Seleção Antiguana de Futebol

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Este artigo foi feito por quem já ganhou Copa do Mundo

Copa Trofeus.JPG

Morra de inveja MWAHUAHUAHUAH!

Antígua e Barbuda
Antígua escudo.png
Lema: À procura de um milagre
Local: Saint John's
Confederação: CONCACAF
MELHOR Resultado: 10-0 contra as Ilhas Virgens Americanas (11 de Outubro, 2011)
PIOR Resultado: Derrota de 11-1 pra Trinidad e Tobago (10 de Novembro, 1972)
Fornecedor: Barba Negra
Apelido: The Benna Boys
Ídolos: Peter Byers, Derrick Edwards
Mascote: Alces
Hino:
Títulos: Taça Perdidos no Oceano


Cquote1.svg Não posso descrever minha emoção ao narrar um jogo da Antígua e Barbuda Cquote2.svg
Tiago Leifert sobre Seleção Antiguana

Seleção caribenha da América Central formada pelos homens mais antigos e barbudos do mundo inteiro. Nunca se destacou em nada, o melhor resultado foi um 4° lugar na Copa do Caribe (um torneio mais inútil do que feriado em domingo) em 1998, perdendo pra Jamaica de Bob Marley por apenas 1-0. Nunca participou nem de Copa do Mundo nem de Copa Ouro da CONCACAF.

História[editar]

Peter Byers, grande jogador antiguano sendo encouchado.

Conta-se que Fidel Castro, com sua barba de bode, governava a sua pacata ilha de Antígua e Barbuda, que ele escolheu para que todos os barbudos do mundo pudessem viver em paz sem virarem motivo de chacota. Eis que um dia Fidel, passando pela bela e deserta praia da ilha, viu o esquilo da Era do Gelo chutando nozes. Então ele teve a ideia de criar um esporte onde se chutavam nozes, latinhas e outros lixos (a pobreza da ilha era muita). Desde então, na ausência de mulheres, os velhinhos e barbudos do local se divertem chutando merda enquanto não vem outro furacão lá pras bandas do Caribe.

Eliminatórias da Copa do Mundo 2014[editar]

Depois de passar tranquilamente pela segunda fase ficando em primeiro lugar num grupo cheio de seleções fortes: Haiti, Coração Curaçao e Ilhas Virgens Americanas, foi humilhada na terceira fase quando pegou seleções mais casca-grossa: Jamaica, Guatemala e o todo-poderoso Estados Unidos, ficou afundada na lanterna do grupo com apenas 1 ponto conquistado num 0-0 suado com a Jamaica (12/06/2012), destaque também num jogo contra os EUA (12/10/2012) no qual estava segurando um 1-1 cagadíssimo mas aos 44' do segundo tempo Eddie Johnson acabou com a festa antiguana. Como não tem campo decente no país, Antígua jogou em "casa" em estádios de outros países do Caribe.

Seleção antiguana tentando segurar a trolha pressão dos Estados Unidos.

Escalação[editar]