Superman IV - Em Busca da Paz

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
A briga de um mamão de azul e outro jegue de preto e amarelo.

Superman IV - Em Busca da Paz é uma das maiores abominações cinematográficas já produzidas na história. E o pior disso tudo, sabe o que é? É que enfiaram o coitado do Superman nessa barca furada, e também o pobre do Christopher Reeve, que depois dessa bosta não conseguiu mais fazer nenhum filme sério e ainda ficou tetraplégico. Isso que eu chamo de zica cinematográfica.

Enredo bostal[editar]

Pra começo de conversa, um zé ruela qualquer compra o Planeta Diário, e, como um bom praticante de nepotismo, ele demite o Perry White do cargo de editor e botou a própria filha no lugar. O que isso tem a ver com o resto do filme não me importa. Então vamos pro resto do filme.

Nesse meio tempo, o Azulão recebe uma cartinha dizendo "por que você não faz uma festa junina bem foda, com todas as bombas nucleares no espaço sideral para a gente ficar rindo?" Seguindo essa ideia, ele acabou fondo e fazendo um cabrum lá no espaço.

Obviamente isso não deixou nem o país dele feliz, e aí pela primeira vez na história a galera realmente se une, mas para ferrar com ele. Financiam o sobrinho do Lex Luthor pra tirar ele da prisão, e ele vai num museu do Superman e arranca um cabelo lá dele que sei lá porque xongas tava por lá amarrando e sustentando uma bola de 10 toneladas (PQP!).

Antes de você achar que o Lex é um yandere maluco, na verdade ele pega o cabelo e joga numa arma nuclear que o Super tacou no sol, e aí (olha que louco!) nasce um tal de Homem-Solar, a versão loiro membro de banda de glam metal do Superman. E aí já sabe né: quebra-pau e até uma cena lamentável do Homem-Solar derrubando a Grande Muralha da China e o Super mostrando seus superpoderes de "supervisão de pedreiro" vendo mulheres gostosas à distância e dando cantadas reconstruindo tudo só com um olhar. Empresas de construção tão perdendo esse funcionário...

Recepção e crítica[editar]

Duas indicações ao Framboesa de Ouro, fracasso enorme nas bilheterias e motivos pelos quais diversos nerds decenautas até hoje têm pesadelos com seres louros com roupa preta e um sol no peito já deveriam te dar uma dica.

Mas ainda assim a premissa dessa porra depois foi reutilizada em uma saga do Superman, O Rei do Mundo, mas essa ao menos ficou boa, bem melhor que essa desgraça de filme, e depois reapareceu em Liga da Justiça Ilimitada, de tão melhor que a tragédia do filme foi.

v d e h
O incompreensível mundo do Universo D.C.