Skeets

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Skeets mais uma vez fazendo troça da cara do trouxa do seu senhor.

Cquote1.png Sua intenção era pesquisar: Navi Cquote2.png
Google dando uma de adivinho com a pesquisa de Skeets

Skeets é o robô-guia do cego do Gladiador Dourado, sempre estando do lado do herói de aluguel em todas suas missões e sempre o fornecendo informações do passado que deveriam o ajudar a ser um herói melhor, mas ele só pega mesmo as informações que poderiam o tornar rico. Como o Skeets é um grande trollador, isso explica porque que o Gladiador costuma se meter em furadas e normalmente tá mais pobre que herói barato de quinta.

História[editar]

Skeets foi criado pelas Indústrias Kord (sim, as mesmas que foram fundadas pelo miguxo do passado do Gladiador, o Besouro Azul Ted Kord). Originalmente era só um robô de museu lá do século XXV (medo do que esse artigo pode dizer, prefiro nem clicar pra não descobrir que no futuro minha família virou tudo traficante) e já era meio que amiguinho de um novo guarda de lá do museu, um tal de Michael Carter, que antes tinha sido famoso como jogador de futebol americano (pois é, certas coisas nunca mudam, mesmo no tempo dos carros voadores o povo ainda vai jogar esportes primitivos), mas que tinha caído na desgraça depois de ser preso por ficar trollando resultados de jogos de propósito e até fodendo o próprio time no processo.

A merda se deu quando o Michael, vendo a cápsula do tempo do seu filho... ops, longa história, melhor nem tentar explicar Rip Hunter, decidiu viajar pro passado, provido de umas roupas alienígenas, cápsulas de força e até um anel da Legião dos Super-Heróis que tava lá de bobeira sei lá como, já que essa porra só iria existir no Século XXX (esse aí que eu nem vou clicar mesmo, tá maluco!), só faltou um passo: pegar um guia bom. Já que o Guia do Mochileiro das Galáxias não era para alguém com o intelecto de ameba com paralisia no núcleo celular igual ao do Michael, ele pegou seu robozinho amigo Skeets e juntos foram viver aventuras no século que eles consideravam mais fácil encher o cu de dinheiro, o século XX depois trocaram pro século XXI com tantos retcons que a DC Comics fica fazendo com o cotoco no cu deles.

Vida de cão-guia de herói de aluguel trapalhão[editar]

Por que diabos o Michael não dá um jeito de pedir para fazerem um Skeets assim? Seria bem louco!

Com a ajudinha do Skeets, que literalmente era um cheat code fodido, o Gladiador Dourado sempre sabia quando uma desgraça de crime ia acontecer, se certificando obviamente com o Skeets qual o naipe do bandido, já que né, se o desgramado fosse bem mais forte que ele, pernas para que te quero. Mas ainda assim, era justamente essa trapacinha que o garantiu um posto na Liga da Justiça Internacional.

Entretanto o Skeets, tal como a Navi de Ocarina of Time, era um puta acompanhante chato para burro, sempre dando esporros (merecidos) no Michael charlatão de herói, o que levava o Gladiador a de vez em quando desligar o robozinho. Isso, lógico, levaria no futuro a momentos em que, sem o Skeets, o Gladiador iria tomar na jabiraca, como quando ele foi feito trouxa brigar contra o Apocalypse e perdeu feito, ou quando ele tentou lutar contra o Cadre e levou uma cossa tão fodida que até o braço ele perdeu.

Só que em Crise Infinita ele acabou tendo um destino cruel, sendo destruído pelo Maxwell Lord e transformado numa espécie de espia para destruir o Besouro Azul, que estava se aproximando perigosamente das maquinações do Max. Pelo menos em 52 ele estava de volta, não que ele tivesse sido de muita utilidade, já que o Gladiador acabou "morrendo" e o robô acabou pirando o cabeção, matando um bocado de gente no processo. Por sorte o Rip Hunter apareceu e consertou o danado, que se juntou ao nem um pouco morto Gladiador Dourado (PEGADINHA!) e a um tal de Supernova (que era um azarão que também era ancestral do Michael, de nome Daniel Carter - que azar ser antecessor de um perdedor hein!) para juntos derrotarem uma minhoquinha chamada Senhor Cérebro que sei lá como tava com poderes para destruir os 52 universos.

Daí pra frente ele virou só um coadjuvante qualquer nas historinhas de vai e vem no passado e futuro mais doidas que os filmes do De Volta Para o Futuro, como a saga A Busca Por Batman, que é uma enrolação da porra que no fim só serve para descobrirmos personagens superesquecidos da editora como o clone tosco do Conan e a Starfire (que apesar de ter o mesmo nome da Estelar e também ser gostosa, não é uma alienígena, ou pelo menos parece menos com uma, é só uma mina usando um maiô de onça com daltonismo), além de enfrentarem o Besouro Negro, o Flash Reverso e terem um spoiler da saga Flashpoint e o monte de doideras nela contidas.

Tá vendo como o Skeets virou coadjuvante? Eu falei de um monte de merda menos dele no último parágrafo...

Ver também[editar]

v d e h
Bem-vindo à DCclopédia!