Io

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Zorak.jpg Você está entrando em um mundo desconhecido nas imensidões da escuridão, onde
ninguém pode ouvir seus gritos!

Agora, viajar pelo espaço ficou mais fácil depois que inventaram a Coca-Cola.
Se aconchegue em sua nave e vá tomar um "chazinho" com o E.T. de Varginha.

Cquote1.svg Meu tipo de jogo favorito Cquote2.svg
Retardado sobre Io
Io é um satélite de estranho nome, feito de latão com uma atmosfera de enxofre faz de Io um dos corpos mais quentes do sistema solar. Dos quatro grandes satélites de Júpiter, Io é o mais perto do planeta, por frequentemente fica recebendo baforadas o que contribui para o aquecimento do satélite.

Descoberta[editar]

Imagens de Io obtidas pela Sonda Galileu.

Io foi descoberto em 1610 por Galileu Galilei e sua luneta da Polly, foi o primeiro satélite natural do sistema solar a ser descoberto, alguns anos depois os cientistas descobririam a Lua na Terra. A nova descoberta de Galileu iniciou uma corrida na comunidade astronômica por satélites. Quanto à Io, Galileu teorizou que lá seria o Inferno, e por isso foi considerado herege pela Igreja Católica.

O plagiador Simon Marius apareceu em reportagem da Scientific American de 1614 como se ele tivesse descoberto Io, e pessoas que não gostam de Galileu dão o crédito a Simon.

Exploração[editar]

A primeira sonda a chegar em Io foi a Pioneer 10, mas como esta sonda não passava de um caco de lixo mal lavado não conseguiu identificar nada de Io além de uns pixels brancos num fundo preto. A Pioneer 11 ligeiramente melhorada apresentou uma imagem digna dos melhores jogos de Atari, o que não ajudou muito.

Os astrônomos usando as imagens cagadas das missões Pioneer esperavam crateras em Io, mas a Voyager 1 fizeram das teorias desses caras uma idiotice (owned). Io era recheada de vulcões ativos que renovam o solo cobrindo as crateras, fazendo da superfície de Io parecendo um rosto de adolescente, liso em umas partes mas com enormes protuberâncias espalhadas.

No ano de 1992 a sonda Ulysses estudou os peidos soltados por Io, que formam um anel de fumaça em volta de Júpiter. Foi um estudo completamente irrelevante...

Finalmente, em 1999 a sonda Galileu registrou as melhores imagens de Io a pedidos da Wikipédia que estava sem ilustrações coloridas do satélite.

Nomenclatura[editar]

Cquote1.svg Yo dawg I heard you like planets so we put a moon in yo planet so yo can drive a spacecraft while u drive Cquote2.svg
Carta de 'Yo Dawg' a Galileu Galilei, propondo o nome "Yo" ao satélite

Galileu Galilei era sem graça, e chamou Io de Júpiter I.

No século XX o nome Io foi adotado por ideia de Simon Marius, pois Io era uma puta ninfa de Zeus. Embora outra teoria mais aceita, o nome do planeta foi uma homenagem aos rappers e a comunidade, tá ligado mano? Io, io! É nóis que tá! É nóis que tá, é nós que tá, é nóis que tá! Io, yo!

Características[editar]

Fotos quentes de Io, não me referi a pornografia.

A superfície de Io são como fundamentalistas islâmicos, explode frequentemente. Possui uma atividade vulcânica intensa e como Io da mitologia está frequentemente de TPM.

A sua fraca gravidade deixa escapar jatos de enxofre no espaço e por isso infelizmente é um dos mais fedorentos satélites do sistema solar.

Para quem visitar Io, pode desfrutar da maravilhosa opção de nadar num de seus fervilhantes lagos de lava e enxofre líquido que rapidamente congelam únicos no sistema solar.

Possui um clima bizarro que pode variar entre 1727°C no verão e -184°C na noite, por isso nunca se esqueça de levar biquínis e casacos.