Glacial

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Soule.JPG Este artigo é GELAAAAAADO!

Mamutes vigiam o artigo, então vá pra casa, coloque um casaco e beba um chocolate-quente. Cuidado com o Yeti e não lute contra Sub-Zero!

Cachaça.jpg Este é mais um artigo sobre
bebidas alcoólicas.

E provavelmente já foi bebido pelo Kimi Raikkonen...

Cquote1.svg Ótima para lavar minha calçada. Cquote2.svg
Tua Mãe sobre Glacial

Cquote1.svg Oh,Seu Manuel,me vê meia dúzia. Cquote2.svg
Teu Pai sobre Glacial

Cquote1.svg Viva,achei R$ 0,10.Vou compra tudo de Glacial e enche a cara! Cquote2.svg
Você sobre Glacial

Cquote1.svg Você quis dizer: Ressaca fora do comum? Cquote2.svg
Google sobre Glacial

Cquote1.svg Você quis dizer: Água suja? Cquote2.svg
Google sobre Glacial

Glacial é um líquido semiprecioso costumeiramente encontrado na barriga de bêbados, mendigos e outros idiotas cujo fígado não existe mais.

Típico consumidor de Glacial

Origem[editar]

Sua produção teve inicio em 2001 com a queda das Torres Gêmeas, tendo em vista que a quantidade de pessoas desesperadas no mundo aumentou e a oferta mundial de cerveja não supria a demanda. Boatos fantasiosos dizem que ela surgiu da urina de um rato de laboratório picado pelo Homem-Aranha.

Ingredientes[editar]

Produzida com o melhor da natureza, desde fluidos animais até restos de charutos de macumba. Seu principal ingrediente é o leite extraído do mamilo esquerdo de texugos albinos. Esses animais são raros, pois vivem na África setentrional, isolados do convívio em sociedade devido a sua violência extrema.

Texugo revoltado ao ter seu mamilo esquerdo tocado pelos mestres cervejeiros

Outro importante ingrediente é a água que sua avó usa para limpar a dentadura, sendo que essa é grande responsável pelo sabor dessa gloriosa cerveja, pois as milhões de bactérias que vivem na boca da idosa são da mesma família dos Lactobacilos Vivos.

Revenda e Comercialização[editar]

A principal estratégia de marketing é o preço altamente competitivo. Com apenas alguns centavos pode-se tomar um porre de Glacial. Enquanto a maioria da população prefere cervejas mais requintadas e saborosas, o consumidor padrão de Glacial prefere cerveja com gosto de sabão. Testes recentes feitos em diversos institutos constaram que essa preferência vem do fato de essas pessoas não possuírem dentes e paladar. Sua comercialização é feita em grandes magazines, botecos e também na padaria da esquina. Futuramente o fabricante dessa cerveja planeja expandir a marca para fora do país. O principal mercado a ser conquistado é a estúpida nação dos Estados Unidos da América. O projeto prevê a entrada do produto através de fugitivos de Cuba.

Glacial Gourmet[editar]

Com o advento das cervejas artesanais, Glacial planeja lançar em breve novos sabores da marca: Glacial Alho, Glacial 100% Milho e Glacial Mortadela Bolonhesa. Testes estão sendo feitos a fim de definir a campanha de marketing ideal para tao requintados produtos. Como garoto propaganda as negociações estão adiantadas com o personagem Dollynho, tendo em vista que a celebridade pretendida Pedro de Lara já faleceu a muitos anos.

Utilidades Além Porre[editar]

Além de um ótimo instrumento para causar vômito e dor de cabeça em alcoólatras, ela pode ser usada para:

Menina Pastora Louca exorcizando auxiliada por Glacial
  • Desentupir pia;
  • Matar baratas;
  • Delinear o abdômen;
  • Lavar calçadas;
  • Polir o carro;
  • Utilizar como ingrediente de bomba atômica;
  • Exorcismos;
  • Presentear a sogra;
  • Alcoolizar aquela gostosa que você sempre quis comer.
Um dos efeitos nocivos de Glacial.
Gostosa embriagada, pena que você só pega gorda, e quando pega!