Hyrrokkin (satélite)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Possível foto de Hyrrokkin

Hyrrokkin (satélite) é um satélite de Saturno com um nome extremamente difícil e foi dado para o satélite sem motivo nenhum. Hyrrokkin é um satélite que poderia ser comparada à "O maior anão do mundo", por ser a maior das menores, mas não que isso a faça mais importante já que comprado à luas médias Hyrrokkin só tem de grande o nome e parece uma pedrinha de cascalho. Aliás, de onde Sheppard (de novo ele) tira a referência para dar nomes de gigantes para pedras de cascalho espaciais?

Cita3.pngEu uso o meu quintal como referêncial, se não caber quer dizer que aquilo é um satélite!Cita4.png
Sheppard revelando seu método revolucionário de medição de satélites

Por isso há tantas sujeirinhas na lente da Cassini que foram confundidas com Satélites.

Descoberta[editar]

Não há sequer graça de contar a descoberta de satélites irregulares, pouparia mais tempo se colocasse essas luas todas juntas em um só artigo ou, no caso dos astrônomos, nem dar nome e separar entre: "Luas redondas" e "Luas que parecem flocos de Sucrilhos" e Hyrrokkin iria caber bem nesse grupo! Enfim, Sheppard achou ela em fotos que a Cassini tinha mandado para a Terra.

Logo a cassini mostrou ser o melhor satélite já apresentado pois foi o que mais descobriu luas que a olhos humanos ninguém ia achar. Mas por fim, Sheppard só catalogou a lua como "S/ano de descoberta e tempo que levou para achar a lua" e mandou para a Nasa deixar algum café com leite nomear a lua.

Nomearam a lua com um nome ridículo para algo tão pequeno e Sheppard perdeu um pouco de credibilidade pois estimou que a lua tivesse 4km de diâmetro, mas ela tinha 8. Até hoje Shepppard tem fama de fodão entre os astrônomos mesmo assim.

Características[editar]

Hyrrokkin provavelmente foi a maior das migalhas que algum corpo celeste deixou ao se colidir com outro corpo celeste que orbitava Saturno, isso é o que a maioria dos astrônomos sugerem para haver tantos "satélites" em Saturno. Então podemos deduzir duas coisas com isso: Nibiru realmente existe e que essas luas na verdade são cacos de algo que foi algo algum dia.

Seria o mesmo que eu quebrar um prato e dizer que cada caco fosse outro prato também. É um bom pensamento isso.

Enfim, nem se falou de Hyrrokkin, mas aí vai: Cheia de gelo, menor que Plutão que ao menos tem um núcleo, o que Hyrrokkin não tem. Não tem atmosfera, vida ou graça para se pesquisar e provavelmente você caiu aqui no botão de "Especial:Aleatória"

Nomenclatura[editar]

Pode ter vindo de algum personagem ou técnica do Dragon Ball Z, é bem provável já que acharam uma vez Sheppard em um evento da Animecon fantasiado de "Senhor Caiô". Mas também sugerem que seja um gigante da mitologia nórdica que foi morto e o irmão pendurou o corpo dele em um barco. Meio cruel essa mitologia Viking.