Andriy Shevchenko Андрій Шевченко

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Shevchenko)
Ir para navegação Ir para pesquisar
Barraderolagemalema.jpg Este artigo é algo que o Rubinho Barrichello aprovaria, se ganhasse o Mundial de Pilotos...

Este é um artigo que pode te levar para o Lado Amarelo da Força. Se estiver perto de algum evento decisivo, não o leia, pois pode causar um FAIL épico.

Capitão da seleção da Ucrânia?? Grande coisa!!
Cquote1.svg This is Spartaaa!! Cquote2.svg
Shevchenko

Cquote1.svg Shevchenko na bola, autorizado, partiu bateu. Deeeefeeeendeeeeu o goleiro! Cquote2.svg
Qualquer narrador esportivo sobre um pênalti cobrado por Shevchenko
Cquote1.svg ShevchenKOOOO! Cquote2.svg
Jon Kabira sobre Shevchenko
Cquote1.svg Shevchenko! One Two! Gologologologologolo! Cquote2.svg
Narrador dos primeiros Winning Eleven sobre Shevchenko
Cquote1.svg Tenta chegar o time do Chelsea, precisa do gol para vencer e continuar sonhando com o título inglês esse ano, lá vem Joe Cole pela direita, cruzamento na area pro Shevchenko... Esse progama executou uma operação ilegal e será fechado Cquote2.svg
Windows sobre Shevchenko no Chelsea
Cquote1.svg Só no Winning Eleven mesmo... Cquote2.svg
Você sobre Shevchenko

Andriy Shevocêhenko é um ex-futebolista soviético russo ucraniano, colocado para correr de Chernobyl por uma nuvem de radiação nuclear colorida. Shevchenko ficou conhecido por ser o principal saco de pancadas do mafioso zagueiro italiano Marco Materazzi.Além disso é o jogador mais Filho da Puta do joguinho eletrônico Winning Eleven(Só nas primeiras versões). Também detém a incrível habilidade de bater pênaltis de maneira bisonha, fazendo com que o mesmo entrasse para o seleto grupo de jogadores que não acertam uma penalidade máxima Nem Fudendo:Anelka, Edmundo, Martin Palermo e Roberto Baggio tendo perdendo Mais de 8000cobranças em sua carreira.

É o maior artilheiro da seleção de traumatismo ucraniano com 48 gols em 111 jogos. Marcou dois gols na sua penúltima partida da carreira, vitória por 2 a 1 contra um gol de Ibrahimović pra Suéter pela Eurocopa de 2012.

O mini-craque que está faltando na sua coleção

Atualmente[editar]

Atualmente está aposentado após tentar mas não conseguir jogar no Dinamo de Kiev pois apesar de ser bom no Winning Eleven, nunca o colocam para jogar. Hoje é treinador da seleção ucraniana. E olha que foi uma das contratações mais caras da história do futebol ucraniano, embora tenha sido ídolo no Milan e do pseudo-campeão Dínamo de Kiev. Atuou também na seleção da União Sovietica Rússia Ucrânia, sempre presente em todos os fracassos jogos da equipe. Mesmo aposentado ele ainda é o melhor do time.

Atualmente ele ainda tem pesadelos com o Jerzy Dudek, apesar de anos de terapia, Andriy Shevchenko não consegue esquecer o trauma que passou contra o Goleiro do Liverpool.

A carreira deste trouxa jogador foi destruida após atender o pedido da sua ex-esposa americana para jogar na Inglaterra para que seu filho tivesse uma educação fluente inglesa, resultado a sua carreira foi por água abaixo e a sua esposa lhe deu um belo pé na bunda e ficou com toda a sua grana e teve a infelicidade de ver o seu ex-time o Milan ganhar a champions um ano após a sua saída do clube.

Vida Pessoal[editar]

A foto do Orkut de Shevchenko (parece o Justin Timberlake!
  • É casado com a modelo pornô norte-americana Kristen Pazik (que mais parece um travesti esquelético), após sofrer um golpe da barriga.
  • O real motivo da saída de Shevchenko do Milan foi descoberto um dia, após o término do jornal da Globo:

Cquote1.svg Eu não aguentava mais apanhar do Materazzi. Resolvi ir para o Chelsea. Cquote2.svg
Shevchenko, em entrevista para Jô Soares

  • Após ser espancado por Materazzi, resolveu contratar um francês idiota pra ser seu segurança, e defendê-lo na copa do mundo e da sua mulher. O nome desse francês é Zinedine Zidane, é por causa do "Sheva" (para os íntimos) que ele deu o famoso Zidane Round Head Strike. No final sua vingança foi gloriosa (nem tanto).
  • Voltou para o Milan, pois queria ficar sem fazer gols pelo menos em um time gigante e com história. Objetivo cumprido. Continuou sem marcar gols e sem acertar pênaltis, mas quem liga? Pelo menos a torcida não odiava ele, ódio é o que ele sente por Avran Grant, o técnico-baitola,corno e caduco-israelense que esqueceu que tinha Sheva no banco, mas perder penalti entre Anelka e Sheva é melhor o soviético.