Manchester Black

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
ShadowTheHedgehog.jpg Este artigo é sobre um anti-herói!

Manchester Black é obscuro, muda de lado a toda hora e só faz o que bem entender.

Também é mais fodão e adorado que o protagonista.

Kenny3.jpg Manchester Black morreu...
E VOLTOU!!!

Agora sim, ele(a) vai puxar teu pé!

Clique aqui pra ver quem mais foi despejado do cemitério.


O maluco é tão foda que até o filho do Super ele consegue hipnotizar contra o papai.

Manchester Pretão é um cuzão do caralho que paga de Justiceiro, só que com uns superpoderes bem fodas, o suficiente para conseguir rachar sistemas solares ao meio. Pouquinha coisa de poder nas mãos de um filho da puta hein? Pois ele chegou a ser o chefinho da equipe Elite pagando de anti-herói e posteriormente indo pro pau contra o Superman. Enfim, é um cara bem cuzão que no fim virou só um vilão metido a besta como tantos outros do Superman.

Como surgiu e a historinha que o deixou famoso[editar]

Manchester e sua irmãzinha Vera Black nasceram em Manchester (sério?) e amava jogar Manchester Beat (dizem que foi por isso que ficou doidão, não se pode jogar Action 52 sob nenhuma circunstância). Nunca ficou muito claro o que aconteceu de certo com eles, mas ao que tudo indica eles serviam de objeto sexual pros próprios pais deles, e essa quantidade de abusos ironicamente despertou os poderes mutantes latentes deles, que os fizeram matar os papitos deles.

Vera acabou indo para um convento, já Manchester tentou a carreira de jogador no Manchester City e no Manchester United, mas nenhum dos times o quis, mesmo com sua habilidade secreta de fazer a bola ir pro fundo do gol só com o pensamento. Puto com isso, começou a usar seus poderes para combater crimes, só que, provavelmente devido os traumas de infância, ele passou a fazer isso de um jeito não muito ortodoxo, explodindo os cérebros dos inimigos só num olhar.

Nesse tempo ele se encontrou com Chapéu (um japa bêbado e pobretão que conseguia fazer tudo o que pensava através do poder místico de sua cartola), Fusão a Frio (um ex-escravo negro provavelmente do Saara Ocidental e com capacidade de causar explosões sísmicas fodidas) e Zoológica (uma mina que, junto com sua irmãzinha, foram submetidas a um experimento governamental secreto de unir elas a formas alienígenas coloniais bizarras que são capazes de mastigar até diamante, e fugiram no processo). Vendo que todos tavam putos com o mundo como ele, os uniu num grupinho chamado Elite e começaram a pagar de Authority de feira do troca explodindo grandes ameaças internacionais (e metade das tropas e cidades no processo).

No fim, o Superman não curtiu nadica de nada as ideias deles e foi pro pau contra eles. Depois de aparentemente ter perdido pra turminha, o Super pega todos desprevenidos e dá um sopapo em todos eles, inclusive no baitola do Manchester, que sofre uma concussão fodida e fica sem superpoderes por muito tempo, já que acaba sendo enfiado em abafadores psíquicos nível hardcore.

Tretas posteriores contra o Azulão[editar]

Como o presidente dos EUA era o pau no cu do Lex Luthor, não demorou para, quando a desgraça ficou pesada, como na saga Mundos em Guerra, dar um jeitinho de soltar o Manchester e usar para seus fins, junto com uma encarnação do Esquadrão Suicida para detonar um clone do Apocalypse dominado pelo Imperiex. No fim todo mundo morreu, menos o Manchester, que acaba controlando a mente do gigantão e se prepara para uma vingança nível Nina/Rita de Avenida Brasil.

Daí para frente começa a putaria completa, com ele revelando a identidade secreta do Azulão para uma caralhada de vilões, entre eles o Lex Luthor, Mongul 2.0, Banshee Prateada, Armadilha e Bizarro #1, e rola uma treta maligna que quase leva o Super à morte. Ele também enfrenta os membros da Elite de novo, todos controlados pelo Manchester.

Por fim, Manchester trolla o Super, fazendo ele crer que tinha matado a Lois Lane. Daí o roterista cuzão Joe Kelly decide zoar com os leitores fazendo crer que o Super zerou a vida do Manchester, mas na real ele nada faz e só chama a Liga da Justiça para prender o Manchester. Assim, o Manchester desliga todas as ilusões, apaga a mente do Lex Luthor e explode o próprio cérebro.

Entretanto ele não morreu por completo. Por um tempo a consciência dele fica na Fortaleza da Solidão, posteriormente domina sua maninha, que estava liderando a Liga da Justiça Elite, mas termina renascendo um tempo mais tarde, chegando até a dominar o filho do Superman Jon Lane Kent, mas depois meio que vira "do bem" de novo, como líder da "Super Elite", e vamos ver até quando essa pocilga vai continuar e quando ele vai ficar malvadinho de novo.