O Mapa da Mina

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
O Mapa da Mina
Novela O Mapa da Mina 1993.JPG
Logotipo da Abertura
Origem Bandeira do Brasil Brasil
Emissora Rede Globo
Autor Cassiano Gabus Mendes e Maria Adelaide Amaral
Tema Mistério, aventura e putaria (é que um mapa na bunda de uma menina né...)
PROTAGONISTAS
Artistas
  • Carla Marins
  • Cássio Gabus Mendes
  • Malu Mader
  • Maurício Mattar
  • Carolina Ferraz
  • Fernanda Montenegro
  • Luis Gustavo
  • Eva Wilma
  • Especiais
  • Paulo José
  • Outros Ninguém
    PERSONAGENS
    Vilões
  • Mauro Mendonça
  • Nair Bello
  • Luis Gustavo
  • Pedro Paulo Rangel
  • Bonzinhos
  • Carla Marins
  • Cássio Gabus Mendes
  • Mais Idiota O autor da novela
    Mais Esperto Quem não assistiu
    NOVELA
    Maior Drama Sei lá
    Mistério(s) Quem diabos faz um mapa no cu de uma mina?
    Moral nenhuma mesmo
    Influência Filme tosco de caça ao tesouro
    Inspiração Maconha



    O Mapa da Mina foi uma novela das sete brazuca que quase ninguém nem lembra de que diabos se tratava, só se sabe que o Cassiano Gabus Mendes (também conhecido como "rei das novelas das seis e das sete") provavelmente tava ruim das mãos, porque essa atrocidade não conseguiu um puto de audiência sequer, nunca nem foi cogitada a rolar no Vale a Pena Dormir de Novo nem no canal Viva (que passa um monte de tranqueira do passado, mas isso aí...).

    Passou de 29 de março a 4 de setembro de 1993 em míseros 137 capítulos, o que era um ovinho pra época, mas a julgar pelo fracasso retumbante de audiência, o povo da Globo já estava era desesperado em acabar essa porra.

    Enredo absurdamente cretino[editar]

    No Uruguai dois meliantes, Rodolfo Deu e Ivo Dar roubam dez milhões de dólares em pedras de diamante que valem mais do que um milhão de reais em barras de ouro que valem mais do que dinheiro. Rodolfo foi pra Argentina, onde todo mundo se dá bem, já Ivo vai pra São Paulo, e aí começa a merda - e a mentira - da novela, pois onde já se viu alguém ser preso mais fácil em Sampa do que na Argentina? Bem, pouco depois ele sai da cana, mas não dura muito, esquecendo-se que o trânsito paulistano é um cu, acabou atropelado e morto. Só que antes de morrer, revela ao filho Rodrigo que... pasme... tinha mandado tatuar um mapa com a localização das pedras de diamante no rabo da filha dos vizinhos deles, Elisa, ainda quando ela era um bebê (CHAMA A PF AÍ!). A menina inclusive acabou por virar noviça e já tava para fazer os votos perpétuos, ou seja, no rabo dela ninguém mais poderia tocar a não ser o padreco que comanda o convento.

    Daí começa a caça à mina que tem o mapa da mina, com não só o Rodriguinho, como o Rodolfo, um monte de randômicos e mocreias e tudo mais atrás do mapa, inclusive uma gostosa chamada Wanda que acaba gerando um triângulo amoroso com o Rodrigo, já que a Elisa acaba também fugindo do convento só pra dar o mapa de sua mina para ele...

    Trilha sonora[editar]

    Nacional[editar]

    1. Linha do Equador - Djavan
    2. Memória da Pele - João Bosco
    3. Gentil Loucura - Skank
    4. É Demais Pra Mim - Emílio Santiago
    5. A Maçã - Deborah Blando
    6. Lição de Astronomia - Herbert Vianna
    7. O Rap da Máfia - A Caverna (abertura)
    8. To Rave - Franco Perini
    9. Tiro ao Álvaro - Raça Negra
    10. A Noite Mais Linda - José Augusto
    11. Em '92 - Kid Abelha e os Abóboras Selvagens
    12. Ah! Se eu Fosse Homem - Ultraje a Rigor
    13. Dom de Iludir - Maria Rita (não a filha da Elis)
    14. Sonhar (Pra Sempre) - Silent
    15. To Drive - Gold Mine Orchestra

    Internacional[editar]

    • Capa: Carla Marins
    1. Dark is the Night For All - a-ha
    2. Face in the Mirror - Glen Burtnik
    3. Mozart's Revenge (Eine Kleine Nachtmuzik) - Crazy Ivan
    4. For You - Gordon Grody
    5. Shining Moon - Eddy Benedict
    6. You Look Like an Angel - Red Sky
    7. Games - Terry Barrett
    8. Walking in my Shoes - Depèche Mode
    9. Someone Like You - James Ingram
    10. Come Back the Sun - Zucchero
    11. Goodbye - Air Supply
    12. People Say it's Love - Sour One
    13. All we Had - Fast Soryard
    14. Take me Now - Carol Gibson & Tony Williams

    Recepção e audiência[editar]

    A recepção foi bem fria, sendo considerado o primeiro grande fracasso de audiência de novelas das sete em anos, e a pior novela do Cassiano Gabus Mendes, conseguindo registrar por diversas vezes um Ibope de 2% ou menos. Não a toa não é muito difícil você perguntar às pessoas sobre a novela anterior e sua sucessora e todo mundo lembrar, mas nem sequer lembrar até que essa aqui existiu, achar que na verdade Olho no Olho veio logo depois de Deus nos Acuda e nem se lembrar que um dia existiu uma novela que uma mina tinha um mapa de uma mina tatuado no próprio cu.

    Dizem aliás as más línguas que foi justamente o resultado ridículo de audiência dessa novela que levou o autor a bater com as dez duas semanas antes dessa atrocidade acabar, o que levou a Maria Adelaide Amaral ter de segurar essa pica até o fim da novela, que para a sorte dela já tava mesmo indo pro beleléu a novela.