Louco do Lixo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Cquote1.svg Você quis dizer: Homem com parafuso a menos? Cquote2.svg
Google sobre Louco do Lixo
Cquote1.png Experimente também: Senhor das Terras do Rio de Janeiro Cquote2.png
Sugestão do Google para Louco do Lixo
Cquote1.svg Você quis dizer: Lana Loud versão brasileira Cquote2.svg
Google sobre Louco do Lixo

Louco do Lixo emprestando sua imagem ao tarot

Cquote1.svg Eu pego!! Cquote2.svg
Cristian Pior sobre Louco do Lixo
Cquote1.svg Para com esses atos gays, rapaz! Cquote2.svg
Louco do Lixo sobre Cristian Pior
Cquote1.svg Se eu for eleita esse rapaz vai ser ministro do meio ambiente! Cquote2.svg
Marina Silva sobre Louco do Lixo
Cquote1.svg Se eu for imperador ele vai ser meu primeiro ministro! Cquote2.svg
Napoleão sobre Louco do Lixo
Cquote1.svg Eu que vou ser o imperador! Cquote2.svg
Outro louco achando que é Napoleão sobre comentário acima
Cquote1.svg Eu sou o verdadeiro imperador! Cquote2.svg
King Size sobre comentários acima
Cquote1.svg Esse seria meu amigo perfeito Cquote2.svg
Lana Loud sobre Louco do Lixo
Cquote1.svg Louco é quem me diz, que não é feliz...! Cquote2.svg
Ney Matogrosso sobre Louco do Lixo
Cquote1.svg Mais um com atos gays! Cquote2.svg
Louco do Lixo sobre Ney MatoGrosso

Entrevista com o misterioso lixo-ativista e dedo-duro

Ninguém sabe o verdadeiro nome desse cidadão. Alguns dizem que seu nome é Luiz Carlos Vinte e Dois da Silva. E que ele é Fundador da ONG Rasgando Dinheiro e Parando Trem nos Peito. Entidade que luta pelos direitos daqueles que tem um aparelho na cabeça e dos animais reavivados pelo exército. Outros afirmam que ele é ninguém menos que o ciberativista Julian Assange, um dos vinte e dois membros do conselho consultivo do WikiLeaks, um deswiki de denúncias e vazamento de desinformações, que vive escondido nos lixos brasileiros procurando documentos secretos para postar em seu site na Suécia.

Professor Pasquale comentando sobre a entrevista do Louco do Lixo

Por seu trabalho no lixo ganhou outros prêmios, como o Recycling of Animal e o Lost The Screw do The Economist em 2008, além de ter sido considerado o "louco do ano" pelo jornal francês Le Monde em 2010. Em 2011 foi incluído na lista da revista Time como um dos 100 loucos mais influentes do planeta. Alguns dizem que ele seria na verdade uma versão alternativa da personagem Lana Loud, e se chamaria de verdade: Leiff Loud. No mesmo ano, ao ser indicado para o Prêmio Nobel de Loucura, Alexandre dos Santos Lima, o primeiro na linha sucessória dos grandes King Size das Terras do Rio de Janeiro, disse sobre o trabalho de seu amigo: ""Ao divulgar informações sobre reavivamentos de animais e atos gays, ele é um candidato natural ao Prêmio Nobel da Paz", acrescentou.

LOUCO DO LIXO EM ENTREVISTA[editar]

O QUE É VERDADEIRO E FALSO NA ENTREVISTA DO LOUCO DO LIXO[editar]

Cachorro reavivado pelo exército depois de ouvir o CD do Calypso durante 24 horas
Benedito "Feijão" mostrando indignação com o erro do Louco do Lixo
Hugo Chavez quando esteve dentro do Brasil
  • REAVIVAMENTO DE ANIMAIS: Verdadeiro

As primeiras experiências com os cachorros eram simples. Na vida real, as pessoas conhecedoras colocavam um CD da Banda Calypso tocando 24 horas por dia no ouvido do cachorro morto. Com o tempo o animal ressuscitava e saia correndo arrebentando paredes e rompendo cercas de arame farpado.

  • LEITE DE ARROZ: Falso

Na vida real não existe leite de arroz. O que existe é leite de feijão, ou melhor, leite do “Feijão”. “Feijão” é o apelido do grande leiteiro Benedito Pinto Maior. Benedito ficou famoso depois de doar mais de 10 litros de leite para um banco de esperma. Portanto, o Louco do Lixo confundiu os cereais.

  • HUGO CHAVEZ DENTRO DO BRASIL: Verdadeiro

Na vida real, Hugo Chavez esteve dentro do Brasil. As pessoas conhecedoras dentro dos seus entendimentos afirmam que foi bem rapidinho. Mas há controvérsias se a Presidente da Alemanha (Ângela Merkel) esteve dentro do Brasil também.

Ver também[editar]