Síndrome da loja de perfume

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Quem diria que esses potinhos pudessem conter tanto mal!

Síndrome da Loja de Perfume é uma doença que acomete mulheres imaturas e inseguras. Pensando ser uma loja de perfumes, elas tendem a querer cheirar como tal, e por isso viram sem dó nem piedade o vidro de perfume sobre suas cabeças (às vezes várias fragrâncias diferentes ao mesmo tempo). Um traço típico desta enfermidade é que geralmente os perfumes são de adolescente ou com cheiro de chiclete de tutti frutti. As pessoas doentes costumam apresentar os sintomas quando saem para a rua, o shopping ou a balada. Acredita-se que 100% da população mundial já se deparou com uma individua portadora da síndrome na rua. Quanto ao aspecto psicológico, a portadora pensa que está abafando; de fato, ela está abafando pois ficamos todos sem conseguir respirar quando estamos a seu lado, devido ao incômodo do cheiro do ar empestado. A cura para esta doença é uma combinação de banho com Simancol.

Causas[editar]

Não se sabe direito porque a doença ocorre. A mais provável explicação é que, de tanto falar com patricinhas, a mulher contraí o que é um começo de uma destruição de seu cérebro, algo muito visto em fãs de MDB e novelas da Globo. Outro possível começo é se você morar perto de lugares muito cheirosos, como lojas de desodorantes. Já não basta o gás que o troço solta que é o maior perigo do mundo a camada de ozônio, qualquer 1 que fica perto demais desse cheira vai naturalmente começar a mutar no seu corpo uma grande vontade de despejar perfumes na cabeça, além de possivelmente engolir potes inteiros para satisfazer sua vontade infinita.

Uma das primeiras coisas que se nota em alguém infectado é a mulher cantando a canção do Big Brother sozinha. O único motivo para alguém em sã conciencia cantar algo que estoura seus próprios tímpanos, além pra servir como arma biológica, é porque a vontade de cheirar perfumes está pouco a pouco infectando ela. É possível que, originalmente, a síndroem foi projetada pela própria rede de lavagem cerebral globo como outra tentativa de dominação mundial, mas falhou e acabou sendo só mais um probleminha diária feminino.