Império Bizantino

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Este artigo é relacionado à história.

Ele conta o que aconteceu desde a pré-história até os tempos quase atuais.

Bushdestruiçãogolfe.jpg


●Βασιλεία Ῥωμαίων
●Imperium Romanum Orientum
●Império Romano Episódio V: O Império Contra-Ataca

Banderabizancio.png 485px-Flag of the Byzantine Empire.svg.png
Bandeira Brasão
Lema: Sai daqui Otomanos
Hino: Constantinopla, não Istanbul
ImpBizantino01.png
O Império Bizantino em toda a sua glória, mas com uma inveja do Império Romano...
Capital Constantinopla (não Istanbul)
Língua latim, grego
Tipo de Governo império substituto
Imperador Justiniano o justo
Moeda Dracma
População 34.000.000 no começo, nenhum no final



Cquote1.svg Império Bizantino? Nunca ouvi falar... Cquote2.svg
Você sobre os seus conhecimentos históricos.
Cquote1.svg O Império Bizantino não caiu em 1453 Cquote2.svg
Império Trebizonda sobre esse artigo
Cquote1.svg Vamos defender a terra santa!!! Afinal, a Igreja precisa de dinheiro... Cquote2.svg
Papa Inocêncio III sobre as cruzadas para defender o Império Bizantino.
Cquote1.svg Cismei!!! Cquote2.svg
Líderes cristãos locais sobre a autoridade da Igreja de Roma.
Cquote1.svg Galera, é o seguinte! Agora sou o Papa e o Imperador, falou? Cquote2.svg
Imperador Justiniano sobre o caos religioso que instalou no Império Bizantino.
Cquote1.svg Desenhe uma cruz num pedaço de madeira que certamente irá afundar. Cquote2.svg
Os Árabes sobre a tecnologia cristã na Idade Média.
Cquote1.svg Somos mais civilizados que vocês, Cristãos... Cquote2.svg
Os Árabes sobre a cultura Cristã.
Cquote1.svg Ah, muleque! Tu não devia ter dito isso comigo!... Cquote2.svg
Cristão sobre os árabes estarem na mesma merda à 500 anos.
Cquote1.svg Vamos fazer o seguinte, vamos dividir o Império Romano em duas partes. Roma para os romanos e o resto para o resto! Cquote2.svg
Teodósio I sobre a divisão do Império Romano.
Cquote1.svg Podem ir, mulecada!!! Os Árabes não matam crianças... Cquote2.svg
A Igreja sobre a cruzada das crianças.
Cquote1.svg Eu te excomungo!!! Cquote2.svg
O Papa de Roma e Patriarca de Constantinopla se excomungando mutualmente.
Cquote1.svg Por Ála!!! Queime isso!!! Cquote2.svg
Árabes sobre a cultura bizantina.
Cquote1.svg Vocês são maiores mas nós somos mais fodas. Cquote2.svg
Império Romano do Ocidente sobre bizantinos.
Cquote1.svg Se tivesse me chamado até hoje Voces seus FDps iam existir Cquote2.svg
Hitler sobre a queda do imperio Bizantino
Cquote1.svg Se soubesse dá queda o TBAOGT teria pegado tudo mas todos seriam gays Cquote2.svg
Gay Tony sobre a queda desse Imperio Merdional chamada Imperio Bizantino
Cquote1.svg Meu caro amigo se isso existixe eu ia dominar tudo para a grove street Families Cquote2.svg
CJ sobre Imperio Bizantino

Origem[editar]

Constantino I e sua mãe.

Tudo começou quando um Imperador Romano chamado Constantino I resolveu construir uma cidade Cristã sobre as ruinas de uma cidade Pagã chamada de Bizâncio. Este Imperador ficou conhecido na história como aquele que se converteu ao cristianismo por causa de sua mãe.

Disse a célebre frase:

Cquote1.svg Com este símbolo: Vencerás!!! Cquote2.svg
A Mãe de Constantino a verdadeira Imperatriz do Império Romano na época de Constantino.
Ao dizer isto, o Imperador se tornou o mais fanático dos Imperadores romanos.

Séculos mais tarde, a cidade foi chamada de Constantinopla. Esta cidade foi um importante ponto estratégico devido a sua localização entre os mares Afro Descendente e Mediterrâneo. Desde do início a cidade foi cobiçada pelos povos pagãos, entretanto, na época que o Império Romano era o Império Romano ninguém folgava com ele...

Durante em uma de suas crises de poder, o Império Romano resolveu se dividir para ter mais "controle" sobre as suas províncias. Criou-se o Império Romano do Ocidente, tendo a sua capital em ROMA, e o Império Romano do Oriente, tendo a sua capital em Constantinopla. Só que este projeto não deu muito certo, depois de uns séculos, o Império Romano do Ocidente foi invadido pelos terríveis povos bárbaros...

Cquote1.svg Eu! Eu! Eu! Roma se fudeu!!! Cquote2.svg
O Imperador Romano do Oriente sobre a queda do Império Romano do Ocidente.

Como o Império Romano caiu, não havia sentido que aquela infeliz nação determine o nome do novo Império que sobrou. Por isso, os novos líderes do oriente determinaram que o novo Império fosse chamado de:

Império Bizantino

O Império Bizantino foi o cadáver do Império Romano apodrecendo durante quase mil anos.

A cultura de um novo Império[editar]

Cquote1.svg O que!? Deixar de sermos chamados de Romanos??? Nem mortos!!! Cquote2.svg
O povo do Império Bizantino sobre a sua autonomia cultural.

O mundo cultural em Constantinopla era ainda centrada sobre a égide do mundo Romano e além do mais que tudo estava sobre o controle da Igreja Católica que é sediado em Roma. Tal fato provocando uma centena de conflitos internos na política do mundo Bizantino.

Não só a política que teve consequências nada agradáveis para a Vida dos Imperadores Bizantinos, a Religião foi o motivo para inúmeros conflitos tanto culturais quanto religiosos. A Igreja de Roma era autoritária demais com os líderes religiosos de Constantinopla provocando uma disputa pela almas de todos cidadãos desta nova nação. A pressão de retornar a cidade de Roma das "garras" dos hereges bárbaros provocou um sentimento de raiva e prejuízos sem tamanhos. Então os líderes políticos e religiosos decidiram que:

Cquote1.svg Queremos que Roma vá para o Diabo que o carregue!!! Cquote2.svg
Senhores feudais sobre a sua incompetência de reconquistar a "Metrópole do Mundo".

A partir daquele momento foi criado uma forma simples que os líderes e religiosos de Constantinopla pudessem viver em paz e sem que ninguém pudesse encher o saco deles. Assim foi criado:

A Grande Cisma[editar]

Graças a isto, as Igrejas de Roma e Constantinopla seriam separadas para sempre. Por quê? Os historiadores chatos ainda não descobriram exatamente o que aconteceu, mas supõem que o Papa cismou com a Igreja de Constantinopla e as duas terminaram o casamento, com separação de bens.

Surgiu a Igreja Católica Ortodoxa!

O Apogeu[editar]

Graças à separação de Roma, Constantinopla ficou muito mais independente e autônoma. As suas relações com os outros povos foram difíceis, mas duradouras.

Temos o exemplo, as pessoas ficaram abandonadas e muito chocadas com esse costume e foi assim que ocorreu essa queda assim ninguém teve vontade de trabalhar para ganhar dinheiro para praticar suas atividades e o império caiu mais ainda ate que então, não resistiu. Constantinopla foi cercada pelo cruel Átila, o Huno, onde pelo pagamento de um resgate fez que o terrível conquistador mudasse de ideia.

Porém o máximo que o Império Bizantino chegou foi a época onde estava sobre o controle do maior Imperador Bizantino de todos os tempos:

Justiniano I!!! Engraçado como estas figuras históricas não são nada bonitas...

Justiniano I

Em seu reinado, Justiniano I fez conquistas que os seus nunca ousaram sonhar. Durante as chamadas "Guerras Góticas" que Roma foi reconquistada pelas poderosas mãos imperiais deste homem.

Cquote1.svg Agora sim! Somos romanos! Cquote2.svg
O povo bizantino sobre a conquista de Roma.

Justiniano I criou o primeiro conjunto de regras para o povo chamado "Código Civil" que dava deveres ao povo, mas não direitos. (Isto foi inventado mais tarde...)

A maior invenção que os Bizantinos tinham de vantagem sobre os outros povos era uma coisa chamada "Fogo Grego". (Um líquido viscoso que queima mesmo sobre a água. Acredita-se que era feito de petróleo, nafta, enxofre e salitre, entre outras substâncias. Viram? Desciclopédia também é cultura!)

O Declíno[editar]

Cquote1.svg Não vai subir ninguém! Não vai subir ninguém!!! Cquote2.svg
Bizantinos sobre os povos islãmicos.

Depois da morte de Justiniano I, as coisas começam a piorar...


Os povos árabes com o seu expansionismo religioso provocou uma disputa pela "Terra Santa" que na época era de controle do Bizantinos. Todavia um Império que luta constantemente contra inúmeros povos diferentes a sua tendência e se desgastar e falir...


Cquote1.svg Caros Bizantinos... Perderam!!! Cquote2.svg
Maomé II sobre a queda de Constantinopla.

As nações cristãs ficaram muito preocupadas com a ideia que povos não cristãos ocupem o solo onde nasceu Jesus Cristo. Por isso, o Papa Urbano II inventou as cruzadas para "tentar salvar a terra santa dos pés imundos dos infiéis".

Só que, com o tempo, os países cristãos resolvem explorar o próprio Império Bizantino que acabou de minar de vez o Império. Tanto que a quarta cruzada foi apenas para destronar o Imperador para que a "Terra Santa" seja repartida entre os feudos europeus.

Cquote1.svg Assim não pode! Assim não dá!!! Cquote2.svg
Alexius IV, Imperador Bizantino da época sobre os cruzados.

Depois de tantas lutas, mesmo com envio das tropas cristãs, os cruzados foram derrotados pelos árabes de uma forma humilhante. Sem dinheiro, sem exércitos, sem esperança, os bizantinos esperam pelo o pior.

A situação ficou tão preta que em 29 de Maio de 1453 sobre comando de Constantino XI, o Império Bizantino cai sob o jugo do Sultão Maomé II decretando o fim do Império Bizantino.Isso foi uma chatice, mas hoje é melhor.

Cquote1.svg Agora quem manda nesta Merda sou eu!!! Cquote2.svg
Maomé II sobre a sua nova conquista.