Snuff

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Não confundir com filme snuff ou com o filme de mesmo nome de 1976

Corey já quebrava padrões muito antes de Pabllo Vittar...

Cquote1.svg Achei MARA!! Cquote2.svg
Seu Ladir sobre Corey Taylor

Snuff é uma música da banda americana Slipknot, do seu último álbum "All Hope Is Gone". Foi lançado a 29 de Setembro de 2009 . Foi a última música a ser gravada, sendo extremamente melódica pois Corey já estava sem voz. O clipe da música é uma espécie de curta metragem dirigido pelo palhaço da banda Shawn Crahan, em uma história confusa onde Corey Taylor dá uma de stalker, cheira as calcinhas de uma mulher e depois veste as roupas dela.

Letra original[editar]

Bury all your secrets in my skin
Come away with innocence,
And leave me with my sins
The air around me still feels like a cage

And love is just a camouflage for what resembles rage again...

So if you love me, let me go.

And run away before I know.
My heart is just too dark to care.
I can't destroy what isn't there.
Deliver me into my fate -
If I'm alone I cannot hate
I don't deserve to have you...
My smile was taken long ago
If I can change I hope I never know

I still press your letters to my lips
And cherish them in parts,
Of me that savor every kiss
I couldn't face a life without your light
But all of that was ripped apart...
When you refused to fight

So save your breath, I will not hear.
I think I made it very clear.
You couldn't hate enough to love.
Is that supposed to be enough?
I only wish you weren't my friend.
Then I could hurt you in the end.
I never claimed to be a saint...
My own was banished long ago
It took the death of hope to let you go

So break yourself against my stones
And spit your pity in my soul
You never needed any help
You sold me out to save yourself
And I won't listen to your shame
You ran away - you're all the same
Angels lie to keep control...
My love was punished long ago
If you still care, don't ever let me know
If you still care, don't ever let me know...

Letra traduzida no Google, tente não chorar com a emice toda[editar]

Enterre todos os seus segredos na minha pele
Vá embora com inocência
E me deixe com meus pecados
O ar em minha volta ainda parece como uma gaiola
E o amor é apenas uma camuflagem
Para o que se assemelha a raiva novamente

Então se você me ama, deixe-me ir
E fuja antes que eu saiba
Meu coração está muito sombrio para se importar
Não posso destruir o que não está lá
Me entregue a meu destino
Se eu estou sozinho, não posso odiar
Eu não mereço ter você
Meu sorriso foi tomado há muito tempo atrás
Se eu sou capaz de mudar, espero nunca saber

Ainda pressiono suas cartas em meus lábios
E as estimo em partes de mim
Que saboreiam cada beijo
Eu não poderia encarar uma vida sem a sua luz
Mas tudo isso foi dilacerado
Quando você se recusou a lutar

Então poupe seu fôlego, eu não me importarei
Acho que deixei isso muito claro
Você não poderia odiar o suficiente para amar
Isso deveria ser o suficiente?
Eu só queria que você não fosse minha amiga
Assim, poderia te machucar no final
Nunca afirmei ser um santo
O meu eu foi banido há muito tempo atrás
Tive que perder as esperanças para te deixar partir

Então se quebre contra as minhas pedras
E cuspa sua piedade em minha alma
Você nunca precisou da ajuda de ninguém
Você me vendeu para se salvar
E eu não ouvirei a tua vergonha
Você fugiu, vocês são todos iguais
Anjos mentem para manter o controle
Meu amor foi punido há muito tempo atrás
Se você ainda se importa, jamais deixe que eu saiba
Se você ainda se importa, jamais deixe que eu saiba