Star Wars Episódio VII: O Despertar da Nostalgia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar


Desinopselogo2.png

Este artigo faz parte do DesFilmes, a sua coletânea de filmes rejeitados.
Enquanto você lê, um protagonista de filme de ação mata figurantes com sua arma de munição infinita

Alerta de spoiler: O artigo pode conter alguns spoilers, tais como o fato de que o

KYLO REN MATA HAN SOLO

então leia por sua conta e risco.
O Despertar da Cópia
68612c0d6cffffea-star-wars-the-force-awakens-funny-animated-poster-pmslweb.gif
Um começo de algo...que no final vai dar merda!
Diretor Jar Jar Abrams
Gênero Fantasia-pseudo-científica.
Épico, Plot twist
Lançamento 2015
Produtora LucasArts/Mickey Studio
Idioma Ingrêis Americano
Duração Duas horas de nostalgia, cortesia do Jar Jar
Exibição Cinema Em qualquer site pirata
Elenco
Rey
Ben Solo Kylo Ren
Han Solo
Poe Dameron
Finn
Chewbacca
Princesa General Leia
General Hux
Luke Skywalker??

Cquote1.svg Você quis dizer: Uma Nova Esperança 2.0. Cquote2.svg
Google sobre Star Wars Episódio VII: O Despertar da Força
Cquote1.svg Ótimo! Essa trilogia parece que vai ser melhor do que as prequelas! Cquote2.svg
Um pobre nerd sendo vítima da cilada dessa trilogia.
Cquote1.svg Esqueça... Cquote2.svg
O mesmo nerd depois de ver o Episódio IX.
Cquote1.svg Hehehehe! Cquote2.svg
Fãs das prequelas sobre citações acima.
Cquote1.svg Eu aceito voltar a ser Han Solo mas têm de matar o cara. Cquote2.svg
Harrison Ford sobre estar farto de Star Wars.
Cquote1.svg Minha especialidade é esperar...pela minha família. Eles vão voltar...um dia. Cquote2.svg
Rey esperando por pais que ainda não tinham sido inventados pela produção.
Cquote1.svg Ok. Ok. Mas quem são os pais da Rey? Cquote2.svg
Fãs sem saber como os filmes seguintes seriam afetados por eles ficarem enchendo o saco com a merda dessa pergunta.
Cquote1.svg Daisy quem são os pais da Rey no Episódio VII? Espera Daisy, não vai embora não! Só responde a pergunta, Daisy! Daisy! Cquote2.svg
Josh Gad enchendo o saco da Daisy Ridley.
Cquote1.svg Os pais da Rey...não estão no filme. Hehehe... Cquote2.svg
J.J. fingindo que já havia decidido quem seriam os pais da Rey, só para os fãs pararem de encher o saco.
Cquote1.svg Humm interessante...Será que finalmente rola um casal homo? Cquote2.svg
Pobre FinnPoe shipper desavisado achando que a Disney finalmente iria liberar um casal gay em Star Wars.
Cquote1.svg Vocês vão ter que esperar para ver... Cquote2.svg
Disney Lucasfilm fingindo que já tinham algo planejado para a trilogia.


O Despertar da Nostalgia Força é mais um dos filmes da franquia Star Wars, sendo o primeiro da Trilogia Sequela produzida pela Disney que, inicialmente parecia promissora mas que futuramente daria merda, fazendo todos os nerds chorarem sangue de raiva.

Apesar desse primeiro filme ter sido um sucesso entre fãs no geral, ele também já havia criado alguns haters de nerds berrando que o filme havia exagerado demais no plágio com Uma Nova Esperança. Outras críticas comuns eram quanto aos plot holes do tamanho de Buraco negro como: onde e como é que Maz Kanata encontra o sabre da luz de Anakin Skywalker que Luke Skywalker perdeu (junto com a mão) em Cloud City!? Onde raio é que Kylo Ren arranjou o capacete carbonizado de Darth Vader!? Porquê que o R2-D2 acorda de repente depois de anos desligado!? Se Luke queria desaparecer porque raio deixou um mapa para o lugar onde ia!? Perguntas interessantes que seriam resolvidas com lançamento dos filmes seguintes, não é mesmo produção? Só que não...

Sinopse[editar]

Cquote1.svg Agora é com vocês miséria, eu já fui e obrigado pela grana bando de otários. Cquote2.svg
George vendendo Star Wars pra Disney.

George Lucas assinando o acordo de venda da franquia pra Disney. Tudo saiu de acordo com os planos diabólicos dele...

Depois do desastre da trilogia prequela, George Lucas decide que não quer mais aturar os nerds fanáticos de Star Wars e se vinga, vendendo os direitos da franquia à Disney, mas isso na verdade era tudo um plano diabólico que ele pensou, porque se alguém produzisse algo pior que deixasse os fãs mais putos, talvez eles finalmente reconheceriam as prequelas e voltariam a venerar ele como um bando de nerd chorões que eram (e ele ainda ganhava uma porrada de dinheiro com a venda, não é mesmo genial?).

E assim a Disney ficou encarregada de fazer uma trilogia que os nerds gostassem, que corrigisse a borrada das prequelas e que fosse boa no geral, então que melhor realizador do que Jar Jar Abrams J.J. ? Esse também conhecido como o Steven Spielberg genérico, pelos seus finais maravilhosos como o da franquia rival Star Trek? E para o enredo desse novo início, J.J. teve a brilhante ideia de estudar a o filme onde tudo começou: Uma Nova Esperança. J.J. acabou pescando algumas ideias do Episódio IV e incrementou o filme novo com sua fórmula secreta de nostalgia e fanservice à mistura (talvez ele tenha exagerado um pouquinho na dose, mas só um pouquinho...). Felizmente para muitos nerds antigos e novos, essa fórmula pareceu surtir um bom efeito nesse início!!. E assim o palco estava pronto e as pobres vítimas haviam mordido a isca...

Disney sobre o Star Wars Legends, que agora já não é mais canon, deixando muitos antigos nerds putíssimos.

Desta vez o protagonista da trilogia da saga Skywalker não seria um Skywalker, já que Ben Solo (o herdeiro Skywalker) estava ocupado demais vivendo suas crises de estresse no lado negro da força, quebrando tudo e forçando os malvados a pagarem os estragos, enquanto era manipulado e abusado pelo velho coroca do seu mestre. Então, daí como a produção do filme já tinha tudo pensado, eles escolheram uma personagem aleatória de um planeta localizado no cu da galáxia que é inexplicavelmente fangirl do Luke Skywalker (Ué, mas tanta gente é também, não é mesmo?). E também era uma personagem feminina, já que princesas Disney nunca saem de moda (típica fórmula do estúdio), e parecia ser mais uma receita de sucesso. Nasce então Rey, uma sucateira que viveu uma vida de pobreza, fome e sendo meio que escravizada por um alien feio pra porra, mas por alguma razão inexplicável é muito feliz, sonhadora e otimista. Além disso, ela foi abandona pelos seus pais, mas está esperando pacientemente nessa vida ruim miserável por tem certeza que eles vão voltar para busca-lá (Nossa, haja otimismo!).

Ainda assim, por alguma razão, essa garota que vive na pobreza total, que foi abandonada por seus pais e que é escrava desde pequena também pensa em política e idolatra os heróis da antiga Aliança rebelde (mesmo que seu ganha-pão seja à custa dos restos das naves deixadas pelo Império). Rey é muito inteligente e parece ser talentosa em muito do que faz, mas também isso é resultado da típica vida dura sobrevivendo comendo o pão que o diabo amassou no meio do cu da galáxia, só desenvolvendo habilidades do caralho pra dá porrada nos estupradores de plantão e sobreviver naquela desgraça mesmo ou viver dando o cu por aí. Mas no meio disso tudo, o que os fãs querem saber é aquela pergunta crucial, aquela que vai resolver todos os “plots holes”...todos os mistérios da trama!...da vida!...da existência!...a única pergunta que importa para os nerds: Quem é que são pais dela mesmo!? Mas da onde ela vem? Quem deixou ela em Já cu? Porque claro essa era mesmo a melhor preocupação que os nerds poderiam ter no momento...

Enredo[editar]

A Primeira Ordem. Os novos Nazi do pedaço que surgiram quando os rebeldes saíram pra tomar umas e se esqueceram de fazer a desgraça do trabalho deles.

Trinta anos depois de O Retorno do Jedi, a Primeira Ordem surgiu dos restos do Império e vai conquistando a galáxia, o que significa que a Aliança rebelde que você idolatrava na infância fizeram um trabalho de merda. Leia Organa (agora uma velha caquética muito diferente da gostosa de biquíni dourado) é a general da Resistência, que luta contra a Primeira Ordem. Para explicar melhor, é muito fácil, porque não é muito diferente da trilogia original: A Resistência é a versão genérica da Aliança Rebelde e a Primeira Ordem é o Império 2.0. Aqui, também existe o Han Solo genérico, Poe Dameron e o Darth Vader light na forma do seu neto, Kylo Ren (que basicamente é tudo o que Anakin Skywalker devia ter sido nas prequelas). Entretanto, Luke Skywalker desapareceu por alguma razão (que nesse ponto nem os roteiristas sabiam), mas existe um mapa que indica para onde ele foi. Assim, como ele está sendo procurado por Leia e pelo seu sobrinho Ben Solo aka Kylo Ren (que está obcecado em acabar com a raça dele e com o legado dos Jedi, apesar dele próprio ter sido treinado nos caminhos do Lado Rosa da Força pelo seu tio desde pirralho), o maldito do mapa é basicamente a desgraça do maguffin do filme que todo mundo quer.

Kylo Ren e seu sabre de luz satânico.

No planeta de Já cu, Han Polo Dameron consegue o mapa com a localização pra encontrar Luke através de um velho qualquer chamado Lor San Tekka, um traficante fanático de uma religião da Força que não são os Jedi. Entretanto chega Kylo Ren (já chamando a atenção com visual que lembra o demais um personagem famoso querido pelos nerds) com seu sabre da luz satânico, manda matar os habitantes inocentes da aldeia e leva Poe como prisioneiro para conseguir o mapa. Um dos Stormtroopers se recusa a matar os aldeões mesmo após anos de lavagem cerebral, e é enviado para uma nova lavagem mas entretanto resolve criar consciência do nada e decide ajudar Poe Dameron a fugir. Os dois já se dão bem de cara, e eis o começo de uma amizade ou bromance cheio de tesão. Então, Finn se borrando de medo de ser pego traindo a Primeira Ordem com o piloto, ajuda ele a roubar um TIE Fighter. Poe e Finn se apresentam, e Poe não curte o nome genérico que a Primeira Ordem deu pra ele, então ele resolve dar um nome de gente pro novo miguxo: "Finn".

Rey curtindo as areias de Já cu.

A fuga dos dois no final dá muito ruim, as naves dos malvados atiram neles e eles acabam caindo no meio do cu. Finn procura Poe após a queda, mas aí a nave explode e a única coisa que restava do novo miguxo do Finn era sua jaqueta. Super deprê achando que o Poe tinha virado churrasco junto com a nave, Finn anda pelo deserto procurando a saída e depois encontra a protagonista Rey que por super hiper mega coincidência do enredo destino havia encontrado BB-8 (o droide no qual seu miguxo Poe havia escondido o mapa para Luke enquanto traficava com o Lor San Tekka). Como seria de esperar, Finn e Rey rapidamente se dão super bem, mesmo depois da guria quase o matar na porrada por achar que ele tinha roubado casaco do Poe Dameron. Mas de qualquer forma, Finn acaba ganhando uma nova miguxa (que era só o que ele queria para substituir o anterior que já era um assado no deserto). Mas eis aqui que Finn encontra seu novo propósito no enredo: obcecar por Rey e correr em direção a ela no meio de uma cena, o que é muito útil para o desenvolvimento de seu personagem.... Mas aí os troopers da ordem do mal encontram eles, e eles correm pelo lugar até darem de cara com a Millennium Falcon (que por puríssima coincidência estava ali, de todos os lugares possíveis que ela poderia estar nessa galáxia minúscula). Os dois fogem do cu da galáxia pilotando a nave e tudo parece estar bem de novo, mas logo depois são encontrados por Han Solo e Chewbacca que querem cobrar o aluguel por eles estarem usando a nave dos outros sem permissão (apesar de eles não se lembrarem de ter perdido a Falcon apostando num puteiro enquanto estavam super chapados).

Enquanto isso, a ordem do mal não tem mais nada pra fazer a não ser perseguir a Resistência e o mapa para Luke Skywalker. Snoke, o velho asqueroso Líder Supremo, diz a Kylo Ren que o mapa se encontra com uma garota que está a bordo da Falcon, com ninguém menos do que o próprio pai dele! (O que significava que Kylo era nada mais e nada menos do que o filho renegado e chorão de Leia Organa e Han Solo, que era super fanboy e aspirante a ser igual seu querido vovozinho). Kylo logo se torna obcecado em encontrar a tal garota e vai pedir o conselho ao vovô Vader através do capacete carbonizado deste que nunca se sabe como raio ele o conseguiu. A Primeira Ordem transforma Starkiller Base numa arma que não passa de uma Estrela da Morte 3.0. e quem viu a trilogia original já sabe o que aconteceu as estrelas da morte anteriores: os rebeldes a Resistência vai explodir a coisa e tudo vai acabar na festinha com os bichinhos de pelúcia. Snoke e Hux ordenam a destruição do sistema da Nova República explodindo planetas e matando um bando de gente (mas pera quem são aquelas pessoas? E sinceramente alguém se importa?).

Já o grupo dos mocinhos (Han, Rey, Finn e Chewbacca) vão até ao planeta de Takodana visitar uma cantina duvidosa, onde Rey é "chamada" pelo sabre da luz de Luke Skywalker Anakin Skywalker por causa do enredo de razões inexplicáveis. Quando Rey toca no saber de luz, ela começa a ter umas alucinações bizarras. A dona do estabelecimento que é uma velhinha coroca que já sabia dos paranauê todo da Força, tenta ajudar Rey, mas a garota se assusta (com as alucinações ou com a velha, não se sabe) e sai correndo chorando dizendo que não quer ter nada a ver com essa merda toda. Enquanto Rey corre sem rumo pela estrada a fora bem sozinha, ela encontra o lobo mau Kylo Ren que havia chegado junto com os outros malvados e estava ali para comé-la procurar pelo mapa. Magicamente, Kylo desiste do droide que ele já havia matado meio mundo para encontrar e resolve abduzir a garota, levando-a para a sua nave.

Lá ele a interroga e lê a mente dela, mas ao invés de perguntar sobre o mapa está mais interessado em descobrir mais sobre ela. Mas aí do nada Rey consegue ler a mente dele de volta, revelando que nas horas vagas ele fica chorando e apelando para o capacete do vovozinho que nunca respondia a ele. Rey fica rindo porque o assustador do Kylo Ren era na verdade só um bebê chorão querendo colo do avô, e Kylo muito envergonhado saí para ir chorar num cantinho deixando ela sozinha. Mas isso acaba sendo um erro da parte de Kylo, pois é revelado que durante o interrogatório, ele havia vacilado e deixado algumas de suas técnicas secretas na Força vazarem, e Rey havia baixado e arquivado tudo em sua cabeça. Rey resolve usar seus recém descobertos poderes da Força em sua primeira vítima: o Stormtropper que estava vigiando ela. Ela usa o truque de controlar mentes de Jedi para transformá-lo em seu escravo sexual e foge da sala. Kylo termina de chorar e volta e, ao não encontrar Rey, tem mais uma de suas crises de estresse e quebra tudo na sala em pedacinhos com seu sabre satânico.

Kylo tem um súbito impulso de pedir que Rey seja sua aprendiz no meio do duelo, Rey se aproveita desse vacilo pra baixar mais algumas skills que acabam levando o emo a derrota.

Enquanto isso, a Resistência surge com um plano pra destruir Starkiller Base. Han, Chewbacca e Finn (a quem Maz deu o sabre da luz por motivos desconhecidos) vão até Starkiller Base para salvar Rey. Depois que o grupinho se encontra, Han vê seu filho (que por sinal ainda estava muito puto). Han resolve agir como um bom pai e tenta virar seu filho pro Lado Bom da Força. Mas ele falha miseravelmente porque o mestre dele já tinha mandado Kylo matar Han Solo pra se provar forte no Lado Negro da Força, então o vilão já cheio de crises existenciais fica ainda mais emo após matar seu pai. Rey chora desalmadamente pela morte de Han (um cara que conhecia nem á uma semana), Chewbacca fica puto e atira no próprio sobrinho, e Leia sente a crise e arrependimento de Kylo através da Força (mas você só sabe disso se ler a porra dos livros!).

O que Luke Skywalker estava pensando quando viu Rey com o sabre da luz.

Kylo persegue Rey e Finn que haviam fugido para a floresta proibida, muito puto agora por milhares de motivos (que agora incluíam a morte do Indiana Jones e o fato da Rey estar fugindo com outro macho). Ele também fica chateado por Finn ter sua herança de família (o sabre Skywalker) e duela com ele sem dificuldade, deixando o infeliz desacordado na neve. Mas de repente Rey consegue usar a Força para chamar o sabre Skywalker e Kylo fica olhando para ela com cara de abestado antes de se defender dos ataques dela. Kylo está dominando o duelo de boa, mas aí ele tem um súbito impulso de pedir que ela seja a sua aprendiz na Força. Rey, que estava se aproveitando de qualquer chance pra sair dali viva, usa esse momento de vacilo do emo para baixar mais algumas das técnicas da mente dele pela Força. Ela começa a revidar e Kylo caí ferido na neve se sentindo um idiota por ter vacilado e perdido pra uma mina que nunca havia segurado um sabre (mas por outro lado isso também só aumentou ainda mais a tesão dele por ela).

Em seguida, Rey é resgatada por Chewbacca que a leva de volta pra base da Resistência. Lá ela conhece Leia Organa que a incumbe de ir encontrar seu irmão gêmeo Luke, depois que R2-D2 acorda do nada e revela o mapa completo até ao planeta de Ahch-To. Rey e Chewbacca partem e chegam a Ahch-To, onde Rey encontra Luke (agora velho pra caralho) numa colina e estende o sabre da luz pra ele deixando toda uma legião de nerds questionando se Rey é a filha perdida do herói....Porque, aparentemente parentesco é a única coisa que os nerds se importam sobre a personagem...

Personagens[editar]

  • Rey de Jakku: A protagonista que é basicamente o Luke Skywalker mas em versão feminina. Ela é uma sucateira vinda de um planeta deserto no cu da galáxia que acaba por uma sequência de coincidências do enredo destino se envolvendo nessa desgraça toda. Ela descobre que tem a Força, conseguindo aprender e manipular seu novo poder depois que o Kylo vacila com ela e deixa vazar informações da mente dele para a dela durante o interrogatório.
  • Kylo Ren/Ben Solo: É o vilãozinho, cão mandado de Snoke, sendo o herdeiro Skywalker e neto de Darth Vader (por quem é completamente obcecado), e ele também é o filho renegado de Leia Organa e Han Solo. Virou emo porque os papais não davam a mínima pra ele quando era pequeno. Por isso tem chiliques e ataques de histeria, destruindo computadores com seu sabre de luz satânico. Fica obcecado por Rey por tesão razões inexplicáveis e quer encontrar seu tio Luke Skywalker pra acabar com a raça dele.
  • Poe Dameron: O Han Solo genérico que é miguxo e peguete do Finn. É isso, é tudo o que precisa saber.
  • Finn: Stormtrooper que deserta a Primeira Ordem ao de repente perceber que eles não eram os bonzinhos. Fica super miguxo da Rey.
  • Han Solo: Só está ali para morrer nas mãos do seu filho.
  • Chewbacca: Só está ali por nostalgia, parte 1.
  • C-3PO: Só está ali por nostalgia, parte 2.
  • R2-D2: Só está ali por nostalgia, parte 3.
  • BB-8: Só está ali para vender boneco, sendo a nova versão de R2-D2.
  • General Hux: É a versão genérica de todos os generais do antigo Império. Tem rivalidade de ferro com Kylo Ren, a quem odeia. É obcecado em destruir a Resistência. Basicamente é isso.
  • Leia Organa: Agora é a general da Resistência e só vive pra isso, depois que seu filho (Ben Solo aka Kylo Ren) foi pro lado dos malvados e Han Solo deprê resolveu frequentar uns puteiros.
  • Luke Skywalker??: Está desaparecido e todo o mundo está procurando por ele. Só aparece 3 segundos no dinheiro mais fácil que Mark Hamill alguma vez fez.

Afiliados[editar]

Os outros dois dessa trilogia que é cilada feita pra matar os Skywalkers e pegar sua grana: