Matheus Canella

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Images2332.jpg

Este artigo é sobre mais um daqueles trecos que viraram modinhas na internet.
E as pessoas nem sabem porque usam isso.


Nuvola apps core.svg Matheus Canella
Canella.jpg
Canella e sua manopla da ironia
Origem Paraibuna, São Paulo
Sexo Masculino
Ocupação Youtuber e vagabundo
Profissional
Profissão anterior
Maior aparição
Conchavo Alguma dona de quitanda com um cachaceiro do interior paulista
Maior escândalo
Perfil
Nível de inteligência
Plásticas
Vícios
Emissora atual
Preferências
Livro Nuvola apps bookcase.svg
Música Emblem-sound.svg
Prato
Filme
Canella após usar rebite.

Cquote1.svg Você quis dizer: Robin do Lucas Inutilismo? Cquote2.svg
Google sobre Matheus Canella
Cquote1.svg Você quis dizer: Primo rico pau no cu Cquote2.svg
Google sobre Matheus Canella
Cquote1.svg Você quis dizer: Visionário Cquote2.svg
Google sobre Matheus Canella
Cquote1.svg Ele fala muito palavrão Cquote2.svg
Sua mãe sobre Matheus Canella
Cquote1.svg Ele fala pouco palavrão Cquote2.svg
Rogério Skylab sobre Matheus Canella
Cquote1.svg Canela? É de comer? Cquote2.svg
Burro sobre Matheus Canella

Matheus Canella é um "conhecido" youtuber não-teen do Brasil, que, frequentemente, grava mais conteúdo pro canal dos outros do que pro seu próprio canal. Comprou o canal da Guaraná Antarctica (Coisa Nossa) no YouTube, é um infiltrado frequente no podcast do Cid no Spotify (Não Ouvo), e, infelizmente, não é mais encontrado fumando capim-gordura em sua cidadezinha pacata, pois, agora, mora em "Ésse Pê" e caiu na graça dos paulistas; sendo, inclusive, amigo pessoal, e confidente, de Dudu Camargo, sempre depois de uma refrescante mijada, vai comer o cu do Lucas Inutilismo e possui credencial VIP para a mais badalada casa noturna destinada ao público jovem da capital paulista, a The Week.

Sobre[editar]

Canella em sua pré-candidatura para 2022 quando Jair Bolsonaro morrer de câncer.

Nascido no ano de 1996 em alguma cidade do interior; mais precisamente na fodida pequena cidade de Paraibuna, o que, certamente, acabou deixando o seu psicológico fodido e cheio de traumas (que devem ser a fonte de inspiração para, ao menos, 87% de suas piadas sobre aborto e caipiras); Matheus é dono de um canal de razoável sucesso no YouTube (considerando que levou só 7 anos pra... nem chegar a 1 milhão de inscritos? Esquece...), além de ter feito mais de oito mil participações em outros canais ultimamente. Muitos o conhecem apenas pelos vídeos soltos que jovens e velhos que se acham jovens compartilham no Facebook e no Twitter, sem nem sequer saber que o mesmo tem um canal.

Matheus atualmente é um jovem (que ironia!) da alta classe da região do Vale do Paraíba, sendo muito encontrado em clubes e boates da região, inclusive é amigo do cantor e empresário Júnior Lima e do trio sertanejo KLB. Filho de pais proprietários da importante rede importante de pousadas Golden Tulip na região, Canella também é frequentador da praia deUbatuba, onde pratica kitesurf e standup (enquanto o Comedians não abre pra ele), e é proprietário de uma filial de pet-shop da Cobasi.

No canal Cartuchito, após a saída do traidor criador de conteúdo Gato Galáctico; que foi embora pra Portugal e resolveu sair de lá para fazer sucesso com coisas que os jovens realmente querem ver; o pequeno Canellinha foi convidado a participar para o canal não falir de vez e ganhar uma rendinha extra, já que a frequência de vídeos no canal principal do caipira eram de 2 em 2 meses.

No canal ele grava com Sr. Wilson, do canal Colônia Contra-Ataca, onde Matheus, no quesito gameplay, não faz absolutamente nada (a não ser nas grandiosas gameplays de culinária - ensinando até mesmo a como fazer um franguinho na panela), então cabe ao seu parceiro fazer todo o resto. Sem saber jogar porra nenhuma, Matheus está lá apenas como um rostinho bonito (já que com o irmão de Sr. Wilson não deu muito certo) e para lançar atrocidades ao público do canal - antigamente eram contadas histórias de infância, hoje assunto atrociosos, como aborto, prostituição e sua mãe, são comuns. Depois de anos, Canellinha se mudou para São Paulo e, até agora, não retornou ao Cartuchito. Enquanto Canella está morando na capital e Sr. Wilson no interior, o mito Rik Editor segue gravando em seu lugar. Embora algumas pessoas tem esperança de Matheus retornar ao canal, é quase improvável, já que ele está cheio de trabalhos, carregando o canal do Guaraná Antártica nas costas é um deles.

Projetos e perspectivas de futuro[editar]

É público e notória a admiração que Matheus Canella tem por Silvio Santos e pela emissora do Homem do Baú, sendo o grande sonho de Matheus integrar os quadros dos funcionários do SBT, como humorista.

Matheus Canella já atingiu o estrelato nacional ao se tornar o principal garoto propaganda de uma prestigiosa empresa de refrigerante, por ter participado do programa do Ronnie Von falando atrocidade para senhorinhas, participado do programa The Noite com Danilo Gentili e por já ter estrelado um episódio do humorístico Porta dos Fundos; logo seria uma questão de tempo até ser descoberto pelo diretor do núcleo humorístico do SBT, Carlos Alberto de Nóbrega.

Método utilizado para conseguir a entrevista.

Todavia com os primeiros testes realizados na prestigiosa emissora, o episódio piloto da Praça é Nossa com a participação de Canella não foi aprovado pelos executivos da emissora que o submeteram a avaliações da comissão de especialistas em humor para idosos: o próprio Cazalbé, Moacyr Franco e Paulinho Gogó. Em pronunciamento da emissora, aparentemente o humor do menino Canella é excessivamente conceitual e portanto incompreensível para a faixa de idade que acompanha o programa a Praça é Nossa, pois os personagens de Canella não falam bordões. Nem mesmo o carismático personagem Tio Sérgio interpretado por Canella caiu nas graças da comissão, com a alegação de que "ficar acariciando o próprio pênis após ver a garota propaganda da Ultrafarma podia ser pesado demais para nossa emissora", disse Cazalbé em nota oficial.

Há boatos, porém que Canella está realizando testes para a próxima novela biblica da Record, que será baseada no livro do Gênesis onde poderá interpretar três personagens: 1) a serpente que fez a Eva comer a fruta proibida e desgraçou a humanidade, 2) o que era um cara que sobreviveu a um Armageddon com duas filhas, e pensou que era o último homem da terra e engravidou as filhas, e 3) o Onã que era um cara que fazia coito interrompido com a esposa e foi morto por Deus por causa disso. Porem devido ao alto teor de comportamento anti-Record presente em certas decorações do Canella em seus vídeos para a internet, as negociações estão paralisadas.

Conteúdo[editar]

Momento da participação de seu amigo Bruno Miranda.

O conteúdo do seu canal principal é bastante variado (ou não), com inúmeras esquetes no estilo Porta dos Fundos (da Deep Web), paródias, documentários... Além, é claro, dos famosos quadros "Show da Madrugada" e "Crube da Bolacha". O primeiro deles (que é, aliás, o quadro de maior sucesso do canal; embora tenha sido cancelado, provando que Matheus não gosta de sucesso), é onde ele reunia todas as esquetes que ficaram pequenas demais para serem postadas em um vídeo inteiro e mais outras coisas aleatórias que surgiram em sua mente doentia. O segundo tem cara daqueles programas da falecida MTV Brasil onde, por falta de verba para um cenário, o apresentador fica sentado na frente de um Google Chrome chroma key falando merdas e ligando pra gente inútil. Por essas e outras que muitos jovens (Maiores inimigos de Matthew Cinnamon) dizem que seu programa é só uma mistura de Bom Dia e Companhia, Porta dos Fundos, e Drogas Pesadas.

E não podemos esquecer de seus grandiosos personagens, como o Tulinho; um pedaço de aborto (nesse caso, literalmente) feito de papel machê e uma intensa vontade de morrer, o Tio Sérgio; aquele tio engraçadão velho que quer ao mesmo tempo odiar jovem e se sentir jovem, e Chester, o Dinossauro Maneiro; um dinossaurinho verde punheteiro que adora raves eletrônicas e bailinhos regados ao uso de rebite e vodka Balalaika, assim como diversos outros personagens.

Ódio aos Jovens[editar]

Apesar de parecer um amor de pessoa, Matheus Canecca possui um ódio mortal aos jovens (principalmente de classe alta), e tem o apoio de seus inscritos jovens que também odeiam jovens. Alguns de seus personagens retratam bem isso, como, o jovem baladeiro "Pietro Bittencourt", o merda youtuber fictício "Jeffy", e "Beto", um jovem punheteiro que adora cagar regra e reclamar na interweb.

O triste acontecimento é que, apesar do intenso ódio de Matheus Janella pelos jovens, cada vez mais crescem o número de jovens que se interessam pelo seu canal. Pelo humor alternativo e baixo, o jovem que acha que nasceu na geração errada e queria muito ver um show da banda Legião Urbana, fumar um cigarro do lado de Freddie Mercury e chegar perto do Michael Jackson só pra ser estuprado fazer um moonwalk com ele; gosta do canal do Martella por ser contra as coisas novas e não entende a verdadeira raiz do ódio de Matheus Flanella - esse jovem nunca riu de uma vídeocassetada.

Apesar disso, Matheus Portella não se deixa cair na lábia dos jovens que o assistem e continua a odiá-los como nunca; não podemos esquecer de seu vídeo onde ele exemplifica os motivos óbvios do porquê até mesmo pombos são melhores que jovens:

Show da Madrugada[editar]

Matheus no Crube da Bolacha, pronto para chamar o Figueirinha.

Dizem as lendas que, antes de virar um Youtuber Pseudo-pop e fazer vídeo-propaganda pra marca grande, suehtaM allenaC possuía um programa em seu canal digno de passar durante as propagandas da MTV e muito provavelmente ter um espacinho no Gordo a Go-Go.

O Show da Madrugada se tratava de um conjunto de esquetes que continham nada com porra nenhuma, um toque especial de delírio vindo de alucinógeno da fértil imaginação de Matheus e piadas de cunho duvidoso e provavelmente crimonoso; sendo que o quadro dava até mesmo o nome original do canal antes de bater uma onda de egocentrismo e ele mudar o canal pra ter seu próprio nome. Porém, como às vezes Jesus Negão sabe onde se deve abençoar, hoje existe o sucessor espiritual do quadro, o Crube da Bolacha, com o diferencial de que as esquetes agem como cortes pra um show principal de entrevistas, sempre tendo algum convidado desgraçado da cabeça.