Magic Johnson

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Magic Johnson é o único aidético do mundo que não tem fama de viado. Ele tem sorte de ser jogador de basquete e não praticar um esporte mais afeminado, tipo patinação ou ginástica artística.

Carreira[editar]

Magic ficou conhecido pelos seus dentes brilhantes bem escovados e limpos. Pena que ele não usava proteção em outros lugares

Magic é um cara bem dotado fisicamente (não sei se em todo o corpo). Apesar de ter mais de 2,20m de altura, ele tinha ótima mobilidade e era capaz de passar a bola igual a um cara 20 cm menor (em cima e embaixo), por isso se tornou um dos maiores armadores da história da NBA. Jogou a vida toda pelo Los Angeles Lakers, tornando-se talvez o maior ídolo da história do clube, responsável pela era do "Showtime" quando a franquia californiana ganhou mais de oito mil títulos e finalmente pode se comparar com seu maior rival, o Boston Celtics, que na época de Magic era curiosamente liderado por seu maior rival, Larry "Garibaldo" Bird. Os dois protagonizaram grandes batalhas nas quais Magic saiu vitorioso na maioria, mas ele teria a maior derrota de sua vida quando resolveu fazer um teste de HIV pela primeira vez na vida. Apesar de ser cancelado por toda a NBA, ele seguiu em frente e hoje é o ídolo de todos os vitaminados não-afeminados do mundo. Sim, pois a lista de celebridades soropositivas não cabe no gibi.

Estilo de jogo[editar]

Magic era alto, rápido e muito habilidoso. Ficou conhecido pelos seus passes impossíveis que só ele conseguia fazer graças a um pacto com o Diabo e por isso lhe renderam o apelido de "Mágico". Ele ficou puto da vida quando surgiu um time da NBA com o seu nome, e entrou logo na justiça pedindo indenização por violação de direitos autorais.

Desde que descobriu que era aidético, Magic tentou utilizar o truque sujo de se cortar pra fazer os outros ficarem com medo de tocar na bola, mas Isiah Thomas foi mais esperto e avisou a todos da más intenções de Johnson.

Pós-aposentadoria[editar]

Graças ao seu legado como jogador, Magic permaneceu no Lakers como gerente e membro da comissão interna, posição que ocupou durante longos anos, apesar de ter feito zilhões de escolhas erradas. Curiosamente, apesar de se declarar hétero, seu filho é um boiolão de marca maior, o que levanta suspeita sobre uma possível herança do genética do pai.

v d e h
Fakers2.png Los Angeles Fakers Fakers2.png

Fakers2.png 8/24 Kobe Bryant13 Wilt Chamberlain22 Elgin Baylor23 LeBron James25 Gail Goodrich32 Magic Johnson33 Kareem Abdul-Jabbar34 Shaquille O'Neal42 James Worthy44 Jerry West52 Jamaal Wilkes99 George Mikan