Kevin Pollak

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Kevin Polaco
Kevin Pollak.jpg
Nascimento 1957
São Francisco, California Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
Nacionalidade ianque californiano hollywoodiano
Ocupação Actor, pintor de rodapé, piadista que banca o comediante.
Medidas Curto
Altura 1,65
Peso Botijão
Signo Lagarto
Olhos Pretos
Cabelo calvo
Aparência física baixote feio
Vícios Charuto, logo, é um poser.

Cquote1.svg Você quis dizer: Kevin Polaco? Cquote2.svg
Google sobre Kevin Pollak
Cquote1.png Experimente também: Bobby Chicago Cquote2.png
Sugestão do Google para Kevin Pollak
Cquote1.svg Eita ator mau aproveitado Cquote2.svg
Cinéfilo sobre Kevin Pollak
Cquote1.svg Quem? Cquote2.svg
Tua namorada sobre Kevin Pollak
Cquote1.svg Meu companheiro de bar Cquote2.svg
Arnold Schwarzenegger sobre Kevin Pollak
Cquote1.svg Conheço sim, ele canta Essa novinha é terrorista, é especialista... Cquote2.svg
Carla Perez sobre Kevin Pollak
Cquote1.svg Ai que burra dá zero pra ela Cquote2.svg
Chaves sobre citação acima
Kevin Pollak é um famoso ator de Hollywood conhecido por ter mui talento mas não ser aproveitado em quase nada, eterno coadjuvante seja em grandes produções seja em filmes mais indie, talvez isso aconteça por que Kevin é feio e baixinho, enquanto na industrial satanica de Hollywood é composta por varapaus, por outro lado chego a pensar por que nunca deram o papel de Napoleão pra esse cara e olha que o Napoleão era maior que ele, melhor não né? Aliás, falando em Napoleão.

Comédia[editar]

Pois é, dizem que Kevin nunca vingou como ator mesmo sendo talentoso por ser um comediante, mas fala sério nunca se ouviu falar de comédia com esse cara, quer dizer, ele até fez uns filmes de comédia bobos mas nunca como o comediante, nunca foi um astro como Eddie Murphy, Jim Carrey, Tadeu Mello. Kevin Pollak faz uns stand-uo comedy, aqueles shows em que um piadista fica em pé falando besteira e se auto-difamando para meia dúzia de gato pingado, ou seja, no fim das contas, o sr. Pollak é piadista e não comediante, se bem que nunca ouvi ele contando nem cantando piada, enfim, se esse cara é comediante, o brasileirão de 87 é do Flamengo.

Vida pessoal[editar]

Hábitos[editar]

Kevin demonstra uma total preocupação com sua saúde e te consultado frequentemente os médicos do século passado que tem lhe recomendado o uso abusivo de tabaco, principalmente charuto por ser mais chique para se tornar amigo do Jay-Z, outro charuteiro, e assim ter acesso às reuniões dos iluminattis que poderiam vir a lhe dar a tão desejada fama em Hollywood, mas pelo visto não deu muito certo. Quando perguntado por que Kevin não se consulta com médicos atuais ele afirma acreditar na experiencia que só os mais antigos tem. Isso só prova o quão idiota Kevin é, além de ser um completo poser. Kevin antigamente era conservador e passou anos casado com sua esposa, porém quanto mais ascendeu financeiramente e artisticamente, trocou a esposa e começou a cair na esbórnia até cansar de ficar sem ninguém pra botar chifre e daí encontrou otra mulher, mas mal sabe Kevin que ele sendo careca a primeira coisa que aparece é os chifres que ele também leva, aliás, chifres estes que ele começou a ter desde que fez o filme Fim dos Dias, que é coisa do capeta.

Filmecos[editar]

Alguns filmes em que Pollak nos agraciou com sua ilustríssima presença:

  • Willow - Na Terra da Magia (1988) - quem ele era nesse filme mesmo?
  • Questão de Honra (1992) - Tenente Sam Welberg, um coadjuvante
  • Cassino (1995) - Filipe Verde
  • Os Suspeitos (1995) - Todd Hockney, o mecânico (personagem foda)
  • Ela é Demais bastou tirar o óculos pra ficar bonita (1999) - Bruce Wayne Boggis o pai da Mina gente boa.
  • Fim dos Dias (1999) - Bobby Chicago, o miguxo do Schwarza que foi flambado.
  • A Monstra do Sexo (1999) - Dr. Jerry
  • Meu Vizinho Mafioso (2000) - Yanni Gogolack
  • Dr. Dolittle 2 (2001) - Riley, o vilão
  • O Casamento dos Meus Sonhos (2001) - Dr. John Dojny, o médico
  • Refém (2005) - Walter Smith, pai irresponsável.
  • As Fantasias Sexuais de Ana (2007) - primo
  • Tavares, o Arquitecto Quebra-Bilhas
  • Cães de Guerra (2016) - Ralph Slutzky