Salsa e Merengue

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Rede-GROBO.png PLIM! PLIM! Este artigo é uma coisa da Rede Globo de Manipulação! Esta página pode estar mencionando alguma novela clichê que sua mãe gosta, algum pseudo-ator rouaneteiro ou algum comunista de boteco que se diz jornalista. Para mais coisas relacionadas ao Projaquistão, clique aqui.

Cquote1.svg ¡Ueba! Cquote2.svg
Ricky Martin sobre Salsa e Merengue.

Salsa e Merengue foi uma novela das 19h exibida à noite, escrita por Miguel da Fala Bela, entre 30 de setembro de 1996 e 3 de março de 1997, substituindo "Vira-Lata" e sendo substituída por "Zazá". Foi a responsável por fazer todo mundo bailar ao som de salsa e merengue com Ricky Martin!

Enredo[editar]

Em uma viagem (pelo mundo), É o Gênio conheceu e se apaixonou pela doce e simples Madalena, mesmo tendo a apaixonadíssima e possessiva Theadora, a vilã, por perto. Mas É o Gênio também descobriu que tinha uma grave doença: câncer na unha. E por causa disso, Guilherme teve que revelar que É o Gênio não é seu filho, um segredo que abalou toda a foderosa família.

Mas para Madalena, o amor por É o Gênio resiste a tudo. E foi por isso que ela veio para o Rio e acabou conhecendo os moradores da Travessa do Vintém, o núcleo come-cu dessa novela. Esse é o território de Valentão, que se apaixonou por ela assim que a viu, e não é o vilão da novela, mas sim o amante latino que enlouquece Marinelza, uma senhora casada que brinca com o prerigo.

A mãe de Valentão é a festeira Anafeia Duñoz, uma mulher batalhadora e fodida da vida que vive um drama: um filho que teve de abandonar ainda bebê e nunca mais encontrou (ela tem merda na cabeça?). Ao envolver-se com a família de Anafeia, Madalena descobre que a salvação para É o Gênio está em Valentão, o irmão legítimo que ele desconhecia. Mas como convencê-lo a ajudar um irmão que ele nem sabia da existência, ainda mais quando disputa consigo o amor de Madalena? Viiixe...

Do outro lado da história está Adriana e a Rapaziada, uma vadia interesseira e de vida fácil e outra vilã da história, que se envolve com Guilherme, causando o fim de seu casamento com Bárbara. Adriana, mesmo chantageada por Heitor, ambicioso e inescrupuloso sócio de uma mineradora qualquer e o vilão do sexo masculino, alia-se a ele na busca desenfreada pelo poder.

Elenco[editar]

  • É o Gênio - Marcello Anthony
  • Madalena - Patrícia França
  • Theadora - Débora Bloch
  • Guilherme - Walmor Chagas
  • Valentão - Marcos Palmeira
  • Marinelza - Zezé Possessa
  • Anafeia Duñoz - Arlete Salles
  • Adriana - Cristiana Oliveira
  • Bárbara - Rosamaria Mortinha
  • Heitor - Victor Faz Anos

Trilha sonora[editar]

Nacional[editar]

  1. María (versão Salsa e Merengue) - Ricky Martin (ver letra e vídeo de abertura mais adiante)
  2. La Bella Luna - Os Paralamas do Sucesso
  3. Louca - Latino (pule a faixa.)
  4. Seo Zé - Carlinhos Brown e Marisa Monte
  5. Ama Teu Vizinho Como a Ti Mesmo (1972) - Luiz Carlos Sá, Zé Rodrix e Guttemberg Guarabyra
  6. Sim, Foda-se Você - Elba Ramalho
  7. Mueve La Cadera (Move Your Body) - Reel 2 Real
  8. Enquanto Durmo - Zélia Duncan
  9. Dancin' Days - Lulu Santos
  10. Vida Fácil - Cazuza
  11. Quando Te Vi (Till There Was You) - Simony
  12. Brasil é o País da Corrupção - Fernanda Abreu
  13. Uma Espécie de Irmão - Guilherme Arantes
  14. Mais Simples - Zizi Possi

Internacional[editar]

  1. Dónde Estás Corazón (DJ Memê remix single) - Shakira
  2. Sólo se Vive Una Vez - Azúcar Moreno
  3. Why - 3T - dueto com Michael Jackson
  4. Groovin' - Pato Banton
  5. Dáme - Luis Miguel
  6. Moliendo Café/Tequila - Mestizzo
  7. Solamente Tu Amor - Chayanne
  8. Incancellabile - Laura Pausini
  9. El Día Que me Quieras - Julio Iglesias
  10. Don't Look Back in Anger - Oasis
  11. L'Aurora - Eros Ramazotti
  12. Se Tú no Estás - Rosana Arbelo
  13. I'll Aways Be Right There - Bryan Adams
  14. Come to Me - Gottsha Tita

Tema de abertura[editar]

Vídeo[editar]

Cante e dance com a Desciclopédia!

Letra[editar]

¡Ueba!
Un, dos, tres
Baila salsa y merengue, María
Un, dos, tres
Un pasito pa’ atras
Aunque me muera ahora, María
Maria, te tengo que besar

Ella es una mujer especial
Como caida de otro planeta
Ella es un laberinto carnal
Que atrapa y no te enteras

Así es María
Blanca como el día
Pero es veneno
Si te quieres enamorar
Así es María
Tan caliente y fría
Que si te la bebes
De seguro te va a matar

Un, dos, tres...

Ella es como un pecado mortal
Que te condena poco a poco
Ella es un espejismo sexual
Que te vuelve loco, loco

Un, dos, tres
Un pasito pa’delante, María
Un, dos, tres
Un pasito pa’atras
Aunque me muera ahora, María
María, a mí que más me da…