Street Fighter Alpha 2

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Virtualgame.jpg Street Fighter Alpha 2 é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, Mima tenta derrotar a sacerdotisa do templo em Touhou 2.

Street Fighter Alf 0,2
Street Fighter Alpha 2.png

Capa do jogo

Informações
Desenvolvedor Capcom
Publicador Capcom
Ano 1996
Gênero porradaria
Plataformas arcades de rodoviárias
Avaliação 60%
Classificação indicativa Livre

Cquote1.svg Caralho! Outro Istriti! Cquote2.svg
Pivete de fliperama que já nem é mais tão pivete assim sobre Street Fighter Alpha 2, o milésimo Street Fighter

Street Fighter Alpha 2 é um jogo da Capcom do gênero real-time strategy (estratégia em tempo real) e o milésimo jogo da série Street Fighter sendo basicamente a mesma coisa do Street Fighter Alpha 1 que sabemos é a mesma coisa do Street Fighter II. Lançado nos arcades do mundo inteiro em 1996 e adaptado para os mais toscos consoles de sua época. Os seus controles inovadores eram baseados em 6 botões que faziam todos a mesma coisa e uma alavanca fálica em formato cilíndrico insinuante que comanda os movimentos do personagem. A defesa impenetrável e a rasteira do M. Bison que é uma apelação sem limites praticamente indefensável são os dois elementos que tornam esse jogo completamente desbalanceado e impossível de apreciar.

Como estamos falando de um jogo da série Street Fighter, obviamente que foram lançadas ainda outras versões do jogo, como o Street Fighter Zero 2 Alpha, uma versão para os japoneses contendo as trapaças da versão americana e o Street Fighter Alpha 2 Gold/Zero 2 Dash que é a versão lançada na Moldávia que conta com as trapaças da versão americana, a música de fundo re-mixada e a inclusão de Kileer Bee (Cammy para os n00bs) para você poder fazer a suruba da Cammy com a Chun-Li.

Enredo[editar]

Street Fighter Alpha 2 lançado para Etch A Sketch.

Para variar, como é o de se esperar mesmo, o enredo é praticamente inexistente, fazendo jus ao estilo da série Street Fighter de cagar e andar para o desenvolvimento de qualquer história. Você escolhe um personagem, bate em todo mundo até morrer e dar Game Over no M. Bison, nada mudou substancialmente.

A brevíssima história do jogo diz que, por algum surto psicótico bizarro, M. Bison (Vega na Espanha) decide matar a família de todos os personagens do jogo, que por sua vez se matam entre si para decidir quem vai matar o último chefão que é o Bison (Vega na Espanha).

Algo novo que pode acontecer é que se o jogador vencer todas lutas ele no final encontra Shiny Akuma (Shin Gouki na Indonésia) que é a versão colorida e rara do Akuma.

Personagens[editar]

  • Ryu - O protagonista da série obviamente estaria nesse jogo. Provavelmente esquizofrênico, roda o mundo lutando por comida.
  • Chun-Li - Cansada de ser material hentai ela decidiu trocar a meia-calça com calcinha atochada no ânus por uma calça legging azul além de ter começado a tomar a mesma bomba pra cavalo da Gracyanne Barbosa para ver se ficava logo parecendo macho e deixavam ela em paz.
  • Charlie - Guile disfarçado de metrossexual em serviço secreto para a CIA.
  • Ken - Marido da barbie, continua sendo o típico riquinho preibôi que usa as técnicas do Ryu, mas sem desmanchar o cabelo feito de chapinha.
  • Guy - Um cara lá qualquer desprovido de qualquer carisma que ninguém nem sabe o que está fazendo ali, cópia barata do Ryu mas com a roupa do Ken.
  • Birdie - Marginal ladrão de carro, está com problemas na coluna e precisa de dinheiro para pagar a cirurgia, por isso vira assaltante.
  • Sodom - Um jogador de futebol americano que perdeu o capacete e precisou adaptar com uma máscara samurai. Ele é sadomasoquista e vai começar sua jornada atrás da maior surra que ele pode levar na vida.
  • Adon - Um dos alunos de Sagat (atualmente reprovado e expulso da escolinha por incompetência).
  • Rose - Prima da Mãe Diná, lê mão, joga búzios, tira cartas e lê sua sorte. Embora tenha um caso com o M. Bison, tomou tanta rasteira e bicuda que se revoltou.
  • Sagat - Criador do Tiger Robocop, ainda continua procurando o seu olho perdido.
  • M. Bison - Personagem inspirado em um ditador da vida real, M. Bison sempre é visto ao lado de suas bonecas barbies Juni e Juli. Criador do Fatal Final Rule Pisaico Cruuuuuuusher!!!!! que leva qualquer noob ao Game Over e ter que jogar tudo outra vez...
  • Akuma - Aquele demônio que só fala "hum!" e gosta de fazer aparecer kanjis japoneses fluorescentes em suas costas em instantes aleatórios nas lutas.
  • Dan - O lutador mais forte da SNK, aparece para apanhar mais que burro na roça.
  • Zangief - Comunista gordo e lento que tem a bizarra mania de sair em público vestindo apenas roupas íntimas.
  • Dhalsim - Um índio indiano que cospe fogo, estica os braços e come todas as gostosas do jogo.
  • Rolento - Um dos soldados do BOPE que cobra a propina para os traficantes da região.
  • Gen - Velho tarado que tem mais rebolado que poder de luta. Sonha lutar contra o Akuma. Masoquista.
  • Sakura - Pirralha fã do Ryu, conhecida por mostrar constantemente sua calcinha vermelha, ainda mantém o sonho de algum dia curar a assexualidade de Ryu, nem que tenha que transformá-lo em pedófilo na marra.