Onde Nascem os Fortes

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Three blind mice lg nwm.gif Não tou vendo imagem nenhuma aqui? E você tá vendo?
Por favor, tire a cegueira dos nossos três amigos e coloque novas imagens aqui. Ou chame um curandeiro pra isso.

Cquote1.svg Você quis dizer: Shakira do Sertão? Cquote2.svg
Google sobre Onde Nascem os Fortes

Após a desastrosa exibição de Os Dias Eram Assim em 2017, estreou na Globo Onde Nascem os Fortes no dia 23 de abril de 2018, até 16 de julho, a mais nova novela "supersérie" (frescura) das 23 horas. Escrita por um tal de George Moura junto com outro fulano de tal chamado Sérgio Goldemberg, mas como ninguém conhece mesmo, então vamos direto ao que interessa: a história.

Dessinopse[editar]

Antes de mais nada, temos que dizer que Onde Nascem os Fortes não teria sido possível sem a personagem Shakira do Sertão, a protagonista da história que na verdade se chama Ramirinho e se traveste para poder se apresentar no Fodão Night Club, a boate da bagaça.

Agora sim, o desenredo: os irmãos gêmeos Marica e Raimundo Nonato se mandam para Sertão, a cidade fictícia e que é realmente um sertão, terra natal de sua mãe, a engenheira química Cássia, em busca de trilhas de mountain bike. A aventura mudará suas vidas para sempre. Maria se apaixona pelo jovem paleontólogo e estudioso dos dinossauros Hermano, filho de Rosinete com Peido Gouveio, conhecido como o Rei de Sertão (grande coisa), dono da maior fábrica de bentonita (procura no Googol) da região. Nonato desaparece sem deixar rastros após carcar a amante de Pedro, a sedutora Joana.

O suposto envolvimento de Pedro no sumiço de Nonato e na xoxota de Joana é o estopim de uma batalha que interrompe de forma abrupta (dá-lhe, dicionário!) romances, altera o destino de uns e obriga outros a desenterrarem segredos de família. Procurando respostas, Marica se vê obrigada a parar de dar para Hermano para travar uma luta sem trégua contra Peido. Ele, por sua vez, homem poderoso e influente (na privada ele certamente tem muita influência), tenta proteger sua reputação. O embate se intensifica com o retorno de Cássia a Sertão, mais de 8 mil décadas após deixar a cidade e partir para o Recife. Cássia nunca revelou a ninguém os motivos pelos quais há mais de vinte anos não voltava à cidade, mas em A Favorita seu passado de Flora Pereira da Silva a condena.

Cássia criou sozinha os filhos. Protetora, sempre se preocupou com o comportamento destemido dos dois, a típica mãe controladora que controla até o peido que cada um solta. Ao saber que Nonato sumiu, ela se toca que é hora de encarar os próprios medos. E ainda se vê impelida (dicionário, aqui vamos nós de novo) a lidar com o desejo de chupar Peido. Fodida com as incertezas do destino dos filhos e sem saber que Peido pode ser o algoz de sua família (sim, ele é o vilão da "supersérie"), ela recebe apoio do juiz Ramiro Carcará (Fábio Assunção), pai de Ramirinho e inimigo do empresário que a traça. Mas há vantagens suspeitas por trás desse suposto altruísmo e encantamento.

Se tem alguém capaz de encarar Peido Gouveio é Ramiro. Maior autoridade do judiciário de Sertão (ui, que meda!), ele é tão poderoso quanto o seu inimigo: se o empresário é o símbolo do poder econômico na cidade, o juiz é o homem da lei. Ambicioso, Ramiro, no entanto, deseja mais do que o seu cargo pode lhe dar. Há anos vem planejando investir em mineração (do quê?), criando um negócio concorrente ao de Peido, com quem o juiz tem uma treta antiga. No passado, ele perdeu a prima Rosinete para Pedro (viiiixe!!!). Ela preferiu se casar com o então jovem e promissor empreendedor.

E o resto da história é os dois se pegando no coro em Sertão, enquanto Ramirinho solta a franga na boate toda noite para ganhar grana.

Quem é quem:[editar]

  • Ramirinho aka Shakira do Sertão - Jesuíta Barbosa, o Jerônimo/Rogê de Verão 90, lembra?
  • Marica - Alice Wegman
  • Nonato - Marco Que Tosse
  • Cássia - Patrícia Pillar
  • Hermano - Gabriel Leoa
  • Rosinete - Deborah Bloch
  • Pedro Gouveio - Alexandre de Negro
  • Joana - Maeve Jinkings
  • Ramiro - Fábio Assungão

Trilha sonora[editar]

  1. Todo Homem - Caetano Veloso, Tom, Moreno e Zeca Veloso (abridura)
  2. Don't Explain - Nina Simone
  3. Dia Branco - Geraldo Azevedo
  4. Ave de Prata - Elba Ramalho
  5. Alguém Cantando - Caetano Veloso e Nicinha (ela certamente canta mais na música que ele)
  6. Jura Secreta - Fagner
  7. Iron Sky - Paolo Nutini
  8. Vapor Barato - Gal Costa
  9. Your Song - Elton John
  10. Venus in Furs - The Velvet Underground e Nico
  11. Mal Necessário - Jesuíta Barbosa
  12. Corpo Fechado - Johnny Hooker e Gaby Amarantos
  13. Porque Homem Não Chora - Pablo, a Voz Romântica UMA MERDA
  14. Quando Bate Aquela Saudade - Rubel
  15. The Fade Out Lines - The Avener & Phœbe Killdeer

e (daria um volume 2 perfeitamente):

  • Dois Animais na Selva Suja - Nação Zumbi
  • 50 Reais - Naiara Azevedo OUTRA MERDA
  • Asa Branca - Caetano Veloso
  • Canto do Povo de um Lugar - Caetano Veloso
  • Como 2 e 2 São 5 - Gal Costa
  • Coqueiros - Geraldo Azevedo
  • Jabitacá - Gal Costa
  • Me Leve - Fagner
  • Negro Amor - Gal Costa
  • Os Povos - Milton Nascimento
  • Pra Dizer Adeus - Maria Bethânia (tava demorando...)
  • Sua Estupidez - Gal Costa
  • Menina Veneno - Shakira do Sertão
  • O Amor e o Poder (Como uma Deusaaaaa...) - Shakira do Sertão
  • O Meu Sangue Ferve Por Você - Shakira do Sertão
  • Tigresa - Shakira do Sertão (ui...)

Instrumental[editar]

Músicas de Eduardo Queiroz e outros que ninguém conhece.

  1. Nascente
  2. Mar Branco
  3. Cronos
  4. Fortes
  5. Céu Estrelado
  6. Sortie Rouge
  7. Ramiro
  8. Nonato
  9. Tellus
  10. Birdtrap
  11. Dread
  12. Querubim
  13. Rasante
  14. Kyrie Eleison
  15. No Rabo é Ardida
  16. Delegado
  17. Arx
  18. Caravana
  19. Cássia
  20. Estrada Deserta
  21. Maria
  22. Réquiem Sertanejo
  23. Shockwaves
  24. Valsa Sertaneja
  25. Tábua Rasa
  26. Tantum
  27. Two Birds
  28. Aurora Boreal
  29. Bentonita
  30. Continum
  31. Cyx
  32. Claws
  33. Areia Rasa
  34. Catedral
  35. Hunter
  36. Full of Stars
  37. Poeira Vermelha
  38. Redemptus Capricho 2
  39. Primitivo
  40. Pietà
  41. Ouro Branco
  42. Messias
  43. Immensitas
  44. Acima do Mundo
  45. Dry Sex
  46. Doce Mistério
  47. Brutus
  48. Folhas Secas
  49. Insetos
  50. Mundo Ancestral
  51. Nigricollis
  52. Pastoris
  53. Peidos
  54. Pica Azul
  55. Rursus Stella
  56. Paus nos Cus
  57. Sertão
  58. Strangers in Paradise
  59. Dust
  60. Echo
  61. Tragic Fool

Abridura[editar]

O sol, manhã de flor e sal
E areia no batom
Farol, saudades no varal
Vermelho, azul, marrom
Eu sou cordão umbilical
Pra mim nunca tá bom
E o sol queimando o meu jornal
Minha voz, minha luz, meu som

Todo homem precisa de uma mãe
Todo homem precisa de uma mãe

O céu, espuma de maçã
Barriga, dois irmãos
O meu cabelo negra lã
Nariz, e rosto, e mãos
O mel, a prata, o ouro e a
Cabeça e coração
E o céu se abre de manhã
Me abrigo em colo, em chão

Curiosidades[editar]

  • Foi muito criticada pela fotografia laranja demais, pela fotografia de cinema e por ser uma "supersérie", e não uma novela.
  • Mesmo assim, foi um sucesso no IBOPE, ou não.
  • Será sempre lembrada como "a novela da Shakira do Sertão".

Ver também:[editar]