Killing in the Name

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Este artigo é sobre um HIT!

É uma música chata, repetitiva e seu vizinho adora.
SOLTE O SOM!

Music madonna.jpg

Killing in the Name é aquela música desconhecida que o Rage Against the Machine fez nos anos 90, cuja letra se repete ao longo dos anos. A música foi feita pelos instrumentistas do Audioslave, e a letra pelo comunista Zack de la Rocha.

A música[editar]

Zack de la Rocha estava muito cansado e com preguiça de compor, então quando ouviu a base feita pelo RATM, decidiu fazer só 8 linhas de rap. Tá certo que o Projota e o Emicida também estão na mesma merda, mas o Zack é mexicano, ele fala muito, espera-se que o rap dele tenha mais de oito mil linhas, que nem em Bulls on Parade. A mídia fala muito dessa música, porque é a única música que fez sucesso da banda de rap-metal comunista de Los Angeles. Mas mesmo sendo comunista, os negros gostaram porque denuncia o racismo nas agências de segurança. Os outros locais que ocorriam racismo eram denunciados por aquele cara negro que canta rap... aquele, que tomou chumbo depois da luta... esqueci o nome dele.

Mas a música fez sucesso pra caramba. Eu tentei tocar, po fala sério, tem que afinar diferente a guitarra. Aí tem aquele lance das distorções, acho que é por isso que geral gosta...

Letra[editar]

Não se engane, nessa platéia estão vários branquelos assassinos capitalistas que manipulam o sistema

Killing in the name of!

Some of those that work forces, are the same that burn crosses (+8x10³ vezes)

Killing in the name of!

And now you do what they told ya (+8x10³ vezes)

Those who died are justified, for wearing the badge, they're the chosen whites
You justify those that died by wearing the badge, they're the chosen whites

Some of those that work forces, are the same that burn crosses (+8x10³ vezes)

Those who died are justified, for wearing the badge, they're the chosen whites
You justify those that died by wearing the badge, they're the chosen whites

FUCK YA, I WON'T DO WHAT YA TELL ME, MA'FUCKA

Fuck you, I won't do what you tell me (+8x10³ vezes)

Motherfucker! Ugh