Grupo Gaulês

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
É impossível falar do Grupo Gaulês sem citar o Asterix.

Grupo Gaulês é um dos grupos de satélites de Saturno, de tão sem graças e desinteressante foram todas reunidas nesse grupo Gaulês. Como tinha acabado todos os nomes de gigantes que iriam ser dados para as próximas luas que foram descobertas deram nomes gauleses para diversificar um pouco e também para deixar Ymir ainda como a maior lua do Grupo Nórdico já que havia uma lua no grupo gaulês que era infinitamente maior.

Não se conhecia uma pedra sem forma ou núcleo desse tamanho. Bem, ao menos é um pouco interessante.

Características[editar]

Não há fanarts além desse de satélites gauleses, ainda há um preconceito... Ou só esquecimento mesmo.

O grupo se caracteriza por ter a cor "vermelha-clara" o que não fez muito sentido. O restante dos pedregulhos, principalmente no Grupo Nórdico, são todos de cor cinza. Já o grupo gaulês os satélites nele foram excluídos do grupo por Racismo, e justamente por isso formaram essa panelinha com a ajuda de Scott Sheppard (o fodão dos satélites) e Gladman que tinha um satélite no grupo nórdico descoberto por ele que era o maior do grupo.

Por não querer que o satélite ficasse atrás de um satélite descoberto por Sheppard, ele sugeriu a separação por cor para Sheppard, que tinha algumas ideias Facistas na cabeça e concordou com Gladman. No fim, o grupo gaulês recebeu nomes de personagens muito secundários do Asterix ou deuses gauleses que nunca serão usados novamente.

Pobres irlandeses... Ficava na irlanda uma tribo dos gauleses?

Enfim, esse grupo só possui 2 satélites nele com tamanho igual aos medíocres do Grupo Nórdico o restante tem um tamanho "bom" e tem a cor vermelho-clara, que tá fora de moda.

Satélites[editar]

Os satélites do grupo, todos que foram excluídos dos demais por cor. Veja essa sequência por ordem de cor: Grupo Nórdico, cor cinza e sem-graça ou multicor... Grupo Inuíte, cor vermelha-amarronzada que sofre com os trocadilhos de "inútil" e o Grupo Gaulês que é separado por cor-vermelha-clara. Enfim, para poupar tempo todos os satélites foram reunidos aqui, nesse artigo.

Albiorix[editar]

Albiorix é a maior lua do grupo gaulês. Ela até pode ter alguma foto por aí mas estamos sem vontade de procurar, tenho quase certeza que, se você for tão idiota a ponto de vandalizar essa página por difamar o trabalho de Sheppard (que é castrado), você provavelmente vai no google imagens e procurar sozinho as imagens do satélites.

Albiorix tem um nome bonitinho para um satélite, mede 32km de diâmetro (Para você ter uma ideia, Skoll e Calipso possuem 5km de diâmetro) e tem uma cratera enorme pois ela acabou batendo em algumas coleguinhas de 2km de diâmetro. Isso não aconteceu em Júpiter pois não há uma autoestrada tão movimentada quando as de Saturno.

Eles tem que seguir aqueles anéis e não se sabe quando você vai bater em um Satélite pastor.

Bebhionn[editar]

Bebhionn, ou só Baby pois o nome dele é muito complicado, é um dos menores (senão o menor) satélites desse grupo, só tem 6km de diâmetro, o que é uma vitória comparado aos demais satélites, principalmente do Grupo Nórdico, em Saturno. Apesar de que não tem graça. Baby tem um diferencial que é a sua cor "vermelha-clara" e foi lá onde o Muse realmente filmou o clipe de Knights fo Cydonia com aquele unicórnio maluco, que é nativo da região.

Baby tem gelo, crateras e essa corzinha. Mas não tem graça ficar falando de Baby.

Erriapo[editar]

Erriapo caiu de novo no quintal...

Erriapo é mexicano, isso se não for um gaulês paraguaio pois é impossível ter um nome desses na mitologia gaulesa... Ou não. Enfim, Erriapo, assim como as demais luas tem 10km de diâmetro que é alguma coisa também. É raro um satélite em Saturno que não tenha sequer núcleo ou foto chegar a esse tamanho. Talvez seja porque Sheppard e Gladman queriam dar uma variada no tamanho dos satélites para que ninguém suspeitasse que eles forjavam as informações.

Erriapo é também o satélite que cozinha a comida do grupo gaulês, que está praticamente no interiorzão da cidade, que no caso é Saturno. Mas é algo bom ficar em penúltimo lugar de distância, afinal a maioria dos satélites que vão "dar um abraço em saturno" (colidir, em outras palavras) se quebram em cacos e viram satélites menores, como outros "Bebhionn".

Tarvos[editar]

Tarvos é o satélite mais distante de Saturno, é o segundo maior apesar de tudo. Tarvos, além de ser o mais azarado é também o mais solitário do grupo que ficou muito abalado quando os chutaram do Grupo Nórdico. Então Tarvos se abre pouco e só apareceu na foto porque a Nasa pediu que passassem a usar microscópio para achar satélites em fotos em Saturno.

Tarvos tem 15km de diâmetro, é solteiro, tem um corpo másculo, não tem núcleo mas não quer dizer que ele não tenha coração. Procura asteroide ou meteoro que seja fiel e não muito grande para que não o estilhasse em pedaços, para mais contato "(xx) 8888-8888".