Terra do Nunca

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
0547 shrekgato.jpg Pirlimpimpim! Este artigo é encantado!

E é 100% coberto de pó mágico.

Cquote1.svg Que todos tenham um final feliz! Cquote2.svg

Sininho, a primeira-dama da Terra do Nunca, sobrevoando a ilha governada pelo maridão Peter Pan.

Cquote1.svg Você quis dizer: Fonte da Juventude Cquote2.svg
Google sobre Terra do Nunca
Cquote1.svg Meu lugar favorito! Cquote2.svg
Michael Jackson sobre Terra do Nunca
Cquote1.svg ... Cquote2.svg
Sininho sobre Terra do Nunca

Terra do Nunca é uma ilha utópica fictícia próxima a Tão, Tão Distante habitada por criaturas ilustres como fadas, elfos, sereias, piratas e índios. Grandes celebridades dos contos de fadas são oriundos deste lugar, como Peter Pan, Sininho e Capitão Gancho.

Sua maior particularidade é o fato de que seus moradores não são obrigados a envelhecer, sendo permitido graças às forças ocultas que ali existem permanecer eternamente jovem. O local é muito popular entre adultos imaturos que têm dificuldade em aceitar o passar do tempo, mas somente a entrada de crianças é permitida, motivo pelo qual tornou-se um destino cobiçado principalmente por pedófilos.

As raras pessoas adultas que residem na Terra do Nunca já nasceram por lá e são rotuladas como vilões por adquirirem uma aparência velha e feia à medida que os anos vão passando, enquanto aqueles que optam por continuar jovens ficam lindos para sempre. Ou seja, é uma ilha narcisista superficial que associa beleza e juventude a pureza e bondade.

História[editar]

Fundada no início de 1900 e guaraná com rolha, a Terra do Nunca foi originalmente chamada de País de Nunca Jamais porque ninguém sabia que era apenas uma ilha.

Seus primeiros habitantes foram os índios, levados até lá por caucasianos em um navio de tráfico humano que se perdeu no mar e naufragou. Os indígenas sobreviventes comeram os restos mortais dos branquelos, dando origem a uma tribo canibal que foi aperfeiçoando-se na cadeia alimentar e passou a dar preferência à carne infantil. Surgiram assim os primeiros índios comunistas.

Com o tempo, as crianças tornaram-se patriotas e foram tomando conta do país, rebelando-se contra qualquer adulto, fosse ele de origem indígena ou não. Elegendo o pirralho élfico Peter Pan como seu líder, o restante da população viveu em paz até chegarem os piratas ditadores sob o comando do Capitão Gancho, que tentou instaurar de volta o comunismo na ilha.

Final[editar]

Em guerra contra a tripulação do Capitão Gancho, os nativos da Terra do Nunca passaram a ser devorados pelos crocodilos de estimação dos piratas, o que obrigou Peter Pan a expandir as relações internacionais com outros países em busca de aliados.

Ao fazer uma viagem de negócios à Inglaterra, ele conhece um trio de jovens irmãos londrinos e utiliza o pó de pirlimpimpim fabricado por sua amante Sininho para drogá-los e levá-los a seus domínios. João e Miguel, os irmãos mais novos, aceitam de boa auxiliar na luta contra Gancho, mas a primogênita Wendy se opõe e seduz Peter como forma de fazê-lo desistir.

Loucas de ciúme, Sininho e as sereias do harém de Peter iniciam uma rebelião contra Wendy, que também seduziu os Garotos Perdidos, membros do parlamento da Terra do Nunca. Sem opção, o líder nunquiano acaba tendo que retornar a guria retardada e seus irmãos a Londres, apagando de suas memórias a existência da ilha. Desde então, o local passou a ser considerado uma lenda urbana inglesa.

Ver também[editar]

v d e h
v d e h
K.H logo.jpg