Haruna Saotome

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Mattgroening.jpg Ai, minha mão, porra!

Este artigo é sobre algum desenhista, rabisqueiro ou uma pessoa que não conseguiu emprego de pintor. Ele passa a madrugada desenhando, tem calos no lugar das digitais e é viciado em filmes de violência. Se vandalizar, Joe Kubert passará a borracha em você!

Salaman.jpg Este artigo contém VENENO!

Este artigo... precisa de antídoto... Ele pode se tratar de... algum animal, pessoa, lugar... ou composto... Ele pode... conter materiais tóxicos... como lactose ou glúten... Chupe a picada ou morra... argh! (morri)


Cquote1.svg Você quis dizer: São Tomé Cquote2.svg
Google sobre Haruna Saotome

Cquote1.svg Ora, todas nós sabemos o que tu deste a ele. Cquote2.svg
Haruna sobre Nodoka, destilando seu veneno

Haruna desenhando o hentai de hoje.

Haruna Saotome é uma personagem do hentai anime Mahou Sensei Negima!. Desenha hentai e destila muito veneno.

História[editar]

Haruna é uma otaka filha de um renomado autor de mangás hentai, com tantas obras produzidas quanto o próprio Ken Akamatsu. Entretanto, o pai de Haruna era muito sem-noção e, em vez de comprar revistinhas da Mônica ou do Pokémon, dava hentai para a menina ler quando ela estava se alfabetizando. Normalmente, esta seria uma experiência muito traumática para qualquer criança, mas o fato é que Haruna gostou da coisa e também começou a produzir hentai desde cedo. No jardim de infância, quando a tia mandava a pirralhada criançada desenhar seus maravilhosos bonecos-palito, Haruna desenhava bonecos-hentai e deixava a tia louca. Sua preferência era o lolicon, tomando si mesma como modelo para seus trabalhos artísticos.

Para não ser descoberta pela sociedade, que condena esse tipo de gosto por parte de mocinhas de família, Haruna criou o pseudônimo "Paru", o qual seria sempre sua assinatura nos desenhos. Até hoje, doutores no tema discutem a etimologia do nome. Paru poderia vir de Peru, ou então de Pau, em uma possível tradução do Kabiranês.

Mahora[editar]

Agora é a sua vez de fazer um hentai meu.

Ao ingressar no Colégio Mahora, Haruna conheceu Nodoka Miyazaki e Yue Ayase, e juntas elas entraram para o clube de exploração da biblioteca de Mahora, um lugar cheio de traças, cupins, assombrações e também algumas revistas hentai escondidas em seus confins, o que diretamente motivou Haruna a integrar o clube.

Além de desenhar, Haruna adora causar constrangimentos em sua miguxa Nodoka, principalmente no que se diz à sua paixão pedófila pelo professor Negi. Além disso, é sempre a primeira a descobrir os micos alheios e quaisquer outros tipos de fuxico, causando inveja até no Leão Lobo. Se ela descobrir que você andou frequentando a feira da fruta, se bem que isso todo mundo já sabe, toda a classe 3-A estará sabendo no mesmo dia.

Cquote1.svg Fiquei sabendo pela Paru que... Cquote2.svg
Frase comum em Mahora

Uma amizade acima da pedofilia.

Dizem que, se Haruna cuspir na caixa d`água de Mahora, todos morrerão envenenados. Entretanto, ela não pode morder a língua, senão já era, babau, um abraço pro gaiteiro.

Apesar de estar sempre deixando Nodoka em situações embaraçosas, Haruna é uma de suas amigas mais leais. Pode até participar das conversas indecorosas sobre Negi, mas nunca encostou um dedo nele, pelo menos perante as outras. Um detalhe é que Haruna é a única bibliotecária com peitos e bunda, mas mesmo assim é a menos pedófila na prática, preferindo ajudar a livreira em suas empreitadas ilícitas. Haruna pode até acabar com você nas fofocas, mas estará sempre torcendo por seu amor, afinal isso gera ainda mais fofocas para depois. Já te contei que a Nodoka e o Negi...