Leo Índio

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
250px-Wario WWare.gif Este artigo é sobre um personagem secundário!

Quase ninguém sabe da existência deste zé ruela que só serve pra encher linguiça na trama e provavelmente está morto. Se bobear, nem no Google tá!

Clique aqui para ver gente que só fãs alienados conhecem.


Leonardo Rodrigues de Jesus, sabe de quem se trata? Sabe? Eu também não sei o cargo que ocupou, mas sei que teve um presentinho dado pelo seu primo, Carlos Bolsonaro, filho do nosso querido presidente Jair Bolsonaro. Que cargo é esse? Deve ser uma função muito seleta e que pede muita meritocracia, já que poucos comedores de bananas brasileiros tem um salário de R$ 23.000. Se você ou seus pais, ganham isso ou mais, meus parabéns, mas a grande maioria não ganha um quinto disso, sem contar os casos de pessoas campeãs que dizem conseguir viver com R$3 por dia.

Bom, sim, e daí?[editar]

APROVADO pelo sogro Jair.

Única referência à Chaves, agora sossega. Nenhum problema com o salário do meliante primo do Carluxo Carlos, ele quis ajudar o primo, mas pra começar o papo, o Carlos é um vereador, e o que os vereadores fazem mesmo? A maioria você já sabe, e sabe também como o bairro em que você mora está sempre melhorando e impecável, por essa imensa ajuda que apenas os vereadores podem dar à prefeitura, passando tudo que está errado em todos os bairros. O Carlos é vereador, então sabemos a função dele e também sabemos que ele, assim como a maioria dos vereadores zela muito pela cidade...

...mas como o primão Leonardo, vulgo Léo Índio, foi amor à primeira vista parar no gabinete e por quê? Oras, alguma função ele tem que cumprir pois o vereador sozinho não dá conta de tanto trabalho, então ele tem seus ajudantes. Bem por causa de tanta eficiência, é que a grande maioria das cidades brazucas estão essa organização, segurança e beleza que estão. É isso, Leozinho foi ajudar e quem melhor do que um primo que vive grudado no Carlos Bolsonaro? Ele deve saber onde o primo falha e pode ser um assessor excelente pois pode suprir a carência de rola de algo que o Carlos não consegue, melhor do que qualquer outra pessoas que ele pudesse contratar. Claro que também deve ter muito talento administrativo, e eu sei lá qual a formação dele, nem que empregos teve antes, mas se um Bolsonaro disse, então é porque ele deve ser competente para fazer nada o cargo.

Quem é mesmo?[editar]

Quem é não se sabe, a biografia dele também interessa apenas se ele não for bem em sua função, mas qual a função mesmo, se já ninguém sabe o que o vereador consegue fazer? Sei lá, mas a função que ele cumpre excelentemente bem é fazer companhia ao primo, pois ele tem mais fotos do que qualquer casal de namorados... oras e o que tem isso? Nada, pois existe o amor à pilos, que é o amor de amizade pura e simples, quem não tem um amigo mais chegado(não tão chegado)? É apenas uma grande amizade, ele é o melhor amigo do primo, apenas isso.

...mas amigão, diga lá, pense no seu melhor amigo(não ao modo Kishimoto, por favor), então, você gosta muito de conversar e trocar impressões de quase tudo o que faz com ele, mais do que com qualquer pessoa, tudo certo, você gosta de sair com ele, você pode até ser muito legal e ceder puta namorada ou ficante pra ele, pois ele pode estar precisando mais. Ele também tem muito apreço por você, te conta tudo ou quase tudo que se passa com ele, igual a ouvido de atendente, e você escuta com gosto, dá risada ou fica meio triste junto se for algo ruim, mas tenta ajudar. Oras, coisas mais do que normais, isso se chama amizade, quem não sabe? Até mesmo na faze da pré-escola a pirralhada sabe o que é amizade e quem são os mais cupinchas chegados e sempre tem um que fica mais amigão.

Quem colocou tanta maldade na amizade do Carlinhos com o primo? Eu é que não, mas o pior de tudo são os petistas daquela cúpula(sabe?), que clamam apoiar relações de veadagem, mas descem a lenha na amizade do Carlos, mas se não fosse, não é eu nem ninguém, mas eles é que seriam os primeiros a dar apoio ao Carlos e saber separar o grande trabalho dele como senador e as possíveis denúncias de corrupção, da vida íntima do pobre gayzão político... ah não, ele não é... pobre. Que o povão fique de zueira, mesmo que nem acredite que não passa de uma grande amizade, pode se entender porque povo gosta de zoar mesmo, mas esses que se dizem apoiadores de minorias, tirarem sarro é deixar deslizar a máscara.

...mas é ou não é?[editar]

Eu sei lá se é ou não uma relação eros e não pilos, e dizem ainda que o Eros era mais uma daquelas bichonas, pode apenas ser língua venenosa mesmo, falando em venenosa, o Carlinhos ama ficar trocando farpa com esse pessoal, como sempre isso desvia o foco, mas ele já é bom em ficar falando e twitando asneira, vai ver é por isso que não sabemos qual necessariamente o trabalho de um vereador. A página é sobre o Léo índio, lembra? Mas eu sei lá da vida do dito, a biografia dele é difícil de achar, mas o que mais se acha são as ditas fotos e vídeos com o Carluxo.

Tampouco sei a droga da função do infeliz, isso também é difícil de achar e a gente não aprende na escola, talvez na escola de pilantragem, mas eu não tenho acesso a esse tipo de estabelecimento, se tivesse daria na mesma pois sou invocado, sem noção, e outros daqueles defeitinhos que todos amam, porém não sou bom no quesito desonestidade... e você? Se sabe mais algo sobre essas funções de gabinete, se torne político corrupto dê uma ajuda editando essa página. O que mais sobre Leozinho?

Léo índio adquiriu esse apelido por via do primo Carlos por ter fetiche por lança de índio... tá, eu não sei nada da vida de ninguém, voltando ao que seria uma grande amizade, não, não tem nada a ver, todo mundo pode ter grandes amigos e um mais chegado, a coisa mais normal do mundo. Dois caras morando juntos, a coisa mais normal do mundo, mesmo que façam muitos anos, nenhum dos dois tem namorada, nem foto com mulher que não seja mãe e parente, mas tem quilos de fotos juntos... tá bom, ficou meio estranho, passou da conta, mas eu não sou consultor sentimental, tente dar um auxílio sobre isso, você... o que não é de se entender mesmo, é o Jair Bolsonaro aceitar, mas recomendar que se for na família dos outros que deem porrada pra curar a veadagem, se ele mesmo não desceu a porrada em Carlinhos e acabou por aceitar... então pra que recomendar desavença pros outros? Pode ser que seja pra não admitir que aceitou, deixando sua mensagem contraditória.