Luigi Fagioli

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
O tio dos encanadores da Nintendo.

Luigi Fagioli (Osimo, 9 de julho de 1898Monte Carlo, 20 de junho de 1952) foi um piloto italiano de Fórmula 1, que fazia parte da tétrade original da categoria, junto com o superman das pistas Juan Manuel Fangio, Reg Parnell e Giuseppe Farina. Apesar disso, ele é lembrado mesmo como o primeiro azarado da história da competição, pois foi o primeiro a bater as botas após bater seu carro num grand prix, neste caso o de Mônaco, que assim entrou pra história como o primeiro a matar um piloto de Fórmula um.

História[editar]

Fagioli começou sua carreira como encanador (o que inspirou muito seus sobrinhos Mario e Luigi, que anos depois seriam encanadores também e mais que isso, criariam sua própria categoria de kart em homenagem ao tio), mas logo virou piloto, ainda nos anos 20. Alguns afirmam que há suspeitas de parentesco dele com Juan Pablo Montoya, haja vista que este último, tal como fora Luigi, é um cara extremamente irritadinho e mimimi.

Provas disso foram vistas em 1934, quando ele deu uma banana pra equipe dele da época, a Mercedes em Nurburgring, que disse pra ele ceder a vitória. Ele pegou seu carrinho, jogou contra o pit stop da equipe e voltou pra casa. Em 1936 ele tanto fez pra irritar os mecânicos de outra equipe dele que quase tomou uma marretada de Shao Kahn, que na época trabalhava com o automobilismo (daí o motivo de tantos fatalities na época).

Em 1950 ele entrou na primeiríssima geração da Fórmula Um, com 51 anos de idade (já um vovô). Correu pela Alfa Romeo durante esse ano e o ano de 1951. Neste último ano, ele teve diferenças com a equipe, pois foi obrigado a dar seu carro pro Juan Manuel Fangio terminar a prova, já que o carro do argentino traidor tinha dado problemas e só assim ele pode impedir o bicampeonato de Nino Farina e ganhar o primeiro dos seus cinco campeonatos. Nessa época podia fazer isso, e aí o carinha azarado que cedeu o carro não ficava sobrando: a vitória era dividida entre os dois, fazendo o vovô bater 3 recordes ainda insuperáveis: o mais velho a ganhar um grande prêmio (53 anos e 22 dias), o mais velho a subir no pódio e o mais velho a pontuar. Mesmo assim, ele caiu fora da equipe dando muito piti.

Morte[editar]

Já como piloto só de exibições da F1, ele se exibiu demais durante uma dessas provas em Mônaco, quando seu Lancia se jogou contra um tunel da pista, meio piradão que tava após tomar um conhaque antes da corrida. Ele aparentemente não sofreu ferimentos graves, tendo apenas quebrado um braço e uma perna, mas nada demais, só que os burros dos médicos não souberam tratar ele direito e três semanas depois do acidente o Fagioli foi pra outra dimensão, apenas cinco dias antes do próximo defunto, Cameron Earl.


v d e h
Pilotos da Fórmula 1