Novela das 7

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Novela das 7, Novela das sete ou ainda Novela das 19h é o horário de novelas dedicado às novelas engraçadas (ou não), exibidas sempre após o SPTV - 2ª edição e antes do Jornal Nacional. A primeira novela das sete foi Minha Doce Namorada, em 1971, e a mais recente é Totalmente Demais Salve-se Quem Puder, exibida desde janeiro de 2020. Os autores tradicionais do horário das 19h são Silvio de Abreu, Daniel Ortiz, Alcides Nogueira, entre outros.

Como é uma novela das 7?[editar]

Basicamente uma história de amor água com açúcar servindo apenas como pano de fundo, pois o que rege mesmo essas novelas é o humor. Cenas de gente levando torta na cara bem à la Passa ou Repassa, situações de saia justa, casal seminu trepando e pego na hora H pelo/a amante, amigo/a ou familiar e inventando as desculpas mais esfarrapadas, personagens gays estereotipados dando pinta (pleonasmo), entre outras situações que te fazem rolar de rir após voltar cansado do trabalho, enfim, novelas feitas para distrair o público após pegar no batente, embora nem todas as novelas sigam à risca essa regra (ver exemplos mais adiante).

Exemplos de novelas das 7[editar]

Verão 90[editar]

A novela das 7 mais novela das 7 de todos os tempos, feita para recuperar a audiência perdida com O Tempo Não Para, que decaiu depois do primeiro mês de exibição. Escrita a 4 mãos por Izabel de Oliveira e Paula Amaral em 2019, a novela sobre os anos 90 (ou não) foi toda feita exclusivamente para entretenimento do público, sem dramas nem suspense; um triângulo amoroso bem à la novela das seis mesmo, uma bailarina quarentona louca para transformar a filha numa estrela da TV e virar apresentadora de programa de aeróbica e muitas outras situações do balacobaco!

Bom Sucesso[editar]

Novela que sucedeu Verão 90, escrita pelos mesmos autores de Totalmente Sem Sal Demais, Rosane Svartman e Paulo Halm, bem mais comedida, uma novela das 6 exibida às 7. A história da mocinha pobre e batalhadora que descobre que seu exame foi trocado e só tem seis meses de vida. Ela descobre que não tem nada e quem está com o pé na cova é Dr. Alberto (Antônio Fagundes), dono da Editora Prado Monteiro. O único núcleo de humor foi com Ingrid Guimarães no papel de Silvana Só Me Lasco e seus amigays.

A Viagem[editar]

Uma novela das 8 exibida por engano nesse horário, de Ivani Ribeiro, a trama espírita era totalmente despida de humor e centrada no protagonista-vilão Alexandre (Guilherme Fontes) que, após morrer, vai parar no umbral (na verdade uma pedreira desativada utilizada para representar o plano inferior) e jura vingança contra quem o enganou, além da mocinha Diná (Christiane Toblerone), que encontra Fagundes no Nosso Lar.

Outras:[editar]

etc.

Porque algumas novelas fracassaram?[editar]

Algumas delas, como Da Cor do Pecado, Cheias de Charme e Bom Sucesso, foram enormes sucessos no IBOPE, já outras como Tempos Modernos e Geração Brasil afundaram bonito a audiência da faixa, além do fato de algumas delas perderem até mesmo para a Malhação em audiência. Às vezes, um humor forçado à la Zorra Total ou A Praça é Nossa, bem como a falta de humor ou os dois juntos, pode foder com qualquer produção. Salve-se Quem Puder está exatamente no caminho do sucesso, enquanto Além do Horizonte não tinha humor e drama demais.

Ver também:[editar]