La Mujer Murciélago

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Colorkid.JPG É um pássaro? É um avião? Não! É um SUPER-BABACA!

Este artigo é sobre um herói ou um vilão completamente imbecil que só nerds retardados gostam!

Clique aqui e conheça outros "zeróis"

Bem, ao menos a doidinha é gostosa...

Cquote1.svg WTF? Cquote2.svg
Batimã sobre La Mujer Murciélago
Cquote1.svg Santa falta do que fazer, Batman! Cquote2.svg
Robin sobre La Mujer Murciélago

Batwomancenas.jpg

La Mujer Murciélago é uma tentativa mal sucedida da DC Comics em fazer uma série pra televisão inspirada no Filme do Batimã, só que foi feita não pelos Esteites, mas pelos muchachos...

História[editar]

Batwoman tentando investigar algo.

Maria do Bairro, depois de ser esculachada a vida inteira, decide virar heroína. Inspirada naquela série que vinha lá dos Esteites com o Homem-Morcego e seu fiel assistente Robin, Maria se transforma na Batgirl. Ou pelo menos numa versão meio striptease da mesma, pois a roupa que ela veste (ou despe, se preferirdes) é beeeeeeeeeeeem justinha. Dá até pra bater punheta com essa doida.

Enquanto isso, um cientista louco quer dominar o mundo, criando um exército de Amazonas supermulheres. Como Maria tava a fim de virar heroína, foi lá, mas descobriu que esse cientista louco era igual àqueles médicos de inseminação artificial que usam métodos não-ortodoxos pra inseminar e foge, pra enfrentar o sujeitinho sacana.

Inimigos[editar]

Batmulher desmaiando ao ver o tal monstro.
  • Um cientista louco (O RLY?);
  • Um monte de bandidos;
  • O Coringa (talvez);
  • Um monstro feioso não identificado;
  • Milhares de nerds espalhados pelo mundo, que ficaram fulos da vida com esse filme feioso.

Onde ela foi parar?[editar]

Após tomar umas e outras, a pobre Batwoman mexicana acabou desistindo dessa história de ser heroína e foi trabalhar na Televisa, fazendo novelas como Maria Mercedes, Mari Mar e Maria do Bairro, que inclusive são extremamente criativas, tanto que o SBT passou elas aqui no Brasil. Já o filme, nunca vi nem comi, só ouço falar. Ainda bem...

Ligações externas[editar]

v d e h
O incompreensível mundo do Universo D.C.