O Álbum que o James Hetfield fala "The Teibou" 120 vezes

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Lulu
Capa Lulu.jpg
Capa usada para atrair fãs de gore e splatter
Lançado em O ano antes do fim dos tempos
Gênero Prosa Poética PESAAAAAAAADA
Gravadora Warner Bros


Cquote1.svg Pop e Comercial Cquote2.svg
Slayer (com toda razão) sobre Lulu
Cquote1.svg Vai começar tudo de novo... Cquote2.svg
Fã tr00 sobre Lulu
Cquote1.svg Acho que comprei o Load sem querer... peraí, quem é esse cara recitando uma poesia? Cquote2.svg
Outro fã sobre Lulu
Cquote1.svg I AM THE VIEW! I AM THE TABLE! I AM THE TABLE (x50) Cquote2.svg
Um dos versos mais bem trabalhados desse álbum
Cquote1.svg ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz Cquote2.svg
Reação de qualquer um ao ouvir Lulu

Lulu é, acima de tudo, um álbum conceitual do Lou Reed com a participação nada especial da banda de Forró Metálico Metallica, que definitivamente tocou os instrumentos e cantaram algumas letras, mas só Deus sabe o quanto de controle criativo tiveram sobre essa bagunça. Lou Reed, um dos maiores nomes dos Halls do Rock 'n Roll, é conhecido por ser um auteur destacado, mas não exatamente por ter sido uma pessoa estável em sua juventude e também não exatamente por ser a melhor pessoa com quem trabalhar.

Sempre que estiver deprimido, pensando na boa e velha corda, lembre que em algum momento da história, um produtor musical chegou para Lou Reed pedindo para ele montar uma trilha para um par de peças escritas no Século 19 por um alemão expressionista chamado Frank Wedekind, que Lou Reed chegou pro Metallica perguntando se os caras tavam a fim de dar vida pra cacofonia de berros que ele havia composto e que os caras toparam.

Como surgiu a ideia de fazer essa “obra prima”[editar]

Reed e Metallica divulgando seu álbum grunge, sujeira, sexo e sangue usando roupas de grife num cenário completamente limpo de algum jornal multi milionário.

Depois que foi demitido do Velvet Underground, Lou Reed perdeu tudo: dinheiro, groupies, dinheiro, fama, dinheiro, fãs e dinheiro, então foi na Rua Augusta gastar o que sobrou da sua conta bancária. Lá ele conheceu uma profissional do séquiço chamada Maria Luciana Oliveira Silveira Carvalho Mendes Gomes de Freitas Souza, que carinhosamente chamava de Lulu. Com o tempo ele desenvolveu algo maior que apenas o profissionalismo, ele estava gostando dela! Mas as coisas estariam para mudar. Lulu estava cansada de aquele velho broxa ficar na sua cola todo dia, e arranjou alguém que a pagasse mais e que não broxasse. Um belo dia Lou Reed viu Lulu “trabalhando” no 3º andar de um prédio com ninguém mais, ninguém menos que James Hetfield, como um bom velhinho resmungão, ele partiu pra cima de James brigando para ter sua prostituta amada de volta. No meio dessa briga, os dois empurraram Lulu do prédio sem querer querendo, que acabou caindo justo num triturador de toras. Realmente foi trágico, com isso Lou Reed convidou James Hetfield e Cia. para gravar um álbum,porque precisava de grana em memória de Lulu. Depois da gravação, eles ainda precisavam de uma capa, assim pegaram o que sobrou da Lulu e usaram como capa, originando a romântica capa que você pode ver no álbum.

Sobre o álbum[editar]

O álbum tem músicas que retrata a história que você leu e possivelmente dormiu na metade acima, mas Lou Reed usou metáforas que mentes primitivas (como a sua) não puderam captar, como uma metáfora canina e, na falta de algo a mais pra falar, pôs coisas completamente non-sense, como aquela que James fala que é uma mesa.

Setlist[editar]

Responsáveis por essa joça[editar]

Curiosidades[editar]

  • Dave Mustaine aproveitou esse vacilo do Metallica e lançou o Th1rt3en.
  • Todos os fãs recuperados no álbum Morte da Magnésia voltaram correndo para o Megadeth
  • Lars Ulrich se arrependeu de ter feito a parceria, pois o álbum não vendeu.
  • Nem mesmo os fãs mais puxa-saco gostaram do Lulu
    • David Bowie chamou de obra-prima, entenda isso como quiser.
  • James Hetfield definitivamente é uma mesa.

Não Ver Também[editar]