Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar


Mal-vindos à Pesciclodédia

A enciclopédia deslivre de conteúdo que só apenas usuários registrados podem editar.

60 960 sogitrA · 202 512 snegamaI

Desajuda

adaxiabmE

Respostas

Arrogância

Sem fama

Não contribuir

Artigos fracassados

A História do Brasil:

1808-2008: Duzentos ânus da corte portuguesa no Brasil!
Lá pelos idos do século XV, os portugueses, totalmente grogues, depois de uma noitada na Casa da Mãe Joana, lançaram-se ao mar em busca de novas terras. A empreitada inicialmente foi um enorme fracasso: os portugueses conseguiam nadar apenas por alguns quilômetros antes de contraírem câimbras e morrerem tragicamente. (...)

Inicialmente, Portugal explorou as novas terras como pôde: brigou com os ingleses para que o ouro fosse primeiro para os cofres do D. João V, ele tirava dez por cento para ele e com o resto pagava as contas de Portugal, contratou um jardineiro e enfeitou Lisboa com palmeiras importadas, contratou índias da casa da Jeanne, para seus cabarés, inventou várias receitas com mandioca para seus restaurantes. (...)

No início do século XIX, a família real portuguesa havia contraído muitas dívidas devido aos hábitos do rei D. João VI, um rei muito traquinas e fanfarrão. Assim, decidiram imigrar para o Brasil devido à taxa de câmbio favorável, fugindo dos credores (...)

Conta-se que D. Pedro I, após uma farta refeição regada a pratos feitos com repolho, pimentas e feijões,com mangas de sobremesa (ver pudim de manga), estava em sua habitual cavalgada diária às margens do rio Ipiranga quando um mal súbito o acometeu.(...)

Depois de "independer" o Brasil, D. Pedro I tratou de governar de fato o país. Mas seu governo era formado por portugueses, e como todos sabem, portugueses são burros. Então Dom Pedro I passou boa parte de seu mandato (eterno) outorgando constituições e.... comendo! Sim, ele adorava comer. Mulheres da corte, como a Marquesa de Santos (...)

Veja aqui o artigo Completo!!!

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter



Eventos passados


Ontem foi...


Você não sabia


Imagem de ontem
 
Desapresentação
Batata-Pesciclo-sem-texto.png
Mal-vinda(o) à Pesciclodédia, uma (pes)endiclocédia escrita com a colaboração de seus preguiçosos leitores. A Pesciclodédia é um site de fatos e seu conteúdo deve ser levado totalmente a sério. Toda a nossa regra e arrogância convergem para um só princípio: ser idiota e não apenas engraçado. É um princípio moral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Pesciclodédia, só podem ter procedência a heters que se refiram à qualidade horrível de um artigo. Tem, portanto, um sentido de tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, gayme, etc.) e que tenha sido hateado num artigo da Pesciclodédia. Essas coisas interessam muito por aqui.


Desparticipação
Nenhuma pessoa daqui podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam usuários ou respeitem as regras. Dentre as diversas páginas de desajuda à sua disposição, estão as que explicam como não criar um artigo, não editar um artigo ou não inserir uma imagem. Em caso de não ter dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua opinião.


Fandom
A fandom vem ficando tóxica dia após dia. Porém não precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em píngua lortuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos primos
A Pesciclodédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Pesciclomídia. A Pesciclomídia opera pequenos projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo deslivre:


Lista completaComeçar uma nova edição