Rebecca Romijn

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Japonesa fazendo nada.jpg
Rebecca Alie Romijn
Cheetara cosplayer.jpg
Photoshop profetizando futuro de Rebecca Romijn.
Nascimento 6 de novembro de 1972
Bandeira dos Estados Unidos Estados UnidosCalifórnia
Ocupação Puta paga
Medidas 86-61-89
Altura 1,80
Peso 59
Cabelo Loira

Rebecca Romijn é uma modelatriz estadunidense descendente de holandeses cujas glândulas mamárias de sua mãe não foram capazes de produzir leite suficiente para amamentá-la quando bebê, então ela foi enviada à Holanda e obteve amamentação diretamente das tetas das vacas de lá. Tal fator acabou contribuindo posteriormente no crescimento avantajado de seus seios, o que veio a torná-la uma mulher gostosa quando adulta.

Anos iniciais[editar]

Nasceu na Califórnia, em 1972. Assim como toda mulher que lá nasce, Rebecca só poderia vir a ser futuramente uma loira sensual de pele bronzeada.

Filha de professora, foi colocada fora de casa ainda criança para trabalhar e complementar a renda familiar, visto que o salário dos professores é um lixo.

Seu sonho inicial era ser cantora, mas como jamais teria dinheiro para pagar uma universidade de música decente, uma vez que no exterior não existe funk carioca para fazer sucesso e ficar rico sem ter nenhum talento na área, Rebecca optou por tirar proveito de sua beleza e virar modelo, o que qualquer uma em seu lugar deveria fazer.

Modelo[editar]

É pessoal, essa mulher é pra lá de super!

Durante a adolescência, mudou-se para Paris, a capital da moda, e dividiu apartamento com algumas das maiores supermodelos do mundo, que na época eram todas umas barangas anoréxicas, desconhecidas e invejosas que apelidaram-na de "gigante loira" por ela ser a mais bonita do grupo e, portanto, a que tinha tendência a ser mais bem sucedida. Cindy Crawford, Claudia Schiffer, Kate Moss e Naomi Campbell eram algumas das colegas com quem dividia o mesmo teto naquela época.

Como nunca foi magra o bastante para estar numa passarela, mas sim gostosa, Rebecca só era convidada para trabalhos pervertidos como fotografar para revistas do tipo FHM, Maxim e Sports Illustrated Swimsuit Issue, então abandonou de vez a carreira de modelo.

Atriz[editar]

A carreira de Rebecca começou quando passou no teste do sofá. Seu primeiro papel como atriz foi em Friends, seriado no qual 60% dos atores de Hollywood já fizeram alguma ponta. No cinema, estreou interpretando a si mesma em um filme do Austin Powers, para ver como botavam fé no talento dela atuando. A primeira (e até agora única) personagem marcante interpretada por ela foi a Mística nas versões cinematográficas dos X-Men, mas em 2012 isso deve mudar quando ela for a Cheetara, em Thundercats.

Recentemente, ela pode ser vista interpretando um transexual em Ugly Betty, ou seja, um cara que cortou o pinto fora e acha que só por causa disso pode ser considerado um ser do sexo feminino a partir de agora.

Prêmios[editar]

  • 2000 - Mais Bela do Ano.
  • 2001 - Mais Bonita do Ano.
  • 2002 - Mais Gata do Ano.
  • 2003 - Mais Gostosa do Ano.
  • 2004 - Mais Linda do Ano.
  • 2005 - Mais Sexy do Ano.
  • 2006 - Mais Tesuda do Ano.