis daquele ano a Guerra de Pneus chegou no auge, quando os pneus da Michelin tavam explodindo mais que bombinha de festa junina. Com isso a Bridgestone foi a única que pode correr naquela pista naquele dia, e, pro ódio dos otários que compraram ingresso naquele dia, só os carros da Ferrari, Jordan e Minardi correram naquele dia. E assim o Tiago acabou conseguindo seu único pódio, no terceiro lugar, pra espanto de ninguém todos. Até porque ganhar das Ferraris não tinha como, perder das Minardis menos ainda, e seu companheiro Narain Karthikeyan era tão pior que ele que nem que quisesse iria o passar.

Depois disso Tiago ainda correu na Midland, mas dessa vez não teve sorte de rolar uma nova corrida maluca de novo e virou só mais uma nota de rodapé da Fórmula Um.

v d e h
Pilotos da Fórmula 1