Shaundi

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Ggx baiken 055.jpg Este artigo trata de uma Hentai Girl

Ela é gostosa, mas nón ecziste. Ela participa de algum desenho, jogo ou quadrinhos e tem orgasmos infinitos.

Shaundi, a gostosa da equipe.

Cquote1.svg Shaundi é uma prostituta. Cquote2.svg
Pessoas falando a verdade com uma plaquinha sobre Shaundi

Shaundi é uma personagem da gangue 3rd Street Saints do jogo Saints Row, onde é uma loira gostosa que usava tranças e que era considerada gostosa justamente por não possuir nenhuma concorrência quanto nos jogos seguintes, mas um pouco feia (ou não). Nos dois últimos jogos, ela arrumou o cabelo e pelo menos tenta ser a mais gostosa do jogo. Ela fica às vezes muito brava com Pierce (já que este só serve para falar merda isso quanto não está cantando baboseiras) e dizem que ela tem uma relação sexual com o Professor Genki (ou não).

Ela apareceu no Saints Row 2, 3 e 4 (e bem melhor no 4, diga-se de passagem). Ela ajuda em missões e até levanta defunto. Ela até confessou que usava muito silicone e é uma membra (ou membro) muito importante nos 3rd Street Saints. Shaundi se torna um membro dos 3rd Street Saints após a protagonista impressiona-la com alguns saltos de merda acrobacia. Os Sons de Samedi, irritados com o seu ataque em seus negócios, eles enviam DJ Veteran Child, uma pessoa que estrupou estuprou ela e virou um dos ex-namorados de Shaundi para lidar com o problema.

DJ Veteran Child encontra Shaundi sozinha no Hideout Saints, e depois agrediu ela e estuprou ela novamente, depois ele a sequestra e a leva para On Track, um clube de dança homossexual. O protagonista chifra mata o DJ Veteran Child e deixa seu corpo na boate.

Shaundi no segundo jogo[editar]

"Shaundi inútil" se encontrando com "Shaundi drogada" em Saints Row IV.

Nesse jogo, Shaundi tem um visual meia-boca, porém aceitável e é antes de virar membro de gangue, claro que já deu para cerca de 69 namorados, incluindo o DJ famoso Veteran Child, o que levou Shaundi para o mal caminho e fez ela experimentar uma variedade de drogas financiadas pelos Sons of Samedi, além da linguiça dele, porém é descoberto que Shaundi só queria ficar com ele pelo tamanho dos documentos dele e resolve terminar com ela.

Shaundi, como óbvio, dá a mínima, já que fica com outros namorados que se vê no modo história e é util em algumas missões no jogo, tais como caguetar a namorada de Maero que estava sacando dinheiro roubado no banco, e algumas aparições em missões envolvendo os Sons of Samedi. Com medo de se tornar uma personagem desnecessária e totalmente inútil (algo que é hoje em dia em Saints Row IV), Shaundi tenta se oferecer para o protagonista, seja em missões quanto em operações sexuais.

Shaundi se encontra novamente com seu ex-namorado, o Veteran Child, um fracote que estava com uma pistola e nem assim ela foi capaz de se livrar dele, já que foi nocauteada com um mísero soco, porém foi salva pelo protagonista pela trocenta vez e Shaundi depois desse ocorrido passou ser aquelas mulheres inúteis de videogame que serviam para o protagonista ser babá delas, aparecendo apenas em cutscenes ou missões que não envolvam matanças. Com a gangue dos drogados morta, Shaundi passou a apenas ficar fumando drogas, única coisa que ela presta nesse jogo.

Shaundi no terceiro jogo[editar]

Shaundi prestes a ligar para um de seus 69 namorados.

Ânus Anos depois dos Saints conquistaram Stilwater pela segunda vez, os Saints resolvem fazer um marketing pesado para gangue, mostrando que ser de gangue é legal e vendendo trocentos produtos para atrair a mídia. Shaundi novamente não queria sair dos holofotes, e vira dona de um programa de fofocas, já que os Saints dominaram até a televisão naquele lugar e por regras da mídia, parou de fumar drogas por vários anos, conseguindo sua recuperação com êxito. Shaundi também recebe um novo visual que é distintamente mais profissional e bonita do que seu estilo horroroso boêmio anterior.

Alguém dos Saints tem a ideia burra de fazer um tutorial de como roubar bancos e Shaundi participa nele, enquanto tinha a missão de aguentar Josh Birk, um ator tarado que estava tentando dar uns pegas nela. O roubo ao banco dá totalmente errado e os Saints são capturados pela gangue Syndicate, onde as gangues Saints e a Morningstar vão parar em uma briga em um avião, onde eles se separam de Gat, que queria meter porrada em todo mundo e que iria colidir o avião sem sobreviventes.

Johnny não fala nada na comunicação de voz, e Shaundi acha que Johnny Gat acabou pagando uma viagem de ida para o colo do capeta, Shaundi perde sua principal função no jogo, o que seria ajudar os 3rd Street Saints e fica 90% do tempo do jogo inteiro chorando sobre a "morte" de Johnny. Seu estilo começa a mudar novamente, e possui uma crise de TPM, até que o protagonista faz o chefe da Morningstar, Phillipe Loren virar presunto.

Momentos antes de dar merda.

Por causa de Johnny Gat, Shaundi vira o contrário de sua personalidade no Saints Row 2, onde ela fica com aversão a festas, quase explodindo com Pierce quando ele dá uma festa dias após a morte de Gat, já que queria que os Saints respeitassem seus 30 dias de luto eterno por ele. Shaundi depois disso, fica brava por ter inveja de Viola e Kinzie após se juntaram aos Saints, já que as duas possuem mais funções na história do jogo que a própria Shaundi, assim como poder tirar o trono da Shaundi de personagem mais bonita desse jogo.

Enquanto Shaundi tinha inveja de Viola e Kinzie, Kia do grupo especial de policiais STAG tinha inveja da aparência de Shaundi, que era mais bonita que ela, captura a Shaundi para prender-a e agradar o seu chefinho Cyrus Temple, porém o protagonista consegue salvar novamente Shaundi e depois disso, a loira não serve mais para nada, já que a história se passa na rivalidade amorosa de Kinzie com Matt Miller e depois na outra rivalidade amorosa de Angel e Killbane.

Kia volta novamente a ter inveja de Shaundi como nas missões anteriores e também passou a ter inveja de Viola, Kia capturou as duas e fez mais um plano para agradar seu chefinho Cyrus Temple, capturar as duas, deixá-las no chão enquanto a Estátua da Liberdade de Steelport explode e colocar a culpa na Shaundi por ser uma loira burra e esquecer de ficar longe da explosão, e dependendo do final Shaundi morre, ou é salva pelo protagonista novamente e acaba essa história.

Shaundi no quarto jogo[editar]

Shaundi querendo se passar como um personagem do Cyberpunk 2077, já que a série Saints Row está morta.

Em Saints Row IV, ela perde ainda mais o papel de personagem feminina mais importante do jogo para Kinzie (como se ela em sí já fosse útil em Saints Row: The Third) e por não servir para nada, a não ser levantar defunto, a versão drogada da Shaundi de Saints Row 2 ganha uma consciência e pelas personalidades muito diferentes, elas se gostam e se odeiam. Já que a mesma iria ficar mais puta que a Kinzie no jogo se a chamassem de "Shaundi mais nova", sua outra personalidade ficou com o nome de "Shaundi mais divertida". Assim, como todos do 3rd Street Saints, foi um dos alvos principais do Zinyak no jogo, mas como não queria pegar a burrice dela, não virou cobaia para sexo.

Em seu pesadelo, é mais uma versão dela onde Shaundi novamente assim como no terceiro jogo começa a lamentar a "morte" de Johnny Gat na missão do avião do terceiro jogo, até que alguém fuma umas drogas e volta para a missão do segundo jogo, onde Shaundi vira refém novamente de Veteran Child, mas novamente é morto, só que umas trocentas vezes pelo poder de Zinyak de conseguir cagar nas simulações. Em sua missão de lealdade, Shaundi se junta com sua versão mais puta do segundo jogo e as duas, assim como o protagonista, ganham superpoderes e a aparência de Shaundi muda, sendo que ela fica com o cabelo mais escuro e uma roupa bem diferente. (E fica mais inteligente depois que o cabelo dela não é mais loiro). A missão é a mesma coisa, mandar o Veteran Child pro colinho do capeta, só que trocentas vezes.

Nas DLCs, Shaundi por ser uma personagem injustiçada pela sua inutilidade, já que perdeu espaço completamente para Kinzie, aparece como uma personagem em Saints Row IV: How The Saints Saved Christmas, onde é uma Shaundi de um universo alternativo, onde todos cagavam e andavam para o Natal, já que Roberto Carlos e Mariah Carey haviam morrido na explosão de Zinyak e não tinha ninguém para dar marketing para o Natal com suas músicas tocadas incessantemente, e um Papai Noel do mal dominava mais e mais durante esse período, até ficar extremamente forte e essa Shaundi do futuro distópico acabou sendo mandada para Steelwater para que o protagonista desse jeito nisso. Shaundi é mais importante nessa trama, porém Kinzie ainda é a responsável por carregar o protagonista em tudo.

Ver também[editar]

v d e h
Saints row.jpg