Político work-alcoólico

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Preparação pra ser um work-alcoólico.

Político work-alcoólico é como nossa ex-presidanta Dilma se refere à ela mesma e ao ex-presidente Lula, políticos que trabalham sob o efeito de álcool, por isso fazem tanta merda e depois dizem não saber/lembrar de nada. No entanto, não devemos esquecer que o fundador desta filosofia de vida é o não tão famoso presidente russo Vladmir Putin Boris Yeltsin, mundialmente conhecido como pudim de vodka e que nunca cansou de expor sua dedicação a este modo de vida durante as horas de expediente.

Características[editar]

Para ser um político work-alcoólico é fácil, basta encher a cara de Corote, Pitu e Mundial do Palmeiras, um copo americano só não basta, tem que encher a lata mesmo, beber até quase cair e ter que ser buscado às 2 da manhã no bar pelo seu cumpanhero igualmente bêbado da CUT.

Após beber muito, antes de ir dormir ou bater na esposa, é hora de fazer discursos sem sentido algum, apenas sob o forte efeito do álcool é possível saudar a mandioca, estocar vento, criar uma nova espécie hominídea, dizer que tirou 300 trilhões de brasileiros da pobreza ou criar documentos datados dos nón ecsistentes 31 de Junho ou 31 de Novembro, mesmo estando na era da informação e podendo consultar as datas dos anos anteriores em menos de 10 segundos.

Se a dose da branquinha for muito forte, o político work-alcoólico também pode ver pessoas/animais que não existem, como um amigo dono do triplex ou uma figura oculta de um cachorro atrás das crianças.

Referências[editar]

v d e h
Mitologia Política Brasileira, suas lendas, seres e outros negócios fantásticos
1 Cabo e 1 soldado31 de junho31 de novembro30% de 100 igual a 3,5300 de BrasíliaAbraço BolivianoAerococaAerotrem do Levy FidelixAmeaça ComunistaAmigo dono do triplexAnões do OrçamentoBalbúrdiaBarão HomofóbicoBoi bombeiroBolinha de papel que atingiu o José SerraBolsolulaCarlos Magno e os 12 Cavaleiros da Távola RedondaCasa da DindaCasa do Romero JucáCercadinho do AlvoradaCloroquinaComércio sem viés ideológicoCristofobiaDemônio que possuiu Temer no discurso de posseDieta do Supremo Tribunal FederalDitadura gayDólares de cuecaElsa lésbicaEstatísticas tiradas da bundaEstocagem de ventoFaca que esfaqueou Jair BolsonaroFiat ElbaFigura oculta de um cachorroForças ocultasFraquejadaGabinete do ódioGolden ShowerGuardiões do CrivellaHelicóptero do Zezé PerrellaHistórico de atletaHonoris quaseImpunidade do PSDBJesus na goiabeiraKit gayLeite condensado do ExércitoMarajásMenos com menos igual a 10Miasmas pútridos que emanam no CongressoMinistro do STF terrivelmente evangélicoMosquitaMulher sapiensNióbioNuvem LulaPartido da Imprensa GolpistaPato da FIESPPavão MisteriosoPequeno repiquePirocão inflável verde e amareloPolítico honestoPolítico work-alcoólicoPrincípio da meta aberta dobradaPrivatização de cu de curiosoProfecia da vitória do Cabo Daciolo no primeiro turnoPTinderPTSDBRelaxa e goza!República de CuritibaSanguessugas do CongressoSaudação à mandiocaSexualidade do azul e do rosaTeorema do ganho e da perdaTerceira viaURSALValeriodutoVaza-JatoZelite