Síndrome de Roberto Carlos

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Nuvola apps atlantik.png Coloque mais dados aqui. Síndrome de Roberto Carlos merece!

Aqui poderiam estar mais dados relevantes ao invés dessa merda.
Esclareça os fatos, melhore a redação e assim salve uma alma do purgatório.
Seja útil uma vez na vida e contribua para este artigo ou seção melhorar: edite-a


Cquote1.svg Você quis dizer: Foda-se, já tenho dinheiro Cquote2.svg
Google sobre Síndrome de Roberto Carlos
Cquote1.png Experimente também: Tomar vergonha na cara Cquote2.png
Sugestão do Google para Síndrome de Roberto Carlos
Cquote1.svg São tantas emoções... Cquote2.svg
Roberto Carlos sobre as próprias músicas

A Síndrome de Down Roberto Carlos é uma doença neurológica que afeta o cérebro do indivíduo musicista que perdeu sua criatividade e/ou genialidade precocemente. Conhecida também como doença do músico pé-no-saco, quando detectada cedo pode evitar vários problemas como o bullying e a dilatação anal.

História e manifestação[editar]

Desde o início dos tempos, quando o King Kong ainda era um jovem miquinho, pensava-se que esta praga era por conta de micro-organismos, parasitas ou preguiça. Mas notou-se com o tempo que trata-se de um defeito genético descoberto por teu pai e sua equipe de putas que inclui tua mãe em estudos feitos na Universidade de Caxias do Sul.

Quando o gene recessivo "r" se manifesta por qualquer motivo, o cérebro do charlatão compositor passa a funcionar em um loop infinito, compondo músicas completamente iguais com pequenas mudanças que não fazem diferença nenhuma. Daí o nome Síndrome de Roberto Carlos, pois o mesmo faz todas as músicas exatamente iguais, mudando apenas o nome da mulher, a palavra "amor" por "paixão" e vice e versa.

Sintomas[editar]

Os sintomas começam com uma leve demência e enriquecimento rápido. Também podemos concluir que é possível que aconteça uma repentina necrose na perna do indivíduo que o leve a ter que amputar a mesma. Com o tempo ele passa a fazer músicas parecidas de mais em suas letras, logo depois ele começa a incluir elementos harmônicos e melódicos de uma mesma música em todas as outras e por fim ele faz músicas exatamente iguais com pequenas mudanças que não são nenhuma novidade para ninguém.

Curando a Síndrome de Roberto Carlos[editar]

Dizem que espancar o indivíduo contando-lhe o motivo faz ele parar de compor ou até parar de respirar. por enquanto é a única cura disponível pois o Governo federal Não quis liberar verba para estudar uma cura menos dolorosa.