Jeff the Killer

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Bush-besta.jpg "Aí que burro! Dá zero pra ele!"

Este artigo é sobre algo ou alguém burro ou completamente imbecil.

E acredita na imparcialidade jornalística da Rede Globo.
Em versão kawaii para os otakus de plantão.
Jeff após comer muita gordura a vida toda.

Cquote1.svg Você quis dizer: Jeffrey Dahmer Cquote2.svg
Google sobre Jeff the Killer
Cquote1.svg Agora vá dormir... se conseguir... Cquote2.svg
Jeff the Killer sobre o que uma aparição dele impede você fazer o resto da noite
Cquote1.svg Vá dormir!! Cquote2.svg
Tua mãe sobre você acordado a essa hora da madrugada lendo este artigo

Jeff the Killer é um assassino em série. Mais conhecido como o maior medo do bicho-papão, ele gosta de mostrar seu sorriso de Ricardão na hora de tirar foto.

História[editar]

Jeff Samara dos Santos conhecido como Jeffinho Estripador de Quem tá Lendo nasceu em 2000. Desde bebê ele já tinha cara de demônio, tinha os oio isbugaiado e pretu, mas sua família o amava do mesmo jeitinho. Aos 13 anos ele e o irmão viado que não consegue pegar uma mina e defende ele até a morte se mudaram. Chegando lá, Jeffinho deu pra todos garotos da escola, alguns que não receberam essa oportunidade ficaram putos. Na saída da escola os garotos zuaram da cara dele e do irmão, daí resolveram tretar. Jeffinho então ficou puto e decidiu matar aqueles vagabundos, mas eles só apanharam um pouco. Só não acabou com eles porque o irmão não aguenta bater nem num rato. Foi o irmão dele que levou a culpa e foi preso num sanatório pra crianças.

A mamãe chamou Jeffinho pra um baile funk infantil. Lá ele brincou de Nerf e com as armas dos amiguinhos. Até que viu os meninos da escola querendo ter prazer com ele. Jeff tretou feio com os vagabundos, que desceram a porrada nele e um pouco mais. Chegaram a tacar vodka na cara dele. Um dos moleques sacou um 3oitão, mas nenhum deles sabia atirar. Então uma menina enfezada e gostosa acendeu um fósforo e tacou fogo no Jeffinho. Muito tempo depois, o irmão saiu da prisão e encontrou Jeffinho todo fudido no hospital. Ele tava todo enfaixado e ferrado. Quando tirou as faixas tava mais feio do que já era, mas se achou um bonitão, "mais lindo do que nunca".

Naquela noite ele teve um insônia braba e foi ao banheiro pra fumar e esculpir um sorriso de Ricardão com uma faca de pão, mas gemeu demais e sua mãe acordou pensando que havia uma mina lá, mas lembrou que o filho era emo e não pega ninguém (além de macho), então ela foi checar e viu o moleque dando uma de escultor. Foi pedir ao marido pra dar um fim naquilo, mas Jeffinho ouviu e passou a faca neles. O irmão acordou e Jeffinho mandou ele voltar a dormir, somente para matá-lo também. Jeffinho fugiu e desde então a polícia nunca o achou. Ele vai atrás de quem vê isso e não compartilha. Se você um dia for atacado por Jeffinho, deixa ele te comer ou você morre. Fica a dica. Compartilhe se não quiser desaparecer!

Vídeo[editar]

Ver também[editar]