Ilha de Santa Helena

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Napoleão mandando sua famosa frase "I'll be back!", sem jamais suspeitar que de Santa Helena nunca mais sairia fora.

Santa Helena é uma ilha dedicada à santa homônima que é só mais uma Helena como outras tantas do Manoel Carlos. Faz parte do território britânico ultramarinho de Santa Helena, Ascensão e Tristão da Cunha, ficando bem no meio do Atlântico Sul, e embora num buraco desses, consegue de vez em quando ser um porto seguro para refugiados da África que infestam o lugar de puta e AIDS. Foi uma colônia da Inglaterra até 1981, mas até hoje ninguém liga pra lá, exceto por ter sido o canto onde aquele bufão lá da França, o tal do Napoleão, passou a viver o resto de sua vida depois de levar um pé na bunda fodido em Waterloo em 1815. Não fosse isso, ninguém daria um puto pra esse tão-tão distante, nem quem mora nesse fim de mundo.

História[editar]

A ilhota foi descoberta em 1502 por um navegador portuga galego randômico chamado João da nica João da Nova, que de lambuja ainda descobriu a sua vizinha tão inútil quanto, a ilha de Ascensão. Em 1511 Garcia de Noronha e Gaspar Correia transformaram a ilha num porto de jogar fora pedaços fodidos das caravelas durante as viagens para as Índias. O primeiro dono de posto de barcos de lá foi inclusive o senhor Aristides, digo, Jarbas Vasconcelos Fernão Lopes, que ficou naquele fim de mundo por trinta anos entre 1515 e 1545, ganhando uma nota preta com tanto barco fodido das viagens.

Apesar disso tudo, a ilha ficou só assim, nesse deus dará, até que no século XIX os ingleses ocuparam por lá, transformando a ilha numa Alcatraz no meio do Atlântico Sul. Aliás, foi para lá que convidaram a se retirar da França o excrementíssimo Napoleão Dor-nas-Partes, que ficou por lá até bater as botas em 1821.

Geografia[editar]

A ilha é tão cheia de rochas para todos os cantos, que é um caso raro de ilha sem praia, o que torna ela um buraco fodido, que a única forma de sair fora de lá é pela capital Jamestown, e mesmo isso com medo de porrar as embarcações nesses montes de pedras. Lá só conseguiu ter um aeroporto em 2016 para se ter uma ideia, mas até hoje só jatinho se garante de pousar lá. Já tentaram pousar uns Boeings 737, mas os pilotos ficaram tudo com medinho de brincar de kamikaze e desistiam sempre de pousar lá.

População[editar]

Formada por um monte de gente que fugiu da Ásia, de Madagascar sem incluir os bichos daquele filme da Pixar e uns malucos do Reino Unido, formando um total incrível de 45 habitantes.