Língua geográfica

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Quando essa pessoa se perder é só mostrar a língua...

Língua geográfica é um bug que acontece de vez em quando na língua de muitas pessoas, caracterizado por adicionar manchas brancas com aparência de porra no órgão bucal, famoso por ser mordido acidentalmente por gulosos afobados em comer o lanche, fazendo-a ser um dos órgãos mais detestados... A língua geográfica tem esse nome por tentarem compará-la com o mapa-múndi, sendo que tal comparação só deve ter sido feita por aqueles artistas modernos que veem uma cena surreal e incrível, cheia de detalhes, num pontinho de quatro retas...

Lorem ipsum[editar]

Para a infelicidade geral dos hipocondríacos, que adoram tentar se prevenirem de modo extremamente exagerado de doenças que muito possivelmente eles nem chegarão a ter a possibilidade de contraí-las, a língua geográfica não tem causa exata, e nem causa de humanas, de linguagens e de ciências da natureza, caso você pergunte. Contudo, alguns especialistas apontam a causa para o chupamento exagerada, ou seja, se você chupa muito as coisas e os alimentos, existe uma chance maior duma geografia de ser desenhada na sua língua, pois ela se trata de uma inflamação.

Na maioria das vezes não existem sintomas para tal enfermidade, até porque com o tempo ela acaba indo embora, por mais que exista uma grande chance de retorno. Porém, na minoria dos casos, algumas pessoas presenciam uma leve dor na região da língua ao se alimentar de alimentos muito ácidos ou muito salgados, como caipirinha de limão e laranja azeda com pimenta e queijo ralado sabor cheddar, ou simplesmente uma pizza entupida de cheddar e ketchup da fábrica de obesos, conhecida pela alcunha de Pizza Hut.

Tratamento e/ou prevenção[editar]

Como ninguém sabe de onde vem a maldita da língua geográfica, também não existe uma prevenção correta, simplesmente ore a Deus, seja um(a)(x)(y)(z)(1) bom(oa)(x) menino(a)(x)(y)(z)(1), ajude a velhinha a atravessar a rua, tire o gato de cima da árvore, dê o dízimo a igreja, e talvez a vida tenha piedade de você. Mesmo assim, existe uma taxa maior de casos entre mulheres, principalmente na faixa etária das tias do Zap, por fofocarem muito acabam usando em demasia a língua, o que pode ser uma explicação...

Caso já seja tarde demais, e sua língua tenha se formado em geografia, o recomendável é usar pomadas e analgésicos para tentar diminuir a dor na hora de se alimentar de comidas salgadas e azedas, especialmente as pomadas em gel: óleo de peroba e gel lubrificante Ai Meu Ânus, que por mais não aparentem terem finalidade para o caso, são úteis para amenizar a dor, já que caso você ingira essas porras irá desmaiar e entrar em coma rapidinho. Alguns médicos recomendam beber bebidas a base de maracugina, que é útil contra inflamações...