Phoenix Suns Arena

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar


A Phoenix Suns Arena, que não, não é um daqueles nomes genéricos usados por canais brasileiros para esconder nomes de empresas, anteriormente conhecida como Arena Resort Graveto Falante é mais um dos mais de 8000 ginásios (contando os demolidos e não-usados) atuais da Nigga Basketball Association, onde é o ginásio usado pelo time Phoenix Suns, onde sedia jogos também da filial feminina do Phoenix Suns, o Phoenix Mercury, mas isso ninguém se importa.

O estádio do Phoenix Suns, que fica perto do estádio do Arizona Diamondbacks, que é um time provavelmente mais vencedor que o próprio Phoenix Suns. O ginásio anteriormente possuia o nome menos escroto de US Airways Center.

Construção[editar]

A Talking Stick Resort Arena lotada.

Quando o estádio tinha o nome de US Airways Center para substituir o ginásio de Arizona Veterans Memorial Coliseum, já que a torcida do Suns era mais conhecido por ser um completo velório, já que o time era uma bosta nos anos 80.

O US Airways Center foi projetado, e depois foi construido em 1990, e para se gabar das infinitas e intermináveis construções brasileiras, foi terminada em dois anos, e logo foi inaugurada em 1992, quando o Phoenix Suns ganhou de um placar apertado de 111 a 105, contra o Los Angeles Clippers, quando o time de Los Angeles era uma bosta. (e continua sendo)

Como várias empresas americanas de aviação eram muito rivais, e todas queriam obter os naming rights dos ginásios da NBA, no qual veio a America West Airlines a comprar o estádio, mas depois disso desistiu depois de saber que o time do Phoenix Suns era um verdadeiro lixo.

em 2016 uma empresa chamada Talking Stick Resorts, que era famosa por hotéis vagabundos de luxo e vários jogos de azar confundiu o estado de Arizona com o estado de Nevada (já que o mesmo não possuía nenhum time), comprou o ginásio e hoje em dia ficou com esse nome escroto.

Depois de quatro anos, já que a empresa responsável por esse nome tosco não queria mais patrocinar uma equipe de tamanha qualidade como os Suns, resolveram enfim colocar o nome mais genérico para nomear um ginásio, copiando o nome de estádios de futebol de times que não possuem nenhuma criatividade, nascendo assim a PHX Arena e depois a Phoenix Suns Arena.

Lotação[editar]

Nas épocas iniciais como US Airways Center, e como o time de Phoenix prestava naquela época, onde em 1993 na final, onde apenas perdeu para o time do Chicago Bulls, e depois de passar dois anos com estádio lotado pelo torcedor iludido do Phoenix Suns achando que ia ganhar alguma merda nos próximos anos seguintes, se foderam e logo começaram a desistir do time, no qual na época de 2000 ficou com menos de 300 torcedores por jogo, no qual os membros da US Airways perdiam dinheiro investindo nesse time, e que levou a ser vendido para a Talking Stick Resorts por 5 dólares, mais 10 Kinder Ovos.

Mesmo o estádio com o naming rights da Talking Stick, o torcedor ficou iludido, veio apenas e quase lotou em uns 3 jogos, mas como o time ainda era uma bosta e não conseguia nem se classificar nos playoffs da NBA, o público ficou baixo novamente. No início de 2017, ganhou o troféu do Ginásio de Nome mais Escroto da NBA.

Como o Arizona é um dos estados mais quentes dos Estados Unidos é raro algum artista ou grupo famoso tocar nesse ginásio, mas mesmo assim U2 e Frank Sinatra resolveram enfrentar esse calor dos infernos.

Ver também[editar]