Grand Theft Auto: The Trilogy – The Definitive Edition

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Trilogia de Reaproveitamento de GTAs velhos com técnicas piores que criador de mods com deficiência mental e física feito pela Rockstar só pra sugar sua grana!
Grand Theft Auto The Trilogy The Definitive Edition cover.jpg

Capa honesta do jogo. Apenas um pacote de expansão de The Sims 2

Informações
Desenvolvedor Grove Street Games
Publicador Roubastar
Ano 11 de novembro de 2021
Gênero Ação-Aventura em Mundo Aberto
Plataformas Windows, Playstation 4, Nintendo Switch, Playstation 5, Xbox One, Xbox Series X/S, Android, iOS
Avaliação PORCARIA COMPLETA!
Classificação indicativa Livre para gente cheia de grana pra jogar fora a toa

Cquote1.svg Você quis dizer: Como jogar fora 360 dólares Cquote2.svg
Google sobre Grand Theft Auto: The Trilogy – The Definitive Edition
Cquote1.png Experimente também: Cyberpunk 2077 da Rockstar Cquote2.png
Sugestão do Google para Grand Theft Auto: The Trilogy – The Definitive Edition
Cquote1.svg Dinheiro mais fácil da história, obrigado trouxas! Cquote2.svg
Rockstar sobre pessoas que compraram Grand Theft Auto: The Trilogy – The Definitive Edition
Cquote1.svg Eu faria melhor isso só instalando mods, porra! Cquote2.svg
Qualquer usuário enganado por essa caralha sobre Grand Theft Auto: The Trilogy – The Definitive Edition
Cquote1.svg Que cara de cu eu fiquei nessa porra! Cquote2.svg
Claude Speed sobre Grand Theft Auto: The Trilogy – The Definitive Edition
Cquote1.svg Eu acho que vou matar quem modelou minha cara desse jeito amassado! Cquote2.svg
Tommy Vercetti sobre Grand Theft Auto: The Trilogy – The Definitive Edition
Cquote1.svg Vou pegar o filho da puta que fez isso comigo e jogar na mesma vala que joguei quem mexeu com minha irmã! Cquote2.svg
Carl Johnson sobre Grand Theft Auto: The Trilogy – The Definitive Edition
Cquote1.svg Eu sabia que drogas faziam mal pra mim, mas me deixar corcunda foi foda! Cquote2.svg
Ryder sobre Grand Theft Auto: The Trilogy – The Definitive Edition
Cquote1.svg Vai vendo, já já tão vendendo pacotes de DLC só pros insatisfeitos... Cquote2.svg
Ciro Bottini sobre Grand Theft Auto: The Trilogy – The Definitive Edition
Cquote1.svg Fazemos um Remaster mil vezes melhor que essa tranqueira, usando as versões originais e não cobramos nada por isso !!! Cquote2.svg
Modders sobre Grand Theft Auto: The Trilogy – The Definitive Edition
Cquote1.svg VOU PROCESSAR GERAL, QUEREMOS DINHEIRO E MAIS DINHEIRO DOS TROUXAS QUE COMPRAREM NOSSO INCRÍVEL E BELO REMASTER !!! Cquote2.svg
Take 2 Interactive sobre citação acima


GTA Trilogy comparação.jpg

Pronto. Já pode passar para outro artigo, já conseguimos te fazer rir facinho (e mostrar o quão ruim essa porra é).

Tá louco para ver essas três beldades em HD? Pois bem... vai continuar querendo...

Ok, espertinho, você prefere continuar né? Pois bem, então prepare-se para conhecer a maravilha que é Grand Theft Auto: The Trilogy – The Definitive Edition, ou só GTA Trollogy Trilogy (apesar que isso pode levar gente a confundir com Grand Theft Auto: The Trilogy, a compilação de 2005 dos mesmos 3 jogos dessa), é uma compilação caça-níqueis bem vagabunda feita pela Grove Street Games (ainda teve a audácia de usar o nome da Grove Street pra essa empresa mequetrefe!) a pedido da Rockstar Games. Os três jogos clássicos GTA 3, GTA Vice City e GTA San Andreas foram remasterizados usando uma técnica para conversão em HD chamada de técnica da Cecilia Giménez, o que deixou os gráficos dos cenários maravilhosamente lindos e perfeitos. Mas mais lindo que eles só os modelamentos dos personagens, que ficaram um show de horror. Além disso, mantiveram as jogabilidades cagadas, travadas e ultrapassadas dos jogos originais, com a inserção aqui e ali de alguns elementos de GTA V, o que deu uma vida nova pros jogos. Uma vida nova abortada ainda no primeiro mês de gestação, porém uma vida nova. Não bastasse essa cagada, o Rockstar Games Launcher deu uma cagada na hora de lançar o jogo pros consoles e PCs, o que impediu de jogar essa porra por três dias. Uma puta premonição da merda que seria...

Conteúdo[editar]

Denise Robinson antes e depois de namorar com o CJ. Pelo visto o namoro foi bem tóxico mesmo...

A ideia, pelo menos o que foi vendido pela empresa, foi repaginar de maneira bem irada todos os três jogos clássicos que fizeram a franquia GTA famosinha, com uma qualidade gráfica superior pacas. Alguns trailers foram lançados ao longo dos meses de produção, mostrando que, mesmo com a aversão da turma da Rockstar à tendência de remakes caça-níqueis que diversas outras empresas tão cansadas de fazer pra farmar grana dos trouxas, que eles poderiam fazer isso do mesmo jeitinho: Criar um hype do cacete com a trilogia, fazendo gente imaginar um CJ com cara do Wesley Snipes, um Tommy Vercetti com cara do Ray Liotta (só que a cara mesmo, não só a voz) e um Claude com a cara, sei lá, de um... tem algum ator mudo em Hollywood? Não, a piada não é pesada, pesado ia ser chamar o Gominho pra fazer o Big Smoke.

Então... houveram alterações bem suaves na jogabilidade, como ampliar um pouco mais os checkpoints do jogo não que tenha ajudado muito, maioria dos checkpoints te jogam pro início da missão, uma melhoria no visual de tela de jogo, a inserção da "roda de armas" e alguns outros elementos, como as teclas similares as de GTA V. No Nintendo Suíte ainda inseriram mira giroscópica e tela sensível ao toque exclusivos para esse console (embora as versões de Android e iOS por motivos óbvios de touchscreen também têm isso).

Entretanto, as coisas que saíram foram maiores que as que ficaram, como diversas músicas das rádios, que desapareceram completamente (direitos autorais, Rockstar realmente não quis gastar porra nenhuma nesse jogo). Além disso, diversos cheat codes foram removidos, e inseridos uns bem merda, como aquele lá de Goldeneye 007 do Nintendo 64 de deixar os personagens com cabeças de cearense.

Keep Up Motherfucker nunca teve um sentido tão diferenciado como agora, levanta essas costas, filho da puta!

E, claro, temos que falar deles, dos gráficos. E é aqui que a merda fedeu muito. Os cenários em geral deram uma senhora melhorada, embora em alguns momentos a iluminação parece confusa ou escura demais (contradição da porra), mas aqui e ali uns cenários parecem bizarros, como a chuva dos três jogos, que mais parece que Liberty City, San Andreas e Vice City não sabem mais o que é uma chuva normal a anos, só cai granizo o tempo todo. Mas o modelamento dos personagens é a maior de todas as atrocidades. GTA Vice City até que não desgraçou tanto assim os personagens, muito embora o Tommy com cara de tiozão gordo bochechudo ficou um cu, mas os outros dois jogos... GTA San Andreas parece que o modelamento foi feito com bonecos de cera, só que derretidos, e alguns personagens simplesmente viraram Super Massa da Estrela, todos tortos e bugados, ou com uma cara toda bizarra, parecendo modelos de bonecos do GMOD e não de GTA. Já em GTA 3 o problema foi outro, os personagens praticamente mantiveram o mesmo visual, só que travados como uma pessoa que usou botox demais da conta, ou parecendo que colocaram as máscaras da Carreta Furacão, só que com os rostos deles mesmos. É quase uma assombração olhar pra cara desses filhos da puta!

Ah sim... isso sem falar né... dos BUGS! Mas essa compilação falaria mais por mim do que minhas palavras seriam capazes de falar...