Robin Vermelho

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
20121009225518!Os Incríveis.jpg Este artigo é um(a) super-herói(na).

O texto a seguir é sobre alguém que voa, tem poderes, salva donzelas e prende bandidos. Se vandalizar este artigo, eles te levarão à Justiça.

Para conhecer mais desses seres incríveis, clique aqui.


Cquote1.svg Ele é meu! Só meu! Todo meu! Cquote2.svg
Brian Bendis sobre Tim Drake
Cquote1.svg Não lembro desse aí não. Cquote2.svg
Batman sobre Tim Drake

Tim Drake, o Robin Vermelho, é o Robin mais inútil de todos, não que ele seja um Robin ruim mas ninguém lembra dele pois ele não foi o primeiríssimo Robin como Dick Grayson, não teve uma morte trágica e comovente como Jason Todd e não é o filho do Batima como Damien Wayne.

História[editar]

Pré-Flashpoint

Tim Drake era só um nerd seboso sem ter o que fazer e na cagada acabou descobrindo a identidade do Batman. Depois de Jason Todd ter um encontro com o pé de cabra, Tim conseguiu convencer Dick Grayson a convencer o Alfred a convencer o Batman a se tornar o novo Robin. Fatos vem e fatos vão, os pais de Tim acabam sendo sequestrados por um haitiano maluco e acabam sendo envenenados, a mãe de Tim morre e o pai sobrevive mas fica em coma. Mais uma vez Batman adota um garoto órfãos para torna-lo Robin, mas quando o pai de Tim sai do coma, este começa a suspeitar que Bruce (pra quem não sabe o nome do Batman é Bruce) está sodomizando seu filho ou levando ele para puteiros LGBT, já que Tim ficava o tempo todo saindo com Bruce à noite.

Depois de se tornar o Robin oficial do Batman, Tim começa a ter uns problemas inúteis de relacionamento com sua namorada e uma tal de Salteadora, que poderiam ser resolvidos com punheta. Depois que Bane quebra as costas do Batman, Bruce deixa Tim Drake sob os cuidados de um católico fanático chamado Azrael, coisa que não dá muito certo. Depois disso Tim entra para a Justiça Jovem mas acaba se aposentando como Robin depois que seu pai descobre as peripécias que ele vem se metendo, mas ele acaba voltando a ser Robin porque nada nos quadrinhos é para sempre. O pai de Tim morre graças ao Capitão Bumerangue, mas quem não morreu foi Jason Todd, que ressuscita só para enfiar a porrada em Tim.

Pois bem, esse lance de Robin Vermelho só surgiu depois que o Batman aparentemente morre e ele começa a competir com os outros robins para decidir quem vai virar Batman. No fim das contas Tim acaba levando porrada de Jason mais uma vez e quem se torna o novo Batman acaba sendo Damien, o filho que Bruce teve após uma rapidinha com Talia al Ghul, daí Tim cria a identidade de Robin Vermelho porque não tem criatividade. Batman acaba voltando dos mortos eventualmente, mas isso não importa já que o Flash reiniciou a linha do tempo.

Tá aí uma coisa que deveria ser cânone faz tempo.

Flashpoint

Com o reboot do universo DC, o "jênio" Tim Drake tem a grande ideia de fazer com que o Pinguim fosse atrás dele para matá-lo, na esperança que seu grande ídolo, o Batman, viesse salvá-lo. Pois bem, Batman acaba salvando Tim mas seus pais vão para o programa de proteção à testemunhas. Para adiantar as coisas, Tim Drake se torna direto o Robin Vermelho após seus pais e mudarem, mas Batman e Robin Vermelho ficam juntos por pouco tempo depois que Tim se junta aos Jovens Titãs.

Homossexualidade[editar]

Nos quadrinhos, Tim Drake e o superboy Conner Kent tem uma tensão homossexual enorme, ao ponto de que muitos consideram que Tim Drake e Conner são oficialmente gays e estão namorando. Apesar disso, a DC Comics não pode criar um Robin gay por causa de moralistas como Fredric Wertham, e também porque ninguém quer ver homens se beijando, apenas mulheres se beijando, o que explica o fato da Batwoman ser lésbica.

Ver também[editar]

v d e h
Bem-vindo à DCclopédia!