Reia (satélite)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Reia é o segundo maior satélite de Saturno, parece a Lua da Terra, só que um pouquinho mais polida.

Descoberta e exploração[editar]

Reia em contraste com a superfície de Saturno.

Reia foi descoberto em 1672 por João Domingo da Silva enquanto observava Saturno para procurar Titã numa triste noite tediosa - sem queijo e sem vinho no armário da dispensa - onde ele não tinha nada de melhor para fazer.

Depois disso, o único registro relevante foram os estudos da sonda Cassini–Huygens lançada pelo Google em 2003, chegou a Reia em 2005 quando tirou fotos de Reia a pedidos da Wikipédia, mas por causa do orçamento apertado, só conseguiu tirar fotos em preto e branco, o que justifica a aparência acinzentada do satélite.

Nomenclatura[editar]

Inicialmente era chamado de "Saturno V" por causa da falta de criatividade dos astrônomos antigos, e também porque Giovanni Cassini e todo mundo do século XVII não eram muito conhecedores de mitologia grega ou romana.

Reia é a Mãe dos Titãs, e aamais um nome retirado dicionário da mitologia grega. A ideia desse nome veio de John Herschel (filho de William Herschel) que ao contrário do pai não descobriu nada, não bolou nenhuma teoria relevante, só coçava ao saco, mas para poder aparecer nos livros teve a ideia de dar nomes às descobertas do pai e seus amigos.

Características[editar]

Reia e seus pseudo-anéis, tentando ser como Saturno.

Reia é uma imensa batata que orbita Saturno, com inúmeros vulcões de batata doce, o que explica as sazonais chuvas de batata frita. Reia só não aparece amarelo nas imagens porque a tosca sonda Cassini–Huygens só tira fotos em preto e branco.

Análises da atmosfera indicam a presença de oxigênio. Reia foi um dos corpos celestes do sistema solar mais estudados pela União Soviética durante a Guerra Fria. Como alternativa de exilar presos em caso de super-população da Sibéria. A existência de oxigênio foi uma boa notícia.

Anéis de Reia[editar]

Na tentativa de tornar Reia um pouco menos desinteressante, os cientistas da NASA espalharam um boato que Reia possuía anéis, o que o tornaria o único satélite com anéis do sistema solar. Mas mesmo que possua anéis, isso não faria a mínima diferença...