Seleção Mexicana de Futebol

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Este artigo foi feito por quem já ganhou Copa do Mundo

Copa Trofeus.JPG

Morra de inveja MWAHUAHUAHUAH!

SELEÇÃO MEXICANA DE FUTEBOL
Mexico flag 300.jpg
Lema: GOOOOOOL DE PELÉÉÉÉÉÉ!
Local: Muro do Trump
Apelido: Los ratos de tequila
Técnico: Chapolin Colorado

Cquote1.svg ARRIBA ARRIBA! Cquote2.svg
Mexicano sobre a seleção
Cquote1.svg Pelé es el mejor del mundo! Cquote2.svg
Mexicano sobre o que todo mundo já sabe
Cquote1.svg Maradona? Quien es Maradona? Cquote2.svg
Mexicano sobre Maradona
Cquote1.svg Jogamos como nunca, perdemos como sempre. Cquote2.svg
Mexicano sobre o time na Copa do Mundo
Cquote1.svg Maricones!!! Maricones!! Cquote2.svg
Argentino sobre Seleção Mexicana

Maior craque do time.

A Seleção Mexicana de Futebol é o time mais vitorioso da CONCACAF, possuindo 11 Copas Ouro, a Copa das Confederações de 1999 e 2 títulos da Copa dos Jogos Centroamericanos e Caribenhos, torneio mais inútil que a quarta divisão paraense. Mas nada se compara ao grande título conquistado em 2005, o maior de sua história: A Copa do Mundo sub-12 de futebol de botão.

Cquote1.svg A Seleção Mexicana Hoje perde o complexo de vira-latas Cquote2.svg
jornalista esportivo da Televisa após a conquista

Em sua confederação, o seu maior rival é os Estados Unidos, que insiste em jogar futebol com as mãos. A Seleção Mexicana é conhecida por sempre dar trabalho as grandes seleções em Copas do Mundo, como em 2006 quando em um histórico empate por 0x0, conseguiu segurar a fúria da imbatível Seleção de Angola.

A tradição mais valorizada pela seleção é ser eliminada da Copa do Mundo nas oitavas de final, maldição que existe há décadas. Não importa a razão, eles hão de perder.

Os mexicanos são o único povo do mundo que reconhece merecidamente Pelé como o melhor do mundo, já que eles mesmos viram que Maradona dá mais futuro no handebol.

Copa das Confederações de 1999[editar]

Sediando o torneio, o México estreou com gala enfiando 5-1 na Arábia Saudita com um poker de Blanco; seguido de um 2-2 com o Egito e 1-0 em cima da Bolívia, passando em 1° no Grupo A. Na semifinal o México derrotou os vizinhos capitalistas dos EUA com um gol de ouro de Blanco na prorrogação e na grande final enfrentou o Brasil, que fez o que está acostumado a fazer em jogos decisivos: perder, 4-3 pro México, muita comemoração e mexicanos com chapéis escrotos fazendo festa.

Copa do Mundo de 2002[editar]

Na primeira fase foi bem, estreou vencendo a Croácia com um gol de pênalti de Blanco, depois venceu o estreante Equador por 2-1 e no terceiro jogo empatou 1-1 com os pizzaiolos da Itália e se classificaram em 1° no Grupo G. Mas como o México não passa das oitavas, 2-0 pro maior rival EUA.

Copa do Mundo de 2006[editar]

Começou com um nem um pouco convincente 3-1 sobre o Irã; não conseguiu vencer a estreante Angola empatando em 0-0 e ainda perde pra Portugal de 2-1, mas mesmo assim passou de fase em 2° no Grupo D com 4 pontos. No mata-mata pegou os hermanos, depois de 1-1 no tempo normal, Maxi Rodríguez faz um puta golaço da porra na prorrogação e o placar acabou por isso mesmo e o México foi direto pro aeroporto.

Copa do Mundo de 2010[editar]

Estrearam contra a anfitriã África do Sul, empatando em 1-1 e ainda fazendo um gol legítimo bizarramente anulado; depois bateu a maior decepção do torneio, a França por 2-0 e no terceiro jogo perdeu de 1-0 pro Uruguai com um gol do mordedor e se classificaram em 2°, porque a África do Sul não conseguiu ultrapassá-los por vencerem a França por somente 2-1. Nas oitavas reencontrou os hermanos na mesma fase que na copa anterior, e dessa vez o sonho acabou de vez, 3-1 Argentina com um roubo desgraçado no primeiro gol de Tévez.

Eliminatórias Copa do Mundo de 2014[editar]

O México nessa eliminatória por pouco, mas por muito pouco, não se fodeu bonito ficando de fora do mundial, depois de uma perfeita campanha na terceira fase vencendo as 6 partidas no Grupo B contra Costa Rica, EL Salvador e a cagada de Guiana, a seleção broxou de forma assustadora, foram que nem marias chiquinhas pro hexagonal final, começou com um 0-0 com a Jamaica; depois deixou uma vitória de 2-0 escapar pra Honduras que empatou o jogo; 0-0 com os EUA; vence a primeira contra a Jamaica por 1-0 e todo mundo imaginou que a classificação seria moleza; ficaram no 0-0 com o Panamá e os mexicanos ligaram o sinal de alerta porque seleção que empata muito não vai á copa, mas os cavalos eram teimosos e empataram outro 0-0 com a Costa Rica; perde em casa pra Honduras por 2-1 e a partir daí o show de horrores começa; perde pros EUA de 2-0; desesperados venceram no sufoco o Panamá por 2-1 e na última rodada (e os torcedores nem dormiam mais de tanta agonia) perderam de 2-1 pra Costa Rica, enquanto isso o Panamá estava indo para a repescagem vencendo o já classificado EUA por 2-1, mas como o time era burro ao invés de retrancarem foram pra cima dos americanos e aos 45' do segundo tempo Zusi empata para os EUA e os mexicanos comemoraram feito loucos por serem salvos, e logo em seguida Jóhannsson vira o jogo pros EUA e com isso o México na mais pura das cagadas fechou em 4° com 11 pontos e foi jogar a repescagem internacional com a Nova Zelândia, como o jogo foi contra uma seleção que só dentro da Oceania presta, o México rolou e deitou, 5-1 e 4-2. O México não se classificou para a copa do mundo, classificaram o México pra copa do mundo...

Copa do Mundo de 2014[editar]

Estreou vencendo a cagada de Camarões fazendo 3 gols legítimos, mas só um foi validado pela péssima equipe de bandeirinhas cegos, depois empatou sem gols com o anfitrião e no terceiro jogo acabou com o sonho da Croácia com um 3-1 e se classificou em 2° no Grupo A. Nas oitavas de final encarou a Holanda, estava vencendo por 1-0 com um gol da eterna promessa Giovani dos Santos, mas tomou a virada nos minutos finais com um gol suado de Sneijder e Huntelaar de pênalti e a maldição das oitavas enrabava os mexicanos mais uma vez.

Copa das Confederações de 2017[editar]

Depois de vencer a Copa Ouro da CONCACAF pela trilionésima vez, o México disputou a copa das confederações na Rússia, estreou empatando num maluco 2-2 com Portugal, depois bateu a Nova Zelândia por 2-1 e venceu a anfitriã Rússia por 2-1 se classificando em 2° no Grupo A. Na semifinal encarou a Alemanha, mas como o México é vítima da maldição do dia 29 de Junho, no qual sempre perde nessa data, tomou de 4-1 da Alemanha, fazendo o golaço de Fabián não servir de nada.

Copa do Mundo de 2018[editar]

Fez a estreia dos sonhos com a Alemanha, vencendo por 1-0 com um gol de Lozano e se segurando como pode lá atrás; depois venceu a Coreia do Sul por 2-1; no último jogo do Grupo F levou uma escovada da Suécia, 3-0 e ainda com Álvarez marcando contra, mas mesmo assim passaram em 2°. A maldição das oitavas de final não tem fim pra seleção mexicana, e dessa vez não foi diferente, 2-0 pro Brasil na sombria cidade de Samara.

Seleção dos sonhos[editar]

Kiko, atacante titular da Seleção Mexicana, treinando finalizações.

280 - Seu Barriga, o maior goleiro da história do México. Nunca levou um gol na carreira, pois tapa toda a dimensão entre as traves.

2 - Cirilo, um raríssimo mexicano negão. Não apoia os atacantes, não marca dos adversários, não corre, enfim, não faz porra nenhuma. Só fica batendo papo com as Maria Chuteiras. Entrou na Seleção pela cota racial. Como muito ajuda quem não atrapalha, ele foi colocado como lateral-direito, pois essa é a posição mais inútil do futebol.

3 - Pepe, uma das estrelas do time. Fica protegendo o corredor central que dá acesso ao gol.

4 - Professor Girafales, o maior zagueiro do futebol mundial. Nunca perdeu sequer um lance pelo alto. De vez em quando, ainda faz alguns gols de cabeça.

6 - Ligeirinho, o maior velocista de todos os tempos. Com sua velocidade, consegue marcar e apoiar os atacantes. Ignoremos o fato de que ele nunca acertou um cruzamento.

42 - Dona Florinda, volante marcadora de qualidade. Sempre para as jogadas com pancadas desleais.

8 - Chaves, volante de armação. Queria ser um atacante ou um meia-armador, como o Zico, mas como a bola era o Kiko, acabou tendo que se contentar em jogar atrás do meio-campo.

10 - Tripa Seca, meia-armador. Especialista em tiros de longa distância, todas as suas balas finalizações morrem no fundo do gol adversário.

71 - Bruxa do 71, segunda meia-armadora. Também conhecida como "El Mago", todos dizem que ela utiliza bruxaria, pois consegue fazer lançamentos precisos mesmo já tendo chegado aos 45 do segundo tempo.

0 - Kiko, o atacante. Só joga porque é o dono da bola.

7 - Seu Madruga. Também conhecido como Madrugaldinho Gaúcho, é a grande estrela da equipe. Já jogou nos maiores times do mundo, e até virou presidente de um, o Real Madruga. É a grande referência do time, apesar de só estar jogando porque o Seu Barriga prometeu lhe perdoar 1 mês de aluguel caso o México ganhe alguma coisa.

Reservas[editar]

12 - Jorge Campos, a.k.a "O Homem dos Mil Uniformes"

69 - Nhonho, o terceiro goleiro. Tem tanta habilidade quanto seu pai, Seu Barriga.

16 - Popis, só é convocada porque, se ficasse de fora, iria contar tudo pra sua mãe. Só entra em campo quando o treinador, Chapolin Colorado, precisa de alguém para pentelhar o juiz.

20 - Glória. Volante de marcação, consegue derrubar qualquer meia-armador adversário com um beijo. Como isso não é considerado falta, ela consegue fazer cerca de 87236487238642 desarmes por jogo.

56 - Héctor Bonilla. Volante de saída, vive levando cacetada dos volantes brucutus adversários, mas sempre os perdoa no fim do jogo.

57 - Fernando Colunga. Começou a jogar futebol para impressionar Thalía. Grande amigo de Héctor Bonilla, conseguiu chegar à Seleção com o apoio deste.

86 - Jaiminho, meia-armador que possui muita categoria, e poderia ser titular absoluto, mas que prefere ficar sentado no banco, para evitar a fadiga. Seu maior sonho é conseguir fazer um gol de bicicleta.

82 - Chiquinha, atacante violenta, costuma dar pontapés nos adversários. Só foi convocada porque é filha de Seu Madruga.

24 - Christian Chávez, convocado só por causa da grana do empresário. Atacante de origem, gosta de jogar enfiado. Quanto mais bolas enfiarem para ele, melhor.

Grandes Jogadores[editar]

  • Javier "Chicharito" Hernández
  • Antonio Carbajal (goleiro imortal)
  • Carlos Vela (um descomprometido e preguiçoso)
  • Cuauhtémoc Blanco
  • Rafael Márquez
  • Giovani dos Santos
  • Hirving Lozano
  • Claudio Suárez
  • Omar Bravo
  • Andrés Guardado
  • Héctor Herrera (um dos jogadores mais feios de todos os tempos)
  • Guillermo Ochoa
  • Oribe Peralta
  • Óscar Pérez Rojas