Meu Pedacinho de Chão (2014)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Rede-GROBO.png PLIM! PLIM! Este artigo é uma coisa da Rede Globo de Manipulação! Esta página pode estar mencionando alguma novela clichê que sua mãe gosta, algum pseudo-ator rouaneteiro ou algum comunista de boteco que se diz jornalista. Para mais coisas relacionadas ao Projaquistão, clique aqui.

Cquote1.svg Não se trata de um remake, mas de uma nova adaptação Cquote2.svg
Benedito Ruy Barbosa sobre Meu Pedacinho de Chão
Cquote1.svg Você quis dizer: Meu Ibopezinho no Chão Cquote2.svg
Google sobre Meu Pedacinho de Chão (2014)
Cquote1.svg Você quis dizer: Meu Pedacinho de Teta Cquote2.svg
Google sobre Meu Pedacinho de Chão (2014)
Cquote1.svg Meu Pedacinho de Chão; vem aí, a sua nova fábula das 6! Cquote2.svg
Chamadas da novela na época

Meu Pedacinho de Chão foi uma novela exibida às 18 horas, susbtituindo Joia Rara e sendo substituída por Boogie Oogie, remake da trama homônima de 1971. Escrita por Benedito Ruy Barbosa juntamente com as filhas Edmara e Edilene e Lewis Carroll, se diferenciou na época por trazer um visual todo coloridão de conto de fadas na época, com cenários feitos de madeira e lata (pelo visto os caras tomaram muito LSD na época).

Enredo[editar]

Nessa novela temos um romance entre Penélope Charmosa e Toninho do Diabo.

Tudo se passa na Vila de Santa Fé, Meio do Nada. A professora de cabelos cor-de-rosa Juliana foi contratada pela prefeitura para lecionar para as crianças burras e analfabetas da região. Ela é agenciada por Pedro Falcão, mas o capataz Álvaro Miranda Zelão, cara que tem uma crina de cavalo de um dos lados do rosto, certamente para esconder alguma cicatriz se sente atraído pela professorinha e tenta cortejá-la a todo custo. Zelão trabalha para o grande vilão dessa bosta, o Coronel Epaminondas, que acha que tem o rei na barriga e manda e desmanda em Santa Fé.

Mas os verdadeiros protagonistas dessa novela são Pituquinha e Serelepe, duas crianças que vivem no Fantástico Mundo de Bobby, completamente alheias a tudo o que se passa; ainda outros personagens, como a machorra Gina, tão masculina que tenho lá minhas dúvidas se ela é mesmo mulher, Giácomo, um comerciante italiano, e Ferdinando, filho de Epaminondas.

Elenco[editar]

  • Serelepe - Tomás Sampaio
  • Pituquinha - Geytsa Garcia
  • Juliana - Bruna Linzmeyer
  • Zelão - Irandhir Santos
  • Epaminondas - Osmar Prado
  • Ferdinando - Johnny Massaro
  • Pedro Falcão - Rodrigo Lombardi
  • Giácomo - Fagundão
  • Gino - Paula Barbosa
  • Madame Catarina - Juliana Paes

Trilha sonora[editar]

Volume 1[editar]

Capa: Bruna Linzmeyer

Músicas de uma banda que ninguém conhece chamada DeVotchKa!.

  1. How it Ends
  2. You Love Me
  3. Dearly Departed
  4. I Cried Like a Silly Boy
  5. The Oblivion
  6. Twenty-Six Temptations
  7. Such a Lovely Thing
  8. The Enemy Guns
  9. Head Honcho
  10. DeVotchKa!
  11. Death by Blonde
  12. Charlotte Mittnacht
  13. La Llorona
  14. El Zopilote Mojado

Volume 2[editar]

Músicas da Orquestra de Heliópolis e Coral da Gente... mas foda-se, ninguém conhece mesmo.

  1. Tema de Abertura de Meu Pedacinho de Chão
  2. Amanhecer na Cidade
  3. Serelepe e Pituquinha
  4. Cidade Sitiada
  5. Epa, o Todo-Foderoso
  6. Pedro Falcão
  7. Zelão
  8. Crônica da Cidade
  9. A Chegada
  10. Juliana
  11. A Paixão de Zelão
  12. A Vertigem de Zelão
  13. Rosinha
  14. Brincando de Velho Oeste
  15. A Magia do Lugar
  16. A Solidão de Epaminondas
  17. Giácomo
  18. Infância de Pés no Chão
  19. Epa Troller
  20. Gina
  21. Suspense na Cidade
  22. Corrimento da Madame Epa
  23. Adágio Atemporal
  24. Serelepe, Sem Eira Nem Beira
  25. Perigo Sobre o Chão
  26. Trio em Conflito
  27. A Banda de Serelepe
  28. Felicidade na Cidade

Curiosidades[editar]

  • Tentativa de apresentar uma telenovela infantil no horário das 6, dedicado a produções de época ou remakes, prejudicada pela Copa de 2014;
  • Mesmo assim, Meu Pedacinho de Chão é considerada uma boa novela, tanto que ficou no ar por 4 meses e teve 96 capítulos exibidos.

Ver também:[editar]

Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Meu Pedacinho de Chão (2014) no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg