Street Fighter EX2

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Virtualgame.jpg Street Fighter EX2 é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, a Electronic Arts pensa uma nova forma de microtransação

Street Fighter EX2 Plus Alpha Zero Turbo HD 3D Remix Ultra Extreme
Street Fighter EX2 cover.jpg

Capa do jogo

Informações
Desenvolvedor Larika
Publicador Capcom
Ano 1998
Gênero Luta, Porrada, Cacete
Plataformas Arcade e PS1
Avaliação 3/10
Classificação indicativa Livre

Street Fighter EX2 é o resultado da Capcom insistindo no erro que foi Street Fighter EX Plus Alpha, lançando a continuação daquela bosta. Novamente o trabalho foi terceirizado e quem fez a porra do jogo foram a Larika Games que mantiveram tudo de ruim do jogo anterior e adicionaram coisas piores ainda. Inicialmente existente apenas para Arcades, tentando roubar o espaço de Virtua Fighter e Tekken, posteriormente foi lançado também para PlaySation 1 com o nome Street Fighter EX2 Plus (porque mesmo sendo um game da Arika a Capcom não perde a chance de enfiar esses sufixos nos seus Street Fighter sempre que pode).

Jogabilidade[editar]

Não é pra qualquer um esse jogo.

Você pega tudo o que tem de bom no Tekken 3 e exclui e depois pega tudo o que tem de ruim no Virtua Fighter 2 e inclui, então você tem uma ideia do terror que é Street Fighter EX2. Esse jogo está ali para ser um jogo de luta de verdade, criando ódio nas pessoas fazendo-as ter profunda vontade de bater de verdade em alguém após se irritar num jogo mal feito desses. Pelo menos nesse jogo você não pode mais defender infinitamente, pois foi introduzido o Guard Break, golpes que penetram a defesa (e te enchem de raiva quando a máquina faz combo de Guard Break).

Outa novidade inserida foi a presença do Excel Combo, que é uma espécie de combo infinito que reles mortais jamais terão capacidade de fazer, sendo possível observar esse elemento de jogabilidade apenas quando a CPU no hard está te espancando infinitamente com esses combos.

Personagens[editar]

Retornam para esse jogo os conhecidos Ryu, Ken, Chun-Li, Zangief, Guile, Dhalsim e M. Bison e também os completamente desconhecidos Hokuto, Doctrine Dark, Skullomania, Cracker Jack, Darun Mister e Pullum Purna. A Blair Dame foi omitida porque a SNK entrou com ação de direitos autorais acusando-a de ser plágio descarado da Leona Heidern, embora a Capcom tentou lançar a personagem com o nome "Sex Shop Leona" em união com a SNK, mas não deu certo a ideia.

Os personagens "novos" trazidos foram Blanka, Vega e Sharon, sendo de novo mesmo só essa tal Sharon, que claramente é apenas a Vanessa de King of Fighters usando uma roupa de prostituta de rua.

Os personagens secretos são o Evil Fei Long, o Evil Skullomania, a Xianghua do Street Fighter e o Garuda.