Meu Coração É Teu

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Meu Coração é Teu)
Ir para navegação Ir para pesquisar
SBTTV.JPG Este artigo é coisa da ex-vice maior audiência do mundo! Seu programa é chato e ruim, dá menos audiência que o Vídeo Show e usa os produtos Jequiti. Se vandalizar, você será forçado a ver briga de pobre no Teste de DNA e no Casos de Família. Conheça outros plágios mal-disfarçados clicando aqui.


Meu Coração É Teu
Meu coração é teu.jpg
Logotipo da Abertura
Origem Bandeira do México México
Emissora Canal de las Estrellas e como sempre, o SBT.
Autor Marcia del Río e Alejandro Pohlenz
Tema Influenciar na prostituição através do Pole dance
PROTAGONISTAS
Artistas Silvia Navarro, Paulina Goto, Jorge Salinas, Mayrín Villanueva e outros desconhecidos.
Especiais Ana Leal (Que de leal não tem nada) e Fernando Lascuráin.
Outros Estefanía Lascuráin, Isabela, Diego Lascuráin, Johnny, Jennifer Rodríguez e outros.
PERSONAGENS
Vilões Isabela e Henrique
Bonzinhos Ana Leal, Luz Lascuráin, Jennifer e Johnny
Mais Idiota Fernando Lascuráin
Mais Esperto Estefanía e os gêmeos parada dura
NOVELA
Maior Drama O dia em que Fernando descobriu que tinha chifres
Mistério(s) O que Ana usa por debaixo do sobretudo?
Moral Não tem
Influência SBT Novelas
Inspiração Todas as 1.000 outras novelas do México



Cquote1.svg Você quis dizer: Meu Cu é Teu Cquote2.svg
Google sobre Meu Coração É Teu
Cquote1.svg Você quis dizer: Mais um clichê mexicano Cquote2.svg
Google sobre Meu Coração É Teu
Cquote1.png Experimente também: O Que a Vida me Roubou Cquote2.png
Sugestão do Google para Meu Coração É Teu
Cquote1.png Experimente também: Coração Indomável Cquote2.png
Sugestão do Google para Meu Coração É Teu
Cquote1.svg Ana Leal, de leal não tem nada! Cquote2.svg
Qualquer um sobre Ana Leal
Cquote1.svg A próxima atração não é recomendável para menores de 100 anos, por conter mentiras e enganações Cquote2.svg
Narrador sobre Meu Coração é Teu

Mí Corazón es Tuyo (No Brasil: Meu Coração é Teu) é mais uma novela mexicana, produzida pela emissora Canal de las Estrellas e como sempre, o SBT pega para si a novela e coloca entre as novelas da tarde. A novela conta a história de uma mulher com mentalidade infantil chamada Ana Leal, que trabalha em uma boate para punheteiros e estava com uma dívida enorme, então ela resolve arrumar um emprego, mas um que fosse digno e não um de dançarina de pole dance para homens que carecem de sexo.

Enredo[editar]

Depois dizem que coelho tem um monte de filhote.

Ana Leal (Uma adulta com mentalidade de uma criança de 6 anos) estava com uma dívida enorme com seu patrão Dorival Martins, um velho vagabundo e manipulador, que era dono da boate Chicago, onde Ana dançava e era obrigada a trabalhar todas as noites, onde era paquerada por todos os idiotas que iam lá só para vê-la. Ana cansada de dever para Dorival, inventa que iria arrumar um outro emprego, só para pagar aquele velho logo e não ter que ver aquela cara de bunda mais. Então Ana vai procurar um emprego, mas como não sabia fazer nada, somente dançar no pole dance e dar para Johnny. Ana acaba mentindo sobre sua sabedoria que não é lá uma das melhores e ganha o emprego de babá em uma casa de um senhor que tinha mais de oito mil filhos, que no começo eram os inimigos de Ana, mas depois viraram amigos dela, chegaram a dar até um apelido carinhoso para ela, o de Ana Banana, mas mesmo assim eles não deixam de parecer capetinhas.

Depois de um tempo trabalhando com o Sr. Lascuráin, Ana começa a se apaixonar por ele, mas ele estava cagando e andando para ela. Para piorar a situação de Ana (Que não era uma das melhores), começa a trabalhar uma mulher gostosa e vilã, mal sabia Ana que seria como o diabo a rodiando, tão diabo, que Isabela Vázquez de Castro deu para o Henrique Basurto, engravidou dele e inventou uma "brincadeirinha" que era do Fernando, e Ana ficou puta da vida.

Isabela após comer o mesmo frango que Chaves comeu.

Fernando como foi criado em uma família de certinhos, não em uma de retardados, pensando que o filho que Isabela esperava era realmente dele, casa-se com Isabela para que "seu filho" recebesse seu sobrenome, mas quem não gostou nada disso foi Ana e os diabinhos Lascuráin, menos a Alícia Lascuráin que era a baba-ovo de Isabela, mas coitada, mal sabia que Isabela era uma cobra naja, mas no corpo de uma puta. Após um tempo que Fernando estava casado com Isabela e ela parecendo uma porca de tão gorda que estava, ele começou a se enjoar de Isabela, não só porque ele percebeu que ela é uma puta desprezível, mas sim porque ele começou a se apaixonar por Ana, que até se beijaram uma vez.

Depois de meses, Isabela tem seu filho de 7 meses de gestação e ainda parecia uma leitoa, mas a bichinha é ruim, ela quebrou o tocão da Ana só porque não é mais linda que ela. Depois que a criança nasceu, recebeu o nome de Diego Nicolas Lascuráin e Isabela (A cobra cascavel de 7 cabeças) foi morar na mansão de Fernando, que logo mais seria como um inferno para Ana. Ana vendo que não teria chances com Fernando, começa a namorar com Diego Lascuráin, mesmo não amando ele e por incrível que pareça, ela não deu o cu pra ele, mas acabou dando merda e o Diego viu Ana e Fernando se pegando.

Depois dessa ceninha típica de novela mexicana, Diego fica puto da vida, Fernando se separava de Isabela e Ana fica feliz, então Isabela volta para o apartamento onde morava com sua mãe Agripina Yolanda. Diego depois de ter esquecido do chifre que levou, descobriu que o filho de Isabela realmente não era de Fernando, então como é fofoqueiro contou tudo para a família Lascuráin e assim Isabela foi para o fundo do poço, então Fernando conseguiu a guarda de Diego Nicolas e Isabela de tanto comer, virou uma bola enorme. Assim, Fernando feliz que iria se casar com Ana, descobre que sua amada dançava em uma boate, mas Fernando achava que ela tirava a roupa e ele não se enganou, tem toda aquela ladainha de sempre, mas no final eles se casaram e tiveram mais duas filhas gêmeas, já basta que Fernando já tinha 7 filhos, e Isabela faliu.

Personagens[editar]

Principais[editar]

  • Ana Leal / Ana Fontes de Lascuráin: Uma mulher velha caindo aos pedaços, mas com a mentalidade de uma criança. Ana era dançarina de uma boate de quinta, administrada por Dorival Pinto Jr., um velho pinguço e tarado, que prendia Ana para dançar todas as noites nessa porra, pois ela tinha uma dívida enorme com ele, mas como Ana é muito burra, não pensou em dar para ele. Ana começa a trabalhar na mansão Lascuráin, mas levou um tempo para conseguir conquistar todos os pirralhos da casa. Ana se casa com Fernando e como sempre, "viveram felizes para sempre".
  • Fernando Lascuráin Borbolla: Um milionário viúvo, pai de 7 pirralhos insuportáveis, que perdeu sua mulher e agora cuida sozinho desses capetinhas, ou pelo menos finge que cuida. Fernando é dono de uma empresa de alimentos embalados que praticamente é uma bosta. Fernando quis se concentrar no trabalho, para não deixar seus filhos passarem fome e virarem Zé droguinhas, mas não percebia que eles eram seres humanos e necessitavam de atenção, nem que fosse um tapa na orelha. Fernando se apaixona por Ana tarde demais, quando Isabela já era uma Lascuráin e fazia da vida dos pirralhinhos e de Ana um inferno, mas no final eles se casam.
Fernando beijando mais um de seus trocentos filhos.
  • Estefânia "Fanny" Lascuráin Diez: Uma jovem de 19 anos, mas que agia como uma criança de 10 anos. Fanny é uma guria retardada, que por mais que ainda tenha essa idade, já deu o cu, mas para León, o cara com quem já brigou um trilhão de vezes, principalmente quando Fanny descobre que não foi a única a comer ele, mas teve outra que até deu um filho para ele. Fanny era toda cheia de mimadice, mas começa a estudar em uma escola pública, onde conhece Edith, futura atormentação de Nando.
  • Fernando "Nando" Lascuráin Diez: Um rapaz nerd pra caralho, que não para de estudar nem por um segundo. Nando tem 17 anos e é super amigo de Fanny, mas eu acho que até demais. Nando para piorar sua situação, se apaixona por Helena, uma amiga sem noção de Fanny, mas ela estava cagando e andando para Nando, o que se sabe é que no final vai estar sobrando mulher para Nando, mas ele não fica com nenhuma.
  • Alícia Lascuráin Diez: Uma idiota de 14 anos anos, que acha que é feia só porque realmente é. Alícia queria impressionar os garotos da escola (Que estavam nem aí pra ela), mas ela não sabia como, até que virou "amiguinha" de Isabela e as duas estouravam o cartão de Fernando juntas. Alícia conhece o seu novo amor, um rapaz feio de doer, mas que era igualzinho a ela, mentia para conseguir alguém, porque senão, realmente morreriam solteiros.
  • Sebastião Lascuráin Diez: Um moleque chechelento de 11 anos que mais parece ter 14 anos. Sebastião é o filho de Fernando que mais sonha, sonha em ser maconheiro, mas também em ser dançarino, porém seu pai não deixa pois diz que é coisa de bicha. Ao seu pai se casar com Isabela, a mesma transforma a vida de Sebastião um inferno, só porque ele não gosta dela, aliás, nenhum dos pirralhos gosta dela, a única tapada é a Alícia. Sebastião com a esperança que ainda iria ser um grande dançarino, pede para Ana para que ela o ensine a dançar, pois nessa época até o velho da esquina sabe que Ana dançava na Chicago, mas Sebastião só sabia isso por culpa da naja da Isabela.
  • Guilherme "Guille" e Alessandro "Alex" Lascuráin Diez: Dois pirralhos insuportáveis, que fazem da vida dos moradores da mansão em um inferno. Alex e Guille são gêmeos e têm somente 8 anos, mas a idade não impede deles aprontarem altas criancices. Os dois são muito apegados com Ana e os piores inimigos de Isabela, se bem que ela nem amigo tem.
Os gêmeos hoje em dia. Cada um com duas taturanas na testa.
  • Luz Lascuráin Diez: Uma doce menininha que engana com sua fofura, pois por debaixo da máscara ela é o Lúcifer. Luz é a pessoa que mais ama Ana nesse mundo, pois depois que sua mãe morreu ela perdeu a voz, por causa de Ana ela voltou a falar, mas foi porque Ana foi embora pois Fanny (A anjinha Nº 1) descobriu seu digno segredinho. Luz apronta altas criancices junto com seus irmãozinhos Alex e Guille, que também são uns anjinhos, além de que amaram quando Ana achou um vira-lata na rua e deram o nome de Sete para ele.
  • Isabela Vázquez de Castro Valverde: Uma mulher desprezível que só faz as pessoas se ferrarem, ainda mais Ana, que diz que é uma pedra em seu sapato. Isabela já fez tanta bosta que até sua mãe já disse que ela vai para o inferno, e realmente, ela vai. Isabela já quebrou o violão da Ana, que tinha há 100 anos, já deu para o Henrique um trilhão de vezes, do mesmo engravidou e mentiu que era do Fernando, além de que se encarregou de quebrar o pé de Sebastião, o filho de Fernando que mais ama.

Empregados[editar]

  • Manuela Limão (WTF?) / Manuela Limão de Romero: A CUzinheira da casa Lascuráin. Manoela por mais que seja adulta, nunca vai deixar de ser infantil, mesmo que um dia sofra com consequências, que serão provocadas pela sua bela burrice. Manoela é a paixãozinha de Bruno, os dois se casam, mas antes namoram e se separam, namoram e se separam, e assim por diante, como toda boa novela mexicana.
  • Bruno Romero: O mordomo gago (Si-si-sim é-é-é ga-gago) da casa Lascuráin. Bruno é um velhaco caindo aos pedaços, que por mais que mostre ser macho e forte (Coisa que ele não é), ele tem um coração bom, diferente de outras pessoas dessa budega. Bruno tem uma quedinha por Manoela, sua futura mulher, que provavelmente não durou nem um segundo o casamento.

Amigos da Ana[editar]

  • Jennifer Lopez "Jenny" Rodrigues: Uma gostosa mulher que trabalha na mesma budega que Ana, mas essa é garçonete, não dançarina de Striptease, apesar de que Lap dance (Dança no colo, para os inteligentes) também conta. Jenny é uma mulher alegre, que não deixa a vida afetar sua autoestima, apesar de que qualquer merda que dê errado, seu dia vira uma porcaria. Jenny se casou duas vezes, uma com o velhaco pai do Fernando, ricásso para variar, só que vê que ele só estragava sua vida e se casa com Johnny, o qual a ajuda a ter uma filha, adotada claro, pois só beleza mesmo, espermatozoide nem um pingo.
  • Juan "Johnny" Gutiérrez Peres: Um galãzinho de quinta que trabalhava em um puteiro, o tal de Chicago, onde Ana vendia e dava seu cu. Juan, ou melhor, Johnny, no começo era namorado de Ana, mas por não querer dar um filho para Ana, ela ficou brava e deu um chute na bunda dele, deixando-o solteiro para outras periguetes darem em cima dele. Depois, Johnny se casa com Jenny e eles adotam uma menininha, que depois seria largada em um orfanato pela infidelidade dos pais.

Os Lascuráins[editar]

  • Diego Lascuráin Borbolla: Como toda a tradicional novela mexicana, sempre tem que ter o galã, que deixa suspiros por onde passa e talvez raiva em alguns garanhões de plantão. Diego é o irmão mais novo de Fernando, outro que por onde passa deixa um filho. Diego ao descobrir que tinha chifres, simplesmente saiu desnorteado da casa de Fernando e em alta velocidade com sua motinho super barata, claro que iria dar merda. Diego sofre um acidente e cai direto com as mãos no chão, deixando elas bem fudidas e agora não poderia mais fazer suas malandragens que sempre fazia.
  • Nicolas "Nico" Lascuráin': Um velhaco, que mesmo assim ainda arranja mulher, nem respeitando se sua finada (Também velha) já tinha morrido. Nico conhece Jenny no emprego digno que ela e Ana trabalhavam, sendo o primeiro a descobrir o segredinho de Ana, claro, pois a Fanny foi a primeira criança a descobrir, Nico foi o primero adulto. Nico ao ver que era um problema na vida de Jenny, deixa o caminho livre para o Johnny, que bem antes, quando Jenny e Nico eram casados, já era tapado e dava em cima de Jenny.

Outros[editar]

  • Yolanda Valverde de Vázquez de Castro: Uma senhora, que no começo era uma cobra igual sua filha Isabela, mas depois muda seu jeito de ser, pois sabia que iria para o inferno. Yolanda ao ver Nico, ficava só dando em cima dele, mas depois começa a dar em cima de Bruno, e assim por diante. Em um episódio dessa bagaça, Yolanda finge que era mãe de Ana e a burra caiu nisso.
  • Henrique Basurto: O inimigo número um de Fernando, que no começo fingia ser melhor amigo dele. A guerra entre Henrique e Fernando começa após a morte do pai de Henrique, que de acordo com o próprio Henrique, Fernando era obrigado a ter salvado o pai dele, mas enfim, Fernando não é Deus, além de que Henrique achava que Fernando era o Mestre Bunda.

Recorrentes[editar]

Vê se Edith (Na esquerda) não tem cara de endemoniada?
  • Dorival Martins: Um vagabundo nojento que tem um dente de ouro ou talvez finge que é, além de ser dono de um dos maiores puteiros de prostituição do México, mesmo sendo falso e realmente não ser em Chicago, apesar do nome dessa budega ser Chicago. Dorival é um velho manipulador, que por mais que queira fazer Ana de marionete, sei que ele sente vontade de comer ela.
  • Edith Blanco: Uma jovem com cara de drogada, que só é o que é hoje, por causa do passado, onde foi estuprada por seu meio-irmão que era um pedófilo que estava nem aí para a sua vida. Edith parece a noiva do Frankenstein, bonita de morrer. Não se contentando de que iria perder Nando para Helena, simplesmente dá o cu para ele, além de que Nando virou sem-vergonha.
  • Helena Olavarreta: Uma psicopata doentinha que acha que tudo é dinheiro, além de que Fanny era nojentinha por causa de Helena. Helena desprezou Nando por um trilhão de vezes, mas no final se apaixonou por ele. Ela tentou se matar muitas vezes, pois dizia que tinha depressão, mas acho que era carência de rola.
  • León González Contreras: Um playboyzinho que encantou o coração de Fanny por salvá-la de seu ex-namorado interesseiro. León por ser tão galãzinho, teve um filho com Tamara e escondeu isso de Fanny, levando um chute na bunda.
  • Pablo "Carneirinho": O carneirinho da Alícia. Pablo tem um irmão cantor que mora na Argentina, aliás, o irmão de Pablo foi um dos cantores da abertura dessa loucura que chamam de novela. Pablo conheceu Alícia através de mentiras, que os dois contaram e no final deu namoro, um namoro bem conservado, pois o seu corujinha ficava de olho.

Galeria[editar]

Ver também[editar]